Líderes Gerais das Moças

Presidência Geral das Moças
Apoiada em 6 de abril de 2013


Escritório Geral das Moças
76 North Main
Salt Lake City, Utah 84150-1702

E-mail: youngwomen@ldschurch.org


Bonnie L. Oscarson

Presidente Geral das Moças

Bonnie L. Oscarson

A irmã Bonnie L. Oscarson foi chamada presidente geral das Moças em abril de 2013. Ela nasceu em Salt Lake City, Utah, EUA, mas já morou em sete outros estados. Formou-se em Literatura Britânica e Americana pela Universidade Brigham Young. Casou-se com Paul Oscarson no Templo de Salt Lake em 1969, e o casal tem cinco filhas, dois filhos e 28 lindos netos.

A irmã Bonnie Oscarson serviu ao lado do marido, Paul Oscarson, tanto quando este foi presidente de missão na Suécia como quando ele foi chamado para ser o presidente e ela a diretora do Templo de Estocolmo Suécia. 

Carol F. McConkie

Primeira Conselheira na Presidência Geral das Moças

Carol F. McConkie

A irmã Carol F. McConkie era membro da junta geral das Moças quando foi chamada para ser a primeira conselheira na Presidência Geral das Moças, em abril de 2013. Ela serviu em muitos chamados na Igreja e embarcou no serviço missionário ao lado de seu marido, Oscar W. McConkie III, quando ele presidiu a Missão Califórnia San Jose. 

Ela nasceu em Spokane, Washington, EUA e foi criada em Delaware e no norte do estado de Nova York. Recebeu sua licenciatura em Língua Inglesa pela Universidade Estadual do Arizona. O irmão e a irmã McConkie casaram-se no templo de Mesa Arizona em 1973. Eles são pais de sete filhos e têm 30 netos maravilhosos.

Neill F. Marriott

Segunda Conselheira na Presidência Geral das Moças

Neill F. Marriott

A irmã Neill F. Marriott nasceu e foi criada em Alexandria, Louisiana, EUA. Foi aluna da Universidade Metodista do Sul em Dallas, Texas, onde se formou em Inglês. Aos 22 anos, converteu-se à Igreja e foi batizada em Cambridge, Massachusetts, EUA. Um ano depois, casou-se com David C. Marriott, no Templo de Salt Lake. O casal tem 11 filhos e 32 netos.

Quando foi chamada para ser segunda conselheira na presidência geral das Moças, ela servia como oficiante no Templo de Salt Lake. Além disso, serviu por três anos com o marido, quando ele foi presidente da Missão Brasil São Paulo Interlagos. 


Junta Geral das Moças

Carmela Melero De Hooker

Membro da Junta Geral das Moças (fevereiro de 2014)

Carmela Melero De Hooker

A irmã Hooker foi criada em Callao, Lima, Peru. Aos 18 anos de idade, foi batizada na Igreja. Conheceu o marido, Cesar Hooker, quando ele era missionário na Missão Peru Arequipa. Um ano após ele voltar para casa, eles se encontraram novamente e começaram a namorar. Dois anos depois, casaram-se no Templo de Los Angeles Califórnia. O casal tem quatro filhos.

Depois de servir ao lado do marido quando este foi presidente de missão, estudou turismo e abriu uma pequena agência de viagens em casa. Ela decidiu ficar em casa para cuidar de sua mãe viúva e de seu filho mais novo.

Antes de seu chamado para a junta geral das Moças, foi líder de berçário da ala, assistente do coro da estaca, diretora de indexação da ala, consultora dos jovens adultos solteiros e diretora de área da conferência de jovens FSY (For the Strength of Youth [Para o Vigor da Juventude]) com o marido. Também serviu na presidência das Moças e da Sociedade de Socorro. Ela considera uma honra servir na junta geral das Moças.

Uma de suas escrituras favoritas é 1 Néfi 13:37: “E abençoados os que procurarem estabelecer a minha Sião naquele dia, pois terão o dom e o poder do Espírito Santo”.

Leslie P. Layton

Membro da Junta Geral das Moças (fevereiro de 2014)

Leslie P. Layton

Leslie Pope Layton nasceu em Bountiful, Utah, filha de Bill e Margaret Pope. Passou a maior parte da vida em Utah e de vez em quando morando em outros lugares. Morou no Irã por três anos quando pequena, três anos em Rochester, Nova York, quando o marido foi presidente de missão, e pouco mais de um ano em Chincha, Peru, onde ela e o marido serviram como missionários humanitários.

