As Revistas da Igreja Comemoram 40 anos de Inspiração e Informação aos Membros da Igreja

Contribuição de Heather Wrigley, Notícias e Acontecimentos da Igreja

  • 6 Maio 2011

Destaques do Artigo

  • 1890-1970: Várias revistas e jornais da Igreja do mundo todo são publicados de maneira independente, começando com o galês Prophwyd Y Jubili, neu, Seren Y Saints, em 1846 (Profeta do Jubileu, ou, Estrela dos Santos).
  • 1971: A Igreja reorganiza e combina as publicações existentes da Igreja nas revistas Friend, New Era e Ensign, sob a direção da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos.
  • 2011: As revistas da Igreja correlacionadas Friend, New Era e Ensign comemoram 40 anos. A Liahona continua a levar a mensagem da Igreja ao mundo.

“Por meio das páginas das revistas da Igreja, as palavras dos profetas e apóstolos vivos chegam ao nosso lar regularmente para guiar e inspirar nossa família. Exortamos todos os membros do mundo a fazer a assinatura e ler as revistas da Igreja.” Carta da Primeira Presidência, 1° de abril de 1998.

Neste ano, as revistas Friend, New Era e Ensign completam, cada uma, 40 anos de publicação. Para revistas cujas origens datam do fim do século XIX, essa marca ainda não é muito tempo, mas é apenas o começo!

Antes das revistas tornarem-se Friend, New Era, e Ensign, existiam as revistas Young Woman’s Journal (com a primeira publicação em 1890), a Improvement Era (1898), a Juvenile Instructor (1901), a Children’s Friend (1902) e a Relief Society Magazine (1915).

Em 1971, os líderes da Igreja tomaram algumas dessas publicações existentes e as reorganizaram nas revistas que os membros, que falam inglês conhecem hoje.

Apesar de ser perceptível a diferença na aparência e no conteúdo comparadas às primeiras edições de 1970, Friend, a New Era e Ensign são guiadas hoje pela mesma inspiração profética com que eram guiadas na época e o propósito continua o mesmo: servir os membros da Igreja.

História: 1890–1970

Em 1902, a presidente da Associação da Primária, Louie B. Felt, e a secretária, May Anderson, providenciaram os recursos para a impressão do equivalente a um ano de edições da Children’s Friend usando a casa da irmã Felt como garantia. A irmã Anderson e a irmã Felt passaram papel de embrulho usado, juntaram barbante, embrulharam as revistas individualmente e escreviam nelas os endereços das casas para onde as revistas deviam ir.

A revista foi um grande sucesso e embora a Children’s Friend tenha sido impressa inicialmente para líderes e professores, a irmã Felt e a irmã Anderson logo incluíram histórias e atividades para crianças também.

Em 1971, a Children’s Friend tornou-se Friend.

A New Era tem um histórico mais complicado. Em 1929 a Associação de Melhoramentos Mútuos das Moças e dos Rapazes fundiram suas publicações das revistas Young Woman’s Journal e a Improvement Era, sob o nome de Improvement Era

Com o passar do tempo, o conteúdo da nova Improvement Era começou gradativamente a focalizar-se num publico mais velho, então em 1967 uma nova seção intitulada “The Era of the Youth” foi adicionada voltada para um público jovem. A reorganização de 1971 fez dessa seção a base da revista para jovens de hoje, a New Era.

Finalmente, a criação, em 1971, da revista Ensign foi uma compilação das revistas Improvement Era, Instructor, e da Relief Society Magazine.

Em uma gravação de áudio incluída em uma gravação em vinil de uma edição da revista Ensign de janeiro de 1971, o Presidente Joseph Fielding Smith (1838–1918) enfatizou a necessidade de fortalecer tanto às famílias individualmente quanto à Igreja como um todo.

Revistas em inglês: 1971 – Hoje

Em 1970, todas as revistas da Igreja eram lideradas pelas auxiliares da Igreja. Não havia relação entre o conteúdo das revistas, e não havia uma mensagem consistente sendo publicada.  

Em 1971, a Igreja reorganizou e combinou essas publicações existentes nas revistas Friend, New Era, e Ensign para formar uma família de revistas da Igreja relacionadas, iniciadas e publicadas sob a direção da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos.

