Organização Católica Homenageia Líder da Igreja com Prêmio Humanitário

  Marjorie Cortez e Marianne Holman, colaboradoras do Church News

  • 9 November 2012

Spencer Eccles, o Élder Dallin H. Oaks e o Presidente Dieter F. Uchtdorf (da esquerda para a direita), em um programa, durante o qual o “Serviços Comunitários Católicos” homenageou o Presidente Uchtdorf e sua esposa, Harriet.

Destaques do Artigo

  • O Presidente Uchtdorf aceitou o reconhecimento, em nome da Igreja, a força motriz por trás de trabalhos humanitários do casal.
  • O Presidente e a irmã Uchtdorf expressaram gratidão àqueles que os ajudaram em suas próprias experiências como desalojados e imigrantes há muitos anos.
  • O Presidente Uchtdorf comentou que a parceria com o “Serviços Comunitários Católicos” é um sinal de esperança e um grande motivo de otimismo em um mundo às vezes dividido.

“Ao ajudarmos as pessoas em dificuldades, nossa própria vida é abençoada.” — Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência

O Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência, e sua esposa, a irmã Harriet Uchtdorf, receberam o Prêmio Humanitários do Ano, do “Serviços Comunitários Católicos”, durante um programa no Little America, em Salt Lake City, no dia 7 de novembro. O Presidente Uchtdorf aceitou o reconhecimento em nome da Igreja, a força motriz por trás de trabalhos humanitários do casal, disse ele.

“Ao ajudarmos pessoas em dificuldades, nossa própria vida é abençoada”, disse ele.

O Presidente e a irmã Uchtdorf partilham sua empatia com as pessoas necessitadas, inclusive refugiados.

Eles também foram desalojados de seus lares, tornaram-se refugiados e, depois, imigrantes para os Estados Unidos. Ele mudou-se de sua terra natal, na Tchecoslováquia, para a Alemanha, quando tinha quatro anos de idade. Ela perdeu o pai, que era um soldado alemão durante a II Guerra Mundial, quando tinha apenas 11.

O casal tem profunda gratidão pelas pessoas “que nos ajudaram durante essa época difícil”, disse o Presidente Uchtdorf.

Ele comentou serem os Uchtdorfs “dois alemães, antigos luteranos, agora mórmons dedicados, sendo nesta ocasião homenageados por católicos, nos Estados Unidos da América”.

“Como uma Igreja, estamos orgulhosos de colaborar com o ‘Serviços Comunitários Católicos’, para elevar, apoiar e até fazer milagres acontecerem na vida dos pobres e necessitados”, disse o Presidente Uchtdorf. “Tudo isso, no verdadeiro espírito cristão de ‘quando o fizestes a um destes (…) a mim o fizestes’. ”

Disse que a parceria é um sinal luminoso de esperança e um grande motivo para o otimismo em um mundo às vezes dividido.

“Muitos de nossos semelhantes hoje em dia estão enfrentando circunstâncias extremamente difíceis”, disse ele. “E no entanto, prosseguem. Ficamos admirados com aqueles que prosseguem. Nós os homenageamos. E junto com eles, homenageamos àqueles que lhes estendem a mão, oferecendo esperança. (…) Nossas vidas estão entrelaçadas. Estamos todos ligados. Ao ajudarmos as pessoas em dificuldades, nossa própria vida é abençoada”.

Também homenageados como Humanitários do Ano, foram Spencer F. e Cleone Eccles, por seu apoio à educação, cuidados com saúde, esportes e causas sociais.

Florence “Flo” Holtshouser recebeu o CCS’s Unsung Hero Award [Prêmio do Herói Ignorado dos SCC], em reconhecimento por mais de 50 anos de serviço aos CCS, e Raul Yumul, que tem sido tão importante para o desenvolvimento de reassentamento de refugiados, foi homenageada como Funcionário do Ano. Os recebedores dos prêmios Humanitários dos SCC foram Robert e Wendy Steiner, do Conselho Diocesano de Mulheres Católicas, e a Liga Católica da Mulher, que, em 1945, auxiliou no estabelecimento das Caridades Católicas, agora SCC. Mark Franken, antigo componente da Conferência de Bispos Catolicos dos Estados Unidos, foi reconhecido como Sócio da Comunidade, por mais de 30 anos de serviço.