Foi professora e líder da Primária, das Moças e da Sociedade de Socorro. Também foi professora do Seminário e diretora do Templo de Oquirrh Mountain Utah. Gosta de costura, tricô e de praticar atividades ao ar livre.

A irmã Layton estudou na Universidade Brigham Young, onde conheceu o marido, Alan Snelgrove Layton. Formou-se em Desenvolvimento Infantil e Relações Familiares e, como mãe de nove filhos, passou 25 anos felizes cuidando do desenvolvimento de crianças. Talvez aquelas crianças a tenham levado a encontrar sua escritura favorita em Helamã 3:35: “Não obstante, jejuavam e oravam frequentemente e tornavam-se cada vez mais fortes em sua humildade e cada vez mais firmes na fé em Cristo, enchendo a alma de alegria e consolo, sim, purificando e santificando o coração, santificação essa resultante da entrega de seu coração a Deus”.

Denise P. Lindberg

Membro da Junta Geral das Moças (fevereiro de 2014)

Denise P. Lindberg

A irmã Denise P. Lindberg nasceu em Havana, Cuba, e morou lá e em San Juan, Porto Rico, antes de mudar-se para Nova York, EUA. Em meados de 1965, foi à Feira Mundial de Nova York, onde visitou o pavilhão Mórmon. Ela e sua família filiaram-se à Igreja três meses mais tarde. Estudou na Universidade Brigham Young e formou-se em Comunicação. Conheceu o futuro marido, Neil Lindberg, em sua ala na BYU logo após ele ter retornado do serviço missionário na Missão Andes Sul. Os dois casaram-se no Templo de Los Angeles Califórnia em 1970. O casal tem dois filhos e 11 netos.

Tendo vivido em meio à agitação de uma revolução em sua terra natal, a irmã Lindberg é da firme opinião que é imprescindível que as Moças tenham uma boa formação acadêmica para prepará-las para quaisquer desafios que a vida lhes reserve. Enquanto criava os filhos, a irmã Lindberg fez mestrado e doutorado pela Universidade de Utah. Quando os filhos estavam na adolescência, ela e o marido voltaram para a BYU, e formaram-se em Direito pela Faculdade de Direito J. Reuben Clark. Após a formatura, a família mudou-se para Washington D.C. para que a irmã Lindberg pudesse ser assessora da juíza Sandra Day O’Connor, na Suprema Corte dos Estados Unidos. Há 16 anos, a irmã Lindberg é juíza de tribunal do Estado de Utah.

A irmã Lindberg serviu como professora de adultos e jovens na Escola Dominical, na Sociedade de Socorro e nas Moças. Pouco antes de seu chamado para a Junta Geral das Moças, o irmão e a irmã Lindberg eram missionários de serviço em um ramo hispânico, onde a irmã Lindberg era conselheira da presidente das Moças do ramo. Sua escritura favorita se encontra no Velho Testamento, em Miqueias 6:8: “Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e o que o Senhor pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a benevolência, e andes humildemente com o teu Deus?”

Janet M. Nelson

Membro da Junta Geral das Moças (fevereiro de 2014)

Janet M. Nelson

Janet Matthews Nelson nasceu em Salt Lake City, Utah, filha de Milton e Ann Matthews. Ela viveu a maior parte de sua infância em Salt Lake City, mas também morou por alguns anos na Alemanha. Formou-se em Matemática pela Universidade de Utah, com cursos adicionais em Música e licenciatura para ser professora em escolas de ensino médio. Foi lá que conheceu Jeff V. Nelson, com quem se casou no Templo de Salt Lake. Eles moram em Brooklyn, Nova York, onde, exceto por três anos na Alemanha, criaram suas duas filhas e dois filhos. 

Depois de 23 anos como mãe em tempo integral, a irmã Nelson obteve um mestrado em Ensino de Matemática e, daí em diante, passou a dar aulas em Nova York. 

Antes de seu chamado para a junta geral das Moças, ela era professora da Sociedade de Socorro e diretora de acampamento das Moças da estaca. Serviu como presidente da Sociedade de Socorro da ala e da estaca, secretária das Moças da estaca, presidente da Primária da ala, professora de Preparação para o Templo, organista da ala e professora visitante.

A irmã Nelson gosta de projetar e fazer colchas de retalhos. Adora ir de bicicleta para o trabalho, para passeios mais longos com o marido e fazer qualquer coisa ao ar livre, inclusive acampar. 