A Friend tornou-se, nas palavras do Presidente Gordon B. Hinckley (1910–2008), que na época servia no Quórum dos Doze Apóstolos, “um melhor amigo para as crianças da Igreja e esperamos que para muitos outros também. Com histórias maravilhosas e uma arte fascinante ela vai abrir janelas pequenas e encantadoras e trazer (…) a compreensão de princípios do evangelho eternos e maravilhosos”. 1

A revista New Era serviu jovens e adultos solteiros com mensagens inspiradoras das Autoridades Gerais, perfis de personalidades, uma seção de perguntas e respostas, uma seção de notícias, de ficção, histórias pessoais, história da Igreja, poesia, fotografias, Mensagens Mórmons e humor.

A revista Ensign foi projetada para membros adultos da Igreja e foram incluídas nela mensagens mensais da Primeira Presidência e da Sociedade de Socorro e artigos informativos sobre diversos tópicos do evangelho.

Durante esses 40 anos de consolidação das revistas da Igreja, o design mudou significativamente. Mas fora isso, as alterações têm sido pequenas: A faixa etária do público da New Era diminuiu de 12–26 para 12–18 em 1975, a parte de ficção foi retirada das revistas, várias seções foram incluídas e retiradas e a revista Ensign começou a disponibilizar no site da Igreja os discursos da Conferência Geral três ou quatro dias após o término da conferência, oferecendo acesso gratuito e quase imediato aos discursos.

Porém, com o crescimento acelerado da Igreja no mundo durante esses mesmos anos, a necessidade de uma publicação que atingisse as mesmas metas e que servisse os membros do mundo todo se tornou evidente.

Revistas para uma Igreja Mundial

Em 1846, muito tempo antes da primeira edição da revista Young Woman’s Journal em 1890, o Élder Dan Jones publicava a primeira revista da Igreja que não era em inglês, Prophwyd Y Jubili, neu, Seren Y Saints (O Profeta do Jubileu, ou, A Estrela dos Santos), em Galês.

Entre 1846 e 1967, as missões da Igreja continuaram a publicar periódicos para os membros locais. Enquanto supervisionava as missões europeias em 1966, o Presidente Howard W. Hunter, que era do Quórum dos Doze Apóstolos na época, percebeu a duplicidade de trabalho nessas publicações separadas e, em alguns casos, uma falta de coerência entre as mensagens.

Em 1967 a Igreja consolidou e correlacionou essas revistas locais em uma só publicação, a Revista Internacional. Foi publicada em nove idiomas, com mais por vir.

A maioria das revistas internacionais manteve os nomes originais — Skandinaviens Stjerne (em dinamarquês, A Estrela Escandinava), l’Etoile (em francês, A Estrela), Zion’s Panier (em alemão, O Estandarte de Sião) — até o ano 2000, quando todas elas se tornaram A Liahona.

“Uma das razões para isso é que A Liahona é uma palavra exclusivamente SUD porque é um termo do Livro de Mórmon”, disse Jenifer Greenwood, assistente do editor-chefe da revista A Liahona. “Embora os outros títulos fossem históricos, não indicavam necessariamente que eram publicações SUD. E há um simbolismo muito belo entre a revista e A Liahona.”

Somente um ano depois, outra grande mudança aconteceu. Os líderes da Igreja queriam que os membros do mundo todo começassem a receber a mesma mensagem ao mesmo tempo. Em 2000, o planejamento de cada revista era completamente separado. Quando um texto da revista em inglês estava para ser publicado na revista A Liahona também, ele tinha que ser replanejado e revisado.

As equipes das revistas decidiram que o conteúdo de A Liahona, que inclui material para crianças, jovens e adultos, seria planejado primeiro. O melhor conteúdo e o conteúdo mais apropriado para o público do mundo todo, teria base em prioridades proféticas mensais.

As revistas em inglês pegariam o conteúdo de A Liahona relevante para elas e quaisquer espaços livres nas revistas seriam preenchidos com outro conteúdo apropriado, planejado e produzido pela própria equipe das revistas. Isso não só fez com que todas as revistas da Igreja estivessem em sincronia de tempo e mensagens, mas também fez com que as revistas em inglês representassem mais amplamente os membros da Igreja no mundo.

“Isso realmente virou nosso mundo e nosso progresso de cabeça para baixo, mas esse era o jeito de enviar mensagens coerentes para toda a Igreja”, disse a irmã Greenwood. “Era uma maneira de fazer com que as palavras dos profetas chegassem ao mundo todo.”

Com o crescimento internacional da Igreja e a revisão dos processos das revistas da Igreja, é evidente que embora as revistas tenham histórias diferentes, o futuro delas está bastante conectado.

