Mudanças trazem um equilíbrio entre a instrução do evangelho no lar e na Igreja

  • 6 Outubro 2018

O estudo individual e familiar do evangelho no lar durante o domingo e durante a semana proporciona oportunidades para que encontremos força espiritual diariamente e possibilita maior flexibilidade para o estudo e a revelação pessoal.

“Como santos dos últimos dias, acostumamo-nos a pensar na ‘igreja’ como algo que acontece em nossas capelas, com o apoio do que acontece no lar. Precisamos fazer um ajuste desse padrão. É hora de termos uma Igreja centralizada no lar com o apoio do que acontece dentro dos edifícios de nossos ramos, alas e estacas.” — Presidente Russell M. Nelson

Como parte do empenho contínuo de ajudar os santos dos últimos dias a “[aprender a] doutrina, fortalecer a fé e promover maior adoração pessoal”, o presidente Russell M. Nelson anunciou ajustes com o intuito de equilibrar e relacionar a forma singular e essencial com que os membros participam da adoração e aprendem e vivem o evangelho do Salvador tanto na Igreja quanto no lar.

Os líderes da Igreja anunciaram mudanças na programação das reuniões de domingo, a partir de janeiro de 2019, relativas ao lançamento de um novo currículo centralizado no lar e apoiado pela Igreja. Essas e outras mudanças estão fundamentadas em várias iniciativas prévias às quais a Igreja deu início nos últimos anos e que visam a auxiliar os membros a concentrar sua vida mais plenamente no Pai Celestial e em Jesus Cristo e a fortalecer a fé Neles. Essas iniciativas incluem um enfoque em um estudo do evangelho mais significativo no lar, em honrar o Senhor ao santificarmos Seu dia e em cuidar uns dos outros como o Salvador cuidaria e conforme orientados pelo Espírito.

Destinadas a preparar o povo do Senhor para Seu retorno, essas mudanças têm o objetivo de aprofundar a conversão individual, como explicou o élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos, quando ele descreveu as mudanças na sessão da manhã de sábado da conferência geral.

“Estamos cientes do impacto espiritual e da profunda e duradoura conversão que pode ser alcançada no ambiente do lar”, ele disse. “Nosso propósito é equilibrar a experiência na Igreja e no lar de modo a aumentar de forma significativa a fé e a espiritualidade, e aprofundar a conversão ao Pai Celestial e ao Senhor Jesus Cristo.”

Ajustes no lar

O estudo individual e familiar do evangelho no lar durante o domingo e durante a semana proporciona oportunidades para que encontremos força espiritual diariamente e possibilita maior flexibilidade para o estudo e a revelação pessoal.

Os líderes da Igreja fazem o convite para que haja ênfase em uma maior participação quanto à observância religiosa individual e familiar, incluindo o estudo do evangelho no lar durante o domingo e no decorrer da semana e ajustes para a noite familiar.

Como sala de aula e oficina, o lar é um centro indispensável do aprendizado e da prática do evangelho. O estudo individual e familiar do evangelho no lar durante o domingo e durante a semana proporciona oportunidades para que encontremos força espiritual diariamente e possibilita maior flexibilidade para o estudo e a revelação pessoal. Depender exclusivamente de um tempo limitado para a instrução do evangelho na igreja cria uma instabilidade que faz com que seja pouco provável alcançarmos a necessária conversão profunda e duradoura.

“Cada um de nós é responsável por nosso próprio crescimento espiritual”, disse o presidente Nelson. “E as escrituras deixam claro que os pais têm a responsabilidade primordial de ensinar a doutrina a seus filhos.”

As mudanças incluem a apresentação de um novo recurso de estudo do evangelho para uso pessoal e familiar no lar. Se desejarem, indivíduos e famílias podem usar o novo recurso Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar para orientar sua experiência de estudo do evangelho fora da igreja. O novo recurso opera em conjunto com os recursos dos professores da Escola Dominical e da Primária a fim de alinhar as aulas de domingo ao estudo das escrituras no lar e a sugestões para a noite familiar.

Além de incentivar o estudo do evangelho, os líderes da Igreja renovaram o convite para que, no Dia do Senhor — e no decorrer da semana —, todos estejam envolvidos com conselhos familiares, com noites familiares, com o trabalho de templo e história da família, com a ministração, com sua adoração pessoal e que passem um tempo prazeroso em família.

Os materiais enviados aos membros e aos líderes explicam que os líderes da Igreja incentivam os membros a realizar uma noite familiar e o estudo do evangelho no Dia do Senhor — ou em outras ocasiões escolhidas por indivíduos e famílias. Uma noite de atividades familiares pode ser realizada na segunda-feira ou em outras ocasiões. Com esse propósito, os líderes devem continuar a deixar a noite de segunda-feira livre de reuniões e de atividades da Igreja. Contudo, o tempo despendido com o estudo do evangelho no lar e com as atividades para famílias e indivíduos pode ser planejado de acordo com as circunstâncias de cada indivíduo.

Adorar a Deus na igreja, participar das sagradas ordenanças e se reunir para ensinar uns aos outros e fortalecer e servir uns aos outros são elementos essenciais do aprofundamento da fé e da conversão pessoal. Reduzir a quantidade de tempo despendido na igreja pode ser contraproducente a menos que indivíduos e famílias tenham a intenção de fortalecer seu lar.