Ela acha que pode resumir seus 30 anos de serviço na Igreja no Brooklyn nas palavras de Amon: “E esta é a bênção que nos foi concedida: que fomos transformados em instrumentos nas mãos de Deus, para realizar esta grande obra” (Alma 26:3).

Maria Lúcia Estaca Martins Silva

Membro da Junta Geral das Moças (fevereiro de 2014)

Maria Lúcia Estaca Martins Silva

Maria Lúcia Estaca Martins Silva nasceu e foi criada no Rio de Janeiro, Brasil. Aos 12 anos, ela e sua família conheceram os missionários e foram batizados. Formou-se em Português e Espanhol pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

A irmã Silva foi selada ao marido, João Roberto Costa Martins Silva, no Templo de São Paulo Brasil. O casal tem uma filha e um filho. Ela cuida do lar e da família em tempo integral.

Antes de ser chamada para a junta geral das Moças, a irmã Silva era primeira conselheira da Sociedade de Socorro da ala. Ela havia servido anteriormente como consultora de história da família, professora da Escola Dominical, presidente da Sociedade de Socorro da estaca, conselheira das Moças e presidente das Moças da ala. Serviu também com o marido quando ele foi presidente da Missão Brasil Fortaleza.

A irmã Silva gosta de costura e adora estar com seus seis netos. Uma de suas escrituras favoritas é 2 Néfi 2:25: “Adão caiu para que os homens existissem; e os homens existem para que tenham alegria”.

Susan S. Taggart

Membro da Junta Geral das Moças (fevereiro de 2014)

Susan S. Taggart

Susan S. Taggart nasceu e foi criada em Salt Lake City, Utah. É casada com David N. Taggart, com quem aceitou sair pela primeira vez sem nunca o ter visto pessoalmente antes, e o casal tem dois filhos. Ela tem bacharelado em Alemão e mestrado em Linguística Aplicada pela Universidade de Utah, e ensinou alemão e inglês como segunda língua no ensino médio e como professora particular. Atualmente possui sua própria firma de decoração de interiores.

Antes de ser chamada para a junta geral das Moças, ela serviu em muitos cargos na organização das Moças na ala e na estaca; serviu também como presidente, conselheira e professora da Primária e como presidente da Sociedade de Socorro da estaca. Foi missionária de tempo integral na Missão Holanda Amsterdam e amou aquela difícil e gratificante experiência.

A irmã Taggart adora andar de bicicleta, correr, caminhar, viajar e ajudar os desabrigados a conseguir um lar. Sua escritura favorita é Provérbios 3:5–6, porque ela sabe que Deus tem uma visão mais clara do rumo que a vida dela deve tomar do que o que sua visão limitada jamais lhe permitiria enxergar.

Rosemary Thackeray

Membro da Junta Geral das Moças (fevereiro de 2014)

Rosemary Thackeray

Rosemary Thackeray foi criada em Etna, Califórnia, e Morgan, Utah. Ela frequentou o Ricks College (agora BYU-Idaho), a Universidade Estadual de Utah e a Universidade de Utah. Também passou um semestre em Jerusalém, Israel.

A irmã Thackeray é professora de Saúde Pública na Universidade Brigham Young. Antes de seu cargo na BYU, trabalhou para o Departamento de Saúde de Utah. Além disso, morou um ano em Atlanta, Geórgia, trabalhando para os Centros de Controle e de Prevenção de Doenças.

Antes de seu chamado para servir na junta geral das Moças, a irmã Thackeray serviu como professora da Primária, presidente da Sociedade de Socorro da ala, conselheira em várias presidências de Sociedade de Socorro da ala, conselheira na presidência das Moças da estaca e consultora das Lauréis.

A irmã Thackeray gosta de receber a família para jantar, fazer a história da família, ser a tia preferida de seis sobrinhos e sobrinhas, viajar e tomar sorvete.

Uma de suas escrituras favoritas é Isaías 41:10: “Não temas, porque eu estou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça”.

Megumi Yamaguchi

Membro da Junta Geral das Moças (fevereiro de 2014)

Megumi Yamaguchi

Megumi Yamaguchi nasceu e foi criada em Nagoya, Japão, e formou-se em Administração de Viagens pela Universidade Brigham Young — Havaí.

Serviu como missionária de tempo integral na Missão Japão Sendai. Antes de seu chamado como membro da junta geral das Moças, ela serviu como presidente das Moças da ala e da estaca, presidente da Primária da estaca e professora do Seminário.

A irmã Yamaguchi é intérprete por profissão e gosta de ajudar as pessoas a se comunicarem pelo mundo inteiro. Ela adora praticar e assistir esportes.