Os Líderes da Igreja Assistem a uma a Apresentação Britânica “Incrivelmente Comovente”

  David M.W. Pickup, correspondente de notícias da Igreja

  • 14 Agosto 2013

O Élder Russell M. Nelson e sua esposa, a irmã Wendy Nelson, posam com uma criança do elenco da apresentação teatral britânica. Foto: Simon Jones.

Destaques do Artigo

  • Três Apóstolos e outras Autoridades Gerais participaram da apresentação teatral britânica durante uma visita recente ao Reino Unido.
  • Eles também se reuniram outros dias com o elenco da apresentação, a equipe e os organizadores.
  • O Élder Nelson abençoou o elenco e a equipe, dizendo-lhes, “Vocês são o futuro da Igreja nas Ilhas Britânicas.”

“Essa história que vocês vão compartilhar e na qual trabalharam tão arduamente é verdadeira, e seu impacto será repetido inúmeras vezes. É uma ótima história, tão boa quanto qualquer outra na história da Igreja.” — Élder M. Russell Ballard, do Quórum dos Doze

CHORLEY, LANCASHIRE, INGLATERRA

“Vocês são o futuro da Igreja nas Ilhas Britânicas”, declarou o Élder Russell M. Nelson para o elenco e a equipe da apresentação teatral britânica, que foi realizada nos dias 31 de julho, 3, 5 e 10 de agosto no terreno do Templo de Preston Inglaterra em Chorley. Intitulado “A Verdade prevalecerá”, a apresentação conta a história da Igreja nas Ilhas Britânicas.

Nos dias 8 e 9 de agosto o Élder Russell M. Nelson, Élder M. Russell Ballard e o Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, as respectivas esposas e membros dos Setenta, deixaram por um tempo o treinamento dos novos presidentes de missão e os missionários para assistir às apresentações do espetáculo teatral e reunir-se com o elenco da apresentação, a equipe e os organizadores.

Falando em um devocional para o elenco e a equipe no dia 8 de agosto, antes de assistir à apresentação mais tarde naquela noite, o Élder Ballard relatou como seus antepassados, que foram conversos britânicos, deixaram tudo para ajudar a Igreja. O Élder Ballard também serviu como missionário na Grã-Bretanha, inclusive na região de Preston, em 1948, pregando no mesmo obelisco situado no mercado local onde os apóstolos Heber C. Kimball e Orson Hyde pregaram em 1837.

“Nunca subestimem o enorme apoio que a Grã-Bretanha teve no estabelecimento do Reino de Deus”, disse o Élder Ballard. “Essa história que vocês irão compartilhar e na qual trabalharam tão arduamente é verdadeira, e seu impacto será repetido inúmeras vezes. É uma ótima história, tão boa quanto qualquer outra na história da Igreja.”

O Élder Ballard tinha conselhos e uma bênção para o elenco e a equipe: “Oro que o Senhor os abençoe, que em seu coração tenham um compromisso fervoroso de contar essa história quando chegarem em casa. Que este seja apenas o início; anunciem de cima dos telhados, se necessário. Proclamem o glorioso louvor da restauração do evangelho por intermédio de Joseph Smith. Arregacem as mangas e voltem a edificar o Reino de Deus em preparação para a vinda do Senhor Jesus Cristo.”

O Élder M. Russell Ballard e sua esposa, a irmã Barbara Ballard, cumprimentam os jovens atores na apresentação teatral britânica. Fotografia: David M.W. Pickup.

Após a apresentação daquela noite, o Élder Ballard e o Élder Ronald A. Rasband, da Presidência dos Setenta, escreveu ao presidente da apresentação, Stephen Kerr: “O entusiasmo e participação sincera do elenco foi contagiante para o público. O resultado de toda a sua preparação foi uma apresentação incrivelmente comovente que faz com que as pessoas ponderem profundamente sobre a mensagem da Restauração. Os membros e amigos precisam sentir isso em seu coração, como o espetáculo tão frequentemente sugere.”

Em um devocional com o elenco e a equipe em 9 de agosto, o Élder Nelson falou sobre o futuro da Igreja com mais estacas e missões naquele local. Fotografia: David M.W. Pickup.

Em um devocional subsequente no dia 9 de agosto, o Élder Nelson falou sobre o futuro da Igreja com mais estacas e missões naquele local e disse: “Vocês são o futuro da Igreja nas Ilhas Britânicas.” Ele proferiu uma bênção sobre o elenco e a equipe para que tivessem alegria no serviço através de bons e maus momentos. “Abençoo vocês para que suas famílias sejam fortalecidas no evangelho por meio de seu serviço. Eu os abençoo com saúde, força e vigor em seu serviço. Deixo-lhes uma bênção para que sejam um farol para seus conhecidos. Eu os abençoo com saúde e cura.”

Em seu discurso, o Élder Holland afirmou que a missão que começou naquele local em 1837 literalmente salvou a Igreja. “O Profeta Joseph Smith precisava de ajuda, e ela veio dos santos britânicos”, disse ele. Ele acrescentou que sentiu que os primeiros apóstolos dessa dispensação estavam assistindo àquela apresentação.

Em uma entrevista, o Élder Nelson disse: “A importância dos santos britânicos na história da Igreja não tem paralelo”, disse ele. A apresentação é um trabalho para unir as pessoas, mostrando o relacionamento entre os santos britânicos e americanos, muito importante para a história da Igreja.” Ele descreveu os mais de 75.000 imigrantes das Ilhas Britânicas que foram para a América, no período daquela grande colheita. “Essa é uma grande contribuição para a força da Igreja. Devemos muito à Grã-Bretanha.”

O Élder Holland e o Élder Nelson posam com as crianças que participaram da apresentação britânica. Fotografia: David M.W. Pickup.

Quando lhe perguntaram sobre seu ponto de vista a respeito do futuro da Igreja no Reino Unido, o Élder Nelson disse: “Vejo um grande progresso na atividade e no crescimento contínuo da Igreja, não apenas aqui no Reino Unido, mas em toda a Europa. Sabemos que o número de missões está aumentando, o número de conversos continuará a aumentar e a atividade nos templos está crescendo significantemente e continuará a crescer. Enquanto o mundo amadurece em iniquidade, o padrão, a luz e o amor do evangelho vão ficar ainda mais evidente para todos, e a Igreja irá crescer.”

Durante as dez apresentações, aproximadamente 17.000 pessoas assistiram ao espetáculo britânico.