O presidente Nelson ensinou: “Como santos dos últimos dias, acostumamo-nos a pensar na ‘igreja’ como algo que acontece em nossas capelas, com o apoio do que acontece no lar. Precisamos fazer um ajuste desse padrão. É hora de termos uma Igreja centralizada no lar com o apoio do que acontece dentro dos edifícios de nossos ramos, alas e estacas”.

Ajustes na Igreja

Os ajustes na experiência que temos na Igreja têm o propósito de apoiar o aprendizado e a prática do evangelho no lar. Essas mudanças contêm um ajuste na programação semanal de domingo a fim de incluir:

  • Uma reunião sacramental de 60 minutos,
  • um período de transição de 10 minutos
  • e um período de aula de 50 minutos,

conforme explicado no modelo de programação a seguir:

Programação de domingo a partir de janeiro de 2019
60 minutosReunião sacramental
10 minutosTransição para as aulas
50 minutosAulas para os adultosAulas para os jovensPrimária

O período de aula de 50 minutos incluirá uma aula semanal da Primária para as crianças e uma aula semanal para os jovens e para os adultos, que será alternada da seguinte maneira:

  • Primeiro e terceiro domingos: Escola Dominical.
  • Segundo e quarto domingos: quóruns do sacerdócio, Sociedade de Socorro e Moças.
  • Quinto domingo: reunião para os jovens e para os adultos sob a direção do bispo.

A Primária seguirá a programação a seguir. Se o número de crianças for grande o suficiente para que a Primária seja separada em uma classe para crianças mais novas e outra para crianças mais velhas, os líderes devem inverter a programação para metade das crianças e ajustar o tempo conforme necessário.

Programação da Primária a partir de janeiro de 2019
25 minutosOração, escritura ou regra de fé, discurso (5 minutos)
Tempo de cantar: Músicas de apoio para as escrituras estudadas em classe (20 minutos)
5 minutosTransição para as aulas
20 minutosAulas: lição do recurso Vem, e Segue-Me — Primária

Mudanças no currículo

Esse ajuste na programação das reuniões está totalmente relacionado ao mais recente acréscimo para o currículo da Igreja Vem, e Segue-Me. A partir de janeiro, esse currículo centralizado no lar e apoiado pela Igreja estará em harmonia com o que os adultos, os jovens e as crianças estão aprendendo nas aulas da Escola Dominical e da Primária a fim de possibilitar que as famílias estudem juntas no lar durante a semana.

Instruções, esboços e recursos podem ser encontrados em:

  • Vem, e Segue-Me — Quórum de Élderes e Sociedade de Socorro (que pode ser encontrado na edição de novembro de 2018 da revista Liahona)
  • Vem, e Segue-Me — Quóruns do Sacerdócio Aarônico
  • Vem, e Segue-Me — Moças
  • Vem, e Segue-Me — Escola Dominical
  • Vem, e Segue-Me — Primária

Acesse o site VemESegueMe.LDS.org para obter mais informações.

Outras mudanças importantes incluem o seguinte:

  • As reuniões de conselho dos professores acontecerão trimestralmente em vez de mensalmente.
  • A programação das lições do quórum de élderes e da Sociedade de Socorro não incluirá mais a reunião de conselho do primeiro domingo ou um tópico especial para o quarto domingo. As lições enfatizarão as mensagens da conferência geral mais recente.
  • O tempo de cantar substituirá o tempo de compartilhar. O Esboço para o Tempo de Compartilhar será descontinuado.
  • O curso Princípios do Evangelho será descontinuado. Todos os membros e amigos interessados serão convidados a participar de sua respectiva classe da Escola Dominical, de adultos ou de jovens.
  • Cursos opcionais, tais como: fortalecer o casamento e a família, preparação para o templo, preparação missionária e história da família não serão realizados durante as aulas de domingo. Esses cursos podem ser ministrados para indivíduos, famílias ou grupos em outras ocasiões, com base nas necessidades locais e a critério do bispo.

Os propósitos dessas mudanças

Os líderes da Igreja estão tentando criar um novo equilíbrio e uma maior relação entre os singulares pontos fortes do lar e as experiências da Igreja, tendo em mente alguns propósitos específicos.

“Isso não se limita apenas ao encurtamento da programação de domingo na capela”, disse o élder Cook. “Os propósitos e as bênçãos associados a esse ajuste e a outras mudanças recentes incluem o seguinte:

  • Aprofundar a conversão ao Pai Celestial e ao Senhor Jesus Cristo e fortalecer a fé Neles.
  • Fortalecer indivíduos e famílias por meio de um currículo centralizado no lar e com o apoio da Igreja, que contribua para uma aplicação prática satisfatória do evangelho.
  • Honrar o Dia do Senhor, com ênfase na ordenança do sacramento.
  • Ajudar todos os filhos do Pai Celestial em ambos os lados do véu por meio do trabalho missionário e do recebimento das ordenanças, dos convênios e das bênçãos do templo.”

Para encontrar o anúncio desses ajustes, ver Russell M. Nelson, “Considerações iniciais”, Liahona, novembro de 2018; Quentin L. Cook, “Uma conversão profunda e duradoura ao Pai Celestial e ao Senhor Jesus Cristo”, Liahona, novembro de 2018. Para mais informações a respeito desses ajustes, acesse o site DiaDoSenhor.LDS.org para ver a carta da Primeira Presidência, respostas para perguntas frequentes e recursos adicionais que podem ajudar indivíduos e famílias a honrar o Dia do Senhor.