Bonnie Dansie Parkin

Décima Quarta Presidente Geral
da Sociedade de Socorro

2002–2007


 

Bonnie Dansie Parkin

Quando Bonnie D. Parkin foi chamada como a décima quarta presidente geral da Sociedade de Socorro, ela orou para saber do que as irmãs da Igreja precisavam. “Senti uma forte sensação de que nós, Suas filhas, precisávamos saber que Ele nos ama”, disse ela. “Precisamos saber que Ele vê o que há de bom em nós. Sentir Seu amor nos dá ânimo para seguir em frente, dá-nos certeza de que somos Dele e confirma o sentimento de que Ele tem um profundo amor por nós, mesmo quando cometemos erros e passamos por reveses temporários.”1

Por amor a Seus filhos, o Pai Celestial deu às mulheres da Igreja a Sociedade de Socorro, que ajuda as irmãs a aumentar sua fé, fortalecer a família e o lar e ajudar os necessitados.

“Como integrantes da Sociedade de Socorro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, é nossa bênção e responsabilidade cuidar da unidade familiar e apoiá-la”, ensinou a irmã Parkin. “Todos nós pertencemos a uma família, e toda família precisa ser fortalecida e protegida.

Minha maior ajuda para tornar-me uma dona de casa veio, em primeiro lugar, de minha própria mãe e de minha avó e, em seguida, das irmãs da Sociedade de Socorro das diversas alas em que moramos. Aprendi a fazer coisas e vi o exemplo da alegria que sentimos ao criarmos um lar onde as pessoas querem estar. (…) Líderes da Sociedade de Socorro, certifiquem-se de que as reuniões e atividades que vocês planejarem fortaleçam o lar de todas as irmãs.”2

A Sociedade de Socorro ajuda as irmãs a sentirem-se amadas pelo Senhor. Uma irmã que sente o amor do Senhor fortalece sua família e preenche o lar com Seu amor. A irmã Parkin ensinou que “a mãe que conhece seu relacionamento com Deus ajuda os filhos a conhecê-Lo e a serem envolvidos por Seu amor”.3

“Se eu pudesse fazer com que uma coisa acontecesse aos pais e líderes desta Igreja seria que sentissem o amor do Senhor na vida deles a cada dia, ao cuidarem dos filhos do Pai Celestial. (…) Convido-os a vestirem o manto da caridade em todas as suas atividades e a envolverem sua família no puro amor de Cristo.”4

Infância

A terceira de cinco filhos, Bonnie Rae Dansie nasceu em 4 de agosto de 1940 em Murray, Utah, filha de Jesse Homer e Ruth Martha Butikofer Dansie. Criada em Herriman, Utah, onde a família tinha uma grande herança pioneira, Bonnie e os irmãos faziam todo o trabalho exigido em uma fazenda e ainda trabalhavam na Dansie’s Place, a loja da família. Seus pais ensinaram-lhe a ter fé inabalável. Bonnie disse: “Minha mãe nos ensinou: ‘Faze o bem, os efeitos espera’”.5

Educação e Casamento

Em 1962, a irmã Parkin formou-se na Universidade do Estado de Utah em Logan, Utah, com bacharelado em pedagogia e desenvolvimento infantil. Depois, foi professora de classes da terceira série. Em 1963, conheceu James L. Parkin, que estava fazendo o primeiro ano da faculdade de medicina. Eles se casaram em 1º de março de 1963 no Templo de Salt Lake. Tiveram quatro meninos.

Destaques no Serviço da Igreja

Antes de servir como presidente geral da Sociedade de Socorro, Bonnie fez parte da junta geral da Sociedade de Socorro na administração de Elaine L. Jack, sendo diretora de um comitê dedicado à transição das moças para a Sociedade de Socorro. Esse chamado foi perpetuado em sua própria administração da Sociedade de Socorro, pois ela trabalhou incansavelmente para ajudar as jovens a sentirem-se bem e valorizadas na Sociedade de Socorro. Em 1994 Bonnie foi chamada para servir como segunda conselheira de Janette C. Hales na presidência geral das Moças. Em 1997, os Parkins mudaram-se para a Inglaterra para que James pudesse presidir a Missão Londres Sul. Como presidente geral da Sociedade de Socorro, a irmã Parkin e a presidente geral das Moças, Susan W. Tanner, instituíram uma atividade mensal conjunta da Sociedade de Socorro e das Moças.


Notas

  1. Bonnie D. Parkin, “Eternamente Envolvidas em Seu Amor”, A Liahona, novembro 2006, p. 108.
  2. Bonnie D. Parkin, “Os Pais Têm um Dever Sagrado”, A Liahona, junho 2006, p. 61.
  3. Parkin, “Eternamente Envolvidas em Seu Amor”, p. 109.
  4. Parkin, “Os Pais Têm um Dever Sagrado”, pp. 61, 65.
  5. Julie A. Dockstader, “Her Parents’ Trust Instilled Desire in Her to ‘Do What Is Right’”, Church News, 26 de novembro de 1994, p. 11.

Voltar Voltar à página inicial das Presidentes Gerais da Sociedade de Socorro.