Introdução

Esta seção do web site destina-se a ajudá-lo à medida que começar a servir em seu chamado como líder do Sacerdócio de Melquisedeque. Os links para as seções-chave do Manual 2: Administração da Igreja estão incluídos. Incentivamos você a, em espírito de oração, estudar todo o capítulo do manual que contém a seção-chave.

Como novo líder do Sacerdócio de Melquisedeque, você deve familiarizar-se com os capítulos 1-7 e outros capítulos do Manual 2. Ao ler, estudar, orar e ponderar as doutrinas-chave e os princípios relativos ao seu chamado, o Senhor irá abençoá-lo com um entendimento maior de como cumprir suas responsabilidades (ver 2 Néfi 28:30; D&C 98:12).

Portador do sacerdócio ensinando em uma sala de aula

A Família e a Igreja no Plano de Deus

A obra de nosso Pai Celestial é possibilitar que Seus filhos recebam a vida eterna, que é um dia viver com Ele e viver como Ele (ver Moisés 1:39). Ele estabeleceu as famílias para nos trazer felicidade nesta vida e nos preparar para a vida eterna com Ele. A Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos declararam: “A família é essencial ao plano do Criador para o destino eterno de Seus filhos” (“A Família: Proclamação ao Mundo”, A Liahona, outubro de 2004, p. 49).

Links para as Seções-Chave

  • O Plano de Deus, o Pai, para Sua Família Eterna 1.1.1, 1.1.4, 1.3.1, 1.4
  • O Sacerdócio e a Família, Manual 2: 2.3
  • Propósitos da Liderança, Manual 2: 3.4
Pintura de uma mulher recebendo uma bênção do sacerdócio.

Princípios do Sacerdócio

O presidente Boyd K. Packer declarou: “Precisamos despertar em todo élder e sumo sacerdote, em todo quórum e grupo, e no pai de cada lar o poder do sacerdócio do Todo-Poderoso” (“ O Poder do Sacerdócio”, A Liahona, maio de 2010, p. 9). O sacerdócio é o poder e a autoridade que Deus dá ao homem para realizar Seu trabalho. A autoridade do sacerdócio vem quando o homem é ordenado, enquanto que o poder vem por meio do viver fiel e obediente e por honrar os convênios. Os líderes usam as chaves do sacerdócio para guiar a Igreja, dirigir a pregação do evangelho e administrar o trabalho espiritual da Igreja.

Links para as Seções-Chave

Líder do sacerdócio conversando com um casal.

Liderança na Igreja de Jesus Cristo

O Salvador aconselhou Seus discípulos: “Que tipo de homens devereis ser? Em verdade vos digo que devereis ser como eu sou” ( 3 Néfi 27:27). Você segue a maneira de liderar do Salvador quando se torna Seu discípulo, serve como um exemplo vivo para inspirar outras pessoas e realiza um serviço abnegado.

O Presidente Thomas S. Monson ensinou: “Temos a coragem de servir com fidelidade em nossos chamados do sacerdócio e assim inspirar outros a alcançar um nível mais elevado” (“ Aprender, Fazer e Ser”, A Liahona, novembro de 2008, p. 61). Quando você usa o sacerdócio “com persuasão, com longanimidade, com brandura e mansidão e com amor não fingido” (D&C 121:41), recebe o Espírito e fará muitas coisas maravilhosas por sua família e por aqueles a quem serve.

Links para as Seções-Chave

  • O Modo de Liderar do Salvador, Manual 2: 3.1
  • Princípios de Liderança do Evangelho, Manual 2: 3.2, 3.2.1, 3.2.2, 3.2.3, 3.2.4
  • Representar o Senhor e Sua Igreja, Manual 2: 3.3.1, 3.3.2
  • Propósitos da Liderança, Manual 2: 3.4

Buscar o Aprendizado

“Nos melhores livros buscai palavras de sabedoria; procurai conhecimento, sim, pelo estudo e também pela fé” (D&C 88:118). O Espírito Santo trará conhecimento e convicção que abençoarão sua vida e permitirão a você abençoar a vida das pessoas a quem serve. “Pois aquele que procurar diligentemente, achará; e os mistérios de Deus ser-lhe-ão desvendados pelo poder do Espírito Santo” (1 Néfi 10:19).

Links para as Seções-Chave

Servir aos Jovens Adultos Solteiros

Como presidente do quórum de élderes ou o conselheiro designado pelo presidente do quórum de élderes para supervisionar os jovens adultos solteiros em sua área, você tem a responsabilidade de auxiliar os jovens adultos solteiros em sua jornada de volta à presença do Pai Celestial. Você compartilha essa responsabilidade com outros membros da ala (inclusive o bispo, o conselheiro no bispado designado para supervisionar os jovens adultos solteiros, a presidência da Sociedade de Socorro e quaisquer líderes dos jovens adultos solteiros) e da estaca (inclusive o presidente da estaca, o conselheiro na presidência da estaca e o sumo conselheiro designados para supervisionar os jovens adultos solteiros, e a presidente da Sociedade de Socorro). Ao trabalhar com esse grupo para auxiliar os jovens adultos solteiros, você deve:

Há muitos recursos à disposição para auxiliá-lo a cuidar dos jovens adultos solteiros. Saiba mais.