O Irmão Randall L. Ridd Diz que Ética no Trabalho É uma Bênção

Contribuição de Enviado por Jason Swensen, redator da equipe do Church News

  • 16 July 2013

O irmão Randall L. Ridd, segundo conselheiro na presidência geral dos Rapazes e sua esposa, a irmã Tamina Ridd.  Fotografia: Jason Swenson.

Destaques do Artigo

  • O irmão Ridd é filho de um construtor, que lhe ensinou o valor do trabalho árduo.
  • Ele estabeleceu um padrão em sua vida de tentar colocar a vontade do Senhor em primeiro lugar.
  • Em 14 de maio de 2013, foi chamado para servir como segundo conselheiro na presidência geral dos Rapazes.

“O relacionamento pessoal que um rapaz tem com seu Pai Celestial e Jesus Cristo é a coisa mais importante de sua vida.” — Irmão Randall L. Ridd, da presidência geral dos Rapazes

Randall L. Ridd aprendeu cedo a importância de fazer um trabalho da maneira correta. Essa exatidão deixou uma impressão duradoura no homem que agora serve como segundo conselheiro na presidência geral dos Rapazes.

O irmão Ridd disse que a ética que sua família tem em relação ao trabalho tem sido uma bênção em sua vida. “Tive bons pais que me ensinaram o valor do trabalho.”

Quando muitos de seus colegas no ensino médio aceitaram o chamado missionário com 19 anos de idade, Randall, em vez disso, ingressou na universidade e alistou-se na reserva do exército dos EUA.

“Eu tinha muitos motivos para não ir [para a missão] — trabalho, escola, uma namorada que esperou por mim enquanto eu estava no exército, era tímido — mas ao orar, eu sabia que tudo isso eram as razões por que queria ficar em casa. No fundo, eu sabia o que o Senhor queria que eu fosse para a missão.”

Isso estabeleceu um padrão em sua vida. “Não consigo imaginar como teria sido minha vida se eu não tivesse servido como missionário”, disse ele.

Servir no campo missionário também desenvolveu seu amor pelos latino-americanos. Seu serviço na missão México Norte não seria a última vez em que serviria ao Senhor entre pessoas que falam espanhol.

O irmão Ridd voltou para casa, continuou os estudos e, em 1975, casou-se com Tamina Roark no Templo de Salt Lake. Os Ridds tiveram quatro filhos.

A família Ridd está centralizada no evangelho. Eles descobriram que ser pais é a maneira mais importante de aprender sobre o amor de Deus para com Seus filhos.

Em 2005, o irmão Randall foi chamado para presidir a missão Equador Guayaquil Norte. Novamente ele presenciou a mudança que uma missão de tempo integral pode acarretar na vida de um rapaz ou moça.

Em 2008, o irmão e a irmã Ridd voltaram para casa, em Utah. Um ano depois, foi chamado para integrar a Junta Geral dos Rapazes.

Isso lhe deu uma oportunidade única de viajar e conhecer milhares de portadores do Sacerdócio Aarônico. Ele aprendeu a importância de um rapaz se dedicar ativamente ao trabalho do evangelho.

É difícil um rapaz ser tentado a fazer coisas erradas, disse ele “quando está ‘ocupado zelosamente’ numa boa causa”.

O irmão Ridd agora vai aproveitar essas lições, enquanto serve na presidência geral dos Rapazes.

Ele se sente não só humilde, mas honrado por ministrar e servir aos portadores do Sacerdócio Aarônico em um momento crucial da história da Igreja. “Os rapazes agora estão saindo para a missão com 18 anos. Muitos estão chegando ao campo dias depois da formatura do ensino médio. Adquirir um forte testemunho pessoal bem cedo na vida é essencial.”

“Há uma urgência enorme entre os quóruns do Sacerdócio Aarônico na Igreja”, disse ele. “Estamos vendo o Espírito fazer parte da vida dos rapazes e mudá-los.”

Com tanto em jogo, os rapazes devem decidir hoje atender ao chamado para o serviço missionário, disse ele. Esse tipo de desafio está abençoando os jovens e tendo um grande impacto na vida deles. “Este é um momento decisivo na vida dos rapazes. Eles estão decidindo se vão ou não fazer a vontade do Senhor.”

O irmão Ridd disse que os rapazes da Igreja precisam saber que nunca estão sós. Líderes do sacerdócio, pais e professores dedicados estão orando por sua segurança e sucesso. O mais importante é que o Senhor conhece Seus rapazes. Ele os ama e quer que eles O amem e conheçam.

“O relacionamento pessoal que um rapaz tem com seu Pai Celestial e Jesus Cristo é a coisa mais importante de sua vida”, disse ele.