Relatório Cronológico do Trabalho da Igreja no Japão

Contribuição: Heather Whittle Wrigley, Notícias e Acontecimentos da Igreja

  • 10 Julho 2011

Membros no Japão preparam-se para descarregar suprimentos de emergência da Igreja após o terremoto e o tsunami de março de 2011.

“Recebemos ajuda humanitária não só da Igreja, mas também de pessoas de todo o mundo. Espero tentar retribuir-lhes permanecendo no caminho do Senhor até o fim.” — Michie Okada

Na sexta-feira, 11 de março de 2011 às 14h46, horário local, um terremoto de magnitude nove abalou a costa norte do Japão, que desencadeou um enorme tsunami com ondas que chegaram a 40 metros em alguns locais.

Desde aquele dia, a morte de mais de 15.500 pessoas foi confirmada e 8.000 pessoas ainda estão desaparecidas no norte do Japão. Ajuda em forma de cobertores, alimento, água, gasolina e outras necessidades continuam a chegar à área, mas a gravidade da devastação ainda é significativa. 

As pessoas que desejam ajudar podem fazê-lo por meio do humanitarian fund (fundo de auxílio humanitário).

Em uma visita recente ao país, o Bispo H. David Burton, Bispo Presidente da Igreja disse: “Não sei se posso descrever adequadamente [a destruição]. Apesar de ter visto centenas de fotos (…) ver essa realidade foi uma experiência que provavelmente nunca esquecerei”.

Abaixo um relatório cronológico do envolvimento da Igreja desde que o desastre ocorreu. Leia a tradução das experiências e dos testemunhos dos membros após o desastre clicando nos links da linha do tempo.

11/3

Seguindo o protocolo do bem-estar da Igreja, a Igreja estabeleceu o Sistema de Apoio a Desastres sob a direção da Presidência de Área.

11/3 – 14/3

Os funcionários da Igreja começaram, em tempo integral, a fazer as verificações de segurança e buscas com apoio da Internet para verificar a situação dos membros e missionários da Igreja.

14/3

A verificação da segurança dos membros da Igreja continua. A segurança de todos os missionários é confirmada.

Leia o relato de dois missionários durante e após o desastre:

O Trabalho Missionário em Meio ao Desastre

Jejuar para Encontrar Forças

14/3 – 15/3

Um Setenta de Área, o gerente de bem-estar da área e um supervisor do departamento de administração de propriedades chegaram à área afetada e montaram a unidade de campo para Assistência a Desastres na Ala Kamisugi.

15/3

A ala Kamisugi em Sendai recebeu o primeiro auxílio humanitário de Osaka.

15/3

O auxílio humanitário da área de Osaka chegou a Koriyama e Fukushima.

16/3

A Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos anunciaram a transferência dos missionários das áreas afetadas para outras missões.

16 /3

A ajuda humanitária da estaca Kanazawa foi enviada.

16/3

Os membros se reúnem para uma atividade do Projeto Mãos Que Ajudam: limpar a área afetada por liquefação em Urayasu, Chiba — um projeto em andamento.

17/3

Os missionários das missões Sendai e Tóquio foram transferidos para áreas de outras missões.

17/3

Autoridades da Igreja visitaram a prefeitura de Miyagi e começaram a fornecer ajuda ao Conselho de Bem-Estar Social da Cidade de Sendai (Centro de Voluntários em Desastres da Cidade de Sendai).

16 /3

A estaca Kanazawa enviou mais auxílio às áreas necessitadas.

Leia o relato de um membro: “Amado e Abençoado pelo Senhor”.

17/3

Os líderes locais da Igreja alugaram dez motocicletas para completar a verificação da segurança,

Leia sobre “O milagre da Scooter”.

18/3

Chega o auxílio humanitário de Nagoya e Tóquio.

18/3

Mais de 200 galões (800 litros) de gasolina foram entregues ao ramo Ichinoseki vindos de Sapporo.

Leia o relato de um membro de Ichinoseki: “Seguir a Voz Mansa e Delicada”.

19/3

A Presidência de Área e o Diretor de Assuntos Temporais da Área, Takashi Wada visitaram as áreas afetadas com o presidente Reid Tateoka da Missão Sendai.

Leia o relato do presidente Tateoka sobre o desastre.

19/3

Auxílio humanitário da estaca Kanazawa chegou por Akita.

Leia: “Do Templo para o Transporte de Auxílio”.

20/3

15.000 cobertores fornecidos pelo Programa de Ajuda Humanitária da Igreja chegaram a Narita vindos de Xangai.

