A Igreja na América Central Exemplifica “Acelerar o Trabalho”

Contribuição: Jason Swensen, redator da equipe do Church News

  • 11 Fevereiro 2014

A partir da direita, o Élder Quentin L. Cook, o Élder Ulisses Soares e o Élder Kevin R. Duncan apertam as mãos dos membros da Área América Central.  Foto: Élder Don Searle.

Destaques de Artigos

  • O Élder Cook e outros líderes reuniram-se em pessoa com os missionários, líderes locais e mais de 10.000 membros, na América Central.
  • Ele disse aos missionários que amem a todas as pessoas, amem e respeitem seus companheiros, amem a seu presidente de missão e a sua esposa e amem ao Senhor.

“A América Central é uma grande área do mundo que está crescendo em batismos de conversos e na atividade dos membros. Coisas extraordinárias estão acontecendo ali. A área toda é um grande exemplo da aceleração do trabalho da Igreja”. — Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos

“Vocês estão trabalhando numa época em que a obra do Senhor está grandemente acelerada”, disse o Élder Quentin L. Cook do Quórum dos Doze Apóstolos, a um grupo de mais de 700 missionários de três missões diferentes, na cidade da Guatemala, durante uma recente viagem à América Central.

“Acelerar a obra de salvação” foi um tema comum, durante a visita do Élder Cook à área. Ele estava acompanhado por sua esposa, Irmã Mary Cook, juntamente com o Élder Ulisses Soares da Presidência dos Setenta, e sua esposa, Irmã Rosana Soares. Também participando estava a Presidência da Área América Central: Élder Carlos H. Amado, o Élder Kevin R. Duncan e o Élder Adrián Ochoa e suas respectivas esposas, Irmã Mayavel Amado, Irmã Nancy Duncan e a Irmã Nancy Ochoa.

As Autoridades Gerais visitaram os missionários, líderes locais e mais de 10.000 membros, e falaram com eles e milhares mais pela Internet, em reuniões em toda a área, nos dias 17–26 de janeiro. Eles foram acompanhados, em seus vários deveres, por diversos Setentas de Área, incluindo o Élder Pedro E. Abularach, Élder German Laboriel, Élder Cesar A. Morales, Élder Ricardo Valladares, o Élder Alejandro Lopez, Élder Angel Duarte, Élder Jared R. Ocampo, Élder Jose E. Maravilla, Élder Sam M. Galvez e Élder Valeri V. Cordon.

O Élder Cook voltou de sua viagem centro-americana, impressionado e inspirado pela devoção diária dos membros—e a capacidade e a dedicação da Presidência da Área e dos líderes locais.

“A América Central é uma forte área do mundo que está crescendo em batismos de conversos e atividade dos membros”, disse ao Church News. “Coisas extraordinárias estão acontecendo ali. Toda a área é um grande exemplo da aceleração do trabalho da Igreja”.

Além de realizar uma análise minuciosa da área, o Élder Cook e as outras autoridades visitantes presidiram uma variedade de reuniões com os missionários, líderes locais e membros. Ali eles testemunharam as oportunidades globais do evangelho atuando individualmente na vida dos santos dos últimos dias.

Ao falar a um grupo de empregados em uma reunião que se originou na cidade da Guatemala e foi transmitida ao vivo pela Internet aos centros de serviço da Igreja em Belize, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Costa Rica e Panamá, o Élder Cook disse: “Na América Central, temos três novos templos e três novas missões. Vocês estão ajudando a acelerar o trabalho. Vocês estão trabalhando na vinha. Acelerar a obra combina tanto o trabalho missionário como pelos mortos”, disse aos mais de 400 empregados nos vários locais.

Durante uma conferência de estaca especial em Momostenango, Guatemala, o Élder Cook disse à congregação que eles têm o dever de compartilhar a palavra de Jesus Cristo na Guatemala. Salientou, também, que a organização do céu serão as famílias e incentivou os membros a fazerem seu trabalho de história da família para os seus.

Os missionários do CTM, na cidade da Guatemala, Guatemala, ouvem o conselho do Élder Quentin L. Cook e outras Autoridades Gerais. Foto: Élder Don Searle.

A partir da direita, o Élder Quentin L. Cook, Élder Ulisses Soares e o Élder Kevin R. Duncan apertam as mãos dos membros da Área América Central. Foto: Élder Don Searle.

O Élder Cook frequentemente reservou tempo para apertar as mãos de membros e missionários. Depois de apertar as mãos de centenas de missionários na capela Montufar na cidade da Guatemala, ele disse: “Foi maravilhoso apertar-lhes as mãos e olhar-lhes nos olhos. Vou contar aos Doze, quando lhes reportar como me senti, quando lhes apertei as mãos”. Com tais interações, ele disse: “são uma coisa preciosa”.

O Élder Cook observou: “Nunca houve uma época em que fosse mais importante que vocês se tornassem parte das alas e ramos em que estejam designados. Conheçam as pessoas. Façam parte da orientação espiritual da ala”.

O líder da Igreja disse aos missionários, no centro de treinamento missionário da cidade da Guatemala: “Como um dos Apóstolos, o mais importante motivo de estar aqui é prestar testemunho de Jesus Cristo e da Expiação. A Expiação vence a morte e, com o arrependimento, pode vencer o pecado”.

O Élder Cook apreciou reunir-se com outras grandes congregações de fiéis, dedicados santos dos últimos dias em El Salvador e Costa Rica, enquanto o Élder Soares foi recebido calorosamente pelos membros em reuniões em Honduras e Nicarágua.

A partir da esquerda, o Élder Carlos H. Amado, a Irmã Mayavel Amado, a Irmã Mary Cook e o Élder Quentin L. Cook, durante uma visita à América Central. Foto: Élder Don Searle.

Ao discursar para os missionários das Missões San Pedro Sula Leste e San Pedro Sula Oeste, em Honduras, o Élder Soares ensinou usando o livro de Éter. Ele disse que o irmão de Jarede fundiu as pedras com grande fé, para que o Senhor pudesse fazer o que era necessário para fornecer luz nos barcos. (Ver Éter 3:1–6.)

“A pensarem em suas missões como a rocha”, ele continuou. “Vocês têm de cortar [a pedra] planejando, trabalhando, estudando e obedecendo. As pedras representam todo o trabalho que podemos fazer na missão. Depois que fizermos tudo o que podemos fazer, pedimos ao Senhor que toque nas pedras, para que possamos ver os milagres”.

Ele acrescentou que os membros da América Central são abençoados em servir, numa época em que o Senhor está acelerando Sua obra.

Algumas famílias que vivem Área América Central enfrentam “grandes desafios” para sustentar a família, observou o Élder Cook. “Mas, em espírito, são absolutamente magníficas. Eles são muito trabalhadores, e há melhora contínua — tanto em espiritualidade, como na sua situação temporal”.