20/3

Profissionais dos Serviços Familiares SUD visitaram as áreas afetadas em preparação para a atividade Voluntário Ouvinte Atencioso.

21/3

O Élder Hirofumi Nakatsuka conseguiu mais de 1.000 galões (4.000 litros) de gasolina para a entrega de suprimentos e a verificação da segurança.

21/3

1.600 litros de gasolina e 400 litros de óleos leves foram entregues.

O primeiro grupo (quatro pessoas) de voluntários coordenado pela Igreja chegou à área afetada vindo de Tóquio.

23/3

Cobertores das alas Nagamachi e Kamisugi foram levados a Sendai.

23/3

Auxílio humanitário de Kobe, Osaka e Nagoya entregue em Sendai.

Ciclomotores doados de Nagoya foram entregues a pedido das pessoas da área afetada.

Outras áreas também enviaram auxílio, inclusive 450 kits contendo fogões a gás portáteis, água, cilindro de gás comprimido, gás e alimento. A Igreja fez uma contribuição em dinheiro à Cruz Vermelha do Japão.

24/3

O Escritório SUD de Medidas contra Desastres foi criado no primeiro andar do escritório administrativo da Igreja em Tóquio. (Mais tarde ele foi fechado.)

24/3

Os líderes da Igreja visitaram a prefeitura de Iwate.

25/3

Os líderes da Igreja visitaram a prefeitura de Fukushima e fizeram doações em dinheiro às prefeituras de Iwate, Miyagi e Fukushima.

25/3

Iniciam-se os Serviços do Voluntário Ouvinte Atencioso nos abrigos de emergência. Foram preparadas refeições nas escolas de ensino fundamental Oshio e Hebita em Ishinomaki.

25/3

Centros Voluntários SUD estabelecidos em Miyako, Ichinoseki, Furukawa, Sendai e Koriyama. Voluntários de todo o país foram aceitos para o trabalho de reconstrução e de ouvinte atencioso.

27/3

Membros de todo o país jejuaram e oraram a convite da Presidência de Área.

29/3

Os líderes da Igreja reúnem-se com o prefeito da cidade de Onagawa e com o presidente da Câmara Municipal para oferecer ajuda para a reconstrução.

Fim de março

A Igreja começou a colocar casais missionários em Koriyama, Ichinoseki, Miyako e Sendai e continuou a verificar a segurança dos membros e a ajudá-los.

2/4

Atividades do Projeto Mãos Que Ajudam em Kichijoji, Nakano, Chiba, Matsudo, Machida e Fukutoku montaram kits de higiene para as áreas atingidas.

3/4

Em uma atividade do Projeto Mãos Que Ajudam em Sakai, Osaka, os membros montam kits de higiene para as áreas atingidas.

4/4

Em uma atividade do Projeto Mãos Que Ajudam em Ibaraki e Meito os membros montam kits de higiene para as áreas atingidas.

5/4

A Igreja começou a fornecer auxílio humanitário à organização sem fins lucrativos, One Family Sendai [Sendai é uma Família].

6/4

O grupo vocal japonês, bless4, formado por quatro irmãos e irmãs da família Kawamitsu, organizou uma apresentação na Escola de Ensino Fundamental Onagawa Daini e prometeu doar bulbos de flores e plantas de viveiros à junta de educação de Onagawa.

7/4

A família Kawamitsu realizou outro concerto e preparou refeições na escola de ensino fundamental Kazuma.

5/4

Caminhões foram carregados com os kits de higiene e enviados a Sendai.

7/4

Kits de higiene foram entregues em outras áreas afetadas.

7/4

A Igreja começou a fornecer auxílio humanitário à organização sem fins lucrativos Volunteer Medics Worldwide [Médicos Voluntários em Todo o Mundo].

11/4

Membros da Igreja oferecem serviço de cabeleireiro em Ishinomaki.

15/4

A equipe de Voluntários Ouvintes Atenciosos enviou um grupo avançado.

14/4

A Igreja doou 1.000 pares de óculos de leitura e 400 cupons para exame gratuito de visão e cupons para óculos de leitura às vítimas do desastre nos abrigos de emergência em Onagawa e Ishinomaki.

Abril

As irmãs da Sociedade de Socorro em todo o Japão doaram bolsas feitas à mão para os alunos das escolas de ensino fundamental das áreas atingidas.

2/5

A fase de apoio à emergência acabou e os voluntários passaram para a fase de apoio à reconstrução.