“É uma maneira dos membros de todos os lugares reconhecerem que esta é realmente uma Igreja mundial”, disse a irmã Greenwood. “Não é uma igreja local ou uma igreja americana, mas é a Igreja do Senhor que de fato cobre o globo. Acredito que os membros falantes de inglês de várias partes do mundo são fortalecidos ao conhecerem mais sobre as experiências e dificuldades dos membros de outras partes do mundo”.

Em uma carta aos membros da Igreja datada de 1998, a Primeira Presidência declarou, “Por meio das páginas das revistas da Igreja as palavras dos profetas e apóstolos vivos chegam ao nosso lar regularmente para guiar e inspirar nossas famílias. Exortamos todos os membros no mundo a fazer a assinatura das revistas da Igreja e a lê-las.”2

Hoje, a circulação total de Friend, New Era, e A Liahona é de 1,3 milhões de revistas por mês. A Liahona publica 415.000 revistas por mês em 46 idiomas.

Notas

  1. 1. “Feliz 25º Aniversário! 1971–1996” Friend, janeiro de 1996, página 41
  2. 2. Carta datada de 1° de abril de 1998.

Revistas da História da Igreja

1840 – Millennial Star, o periódico da missão para a Inglaterra, começa a ser publicado.

Julho de 1846 – Prophwyd y Jubili, neu, Seren y Saint (O Profeta do Jubileu, ou, A Estrela dos Santos) tem sua primeira publicação em Gales. 

1851 – o periódico da missão dinamarquesa, Skandinaviens Stjerne (A Estrela Escandinava), a publicação francesa, l‘Etoile (A Estrela) e a publicação alemã, Zion’s Panier (Estandarte de Sião) todas começaram a ser publicadas.

1867 – Juvenile Instructor, um recurso para a Escola Dominical da Igreja que funcionava muito bem independentemente, é publicada pela primeira vez.

1869 – O periódico da missão alemã Der Stern é publicado pela primeira vez.

1873 – Woman’s Exponent inicia sua publicação voltada para mulheres SUD e tem notícias da Sociedade de Socorro.

1877 – O periódico da missão sueca, Nordstjernan, é publicado pela primeira vez.

1890 – Young Woman’s Journal, voltado para a Associação de Melhoramentos Mútuos das Moças, é publicado pela primeira vez.

1896 – O periódico da missão alemã Der Stern é publicado pela primeira vez.

1898 – Improvement Era, voltado para a Associação de Melhoramentos Mútuos dos Rapazes, é publicada pela primeira vez.

1901 – A União para a Escola Dominical Deseret compra o Juvenile Instructor, e ele torna-se um recurso para todas as Escolas Dominicais.

1902 – A Associação da Primária inicia a publicação de Children’s Friend, um boletim mensal.

1910 – Utah Genealogical and Historical Magazine inicia sua publicação e ensina os membros a fazer genealogia e enviar nomes para o trabalho no templo.

1914 – Woman’s Exponent interrompe sua publicação.

1915 – ARelief Society Magazine inicia sua publicação sob a direção da presidência geral da Sociedade de Socorro.

1929 – As revistas Young Woman’s Journal e a Improvement Era são unificadas sob o nome Improvement Era.

Também nesse ano, Juvenile Instructor torna-se Instructor, pelo fato de ter em sua impressão tanto instruções para adultos como para crianças.

1940 – A Utah Genealogical and Historical Magazine é descontinuada. A Improvement Era começa a publicar materiais sobre genealogia e o trabalho no templo.

1960 – A Improvement Era, por ter-se tornado mais institucional e adulta com o passar dos anos, inicia uma seção nova, “The Era of Youth”, para atingir um público mais jovem.

1966 – A Relief Society Magazine torna-se a primeira publicação da sede da Igreja a ser publicada em outro idioma além do inglês (espanhol).

1967 – A Igreja unifica os periódicos das missões em lugares onde não se fala inglês, que somam dezesseis. Os periódicos individuais mantêm seus respectivos nomes, porém o conteúdo editorial é padronizado na categoria “Revista Internacional”. A primeira edição é lançada em nove idiomas.

1971 – A Igreja reorganiza todas as revistas anteriormente dirigidas pelas auxiliares da Igreja em Ensign de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (que inclui as antigas Improvement Era, Instructor, e a Relief Society Magazine ), a New Era (da seção “Era of Youth” da revista Improvement Era), Friend (que vem da revista Children’s Friend), todas diretamente ligadas à liderança do sacerdócio da Igreja e dirigidas pela Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos.

1977 – A revista internacional em inglês, Tambuli, inicia sua publicação. Ela contém o mesmo conteúdo básico das revistas internacionais em inglês.

1982 – A “Revista Internacional” unificada começa a enviar cópias traduzidas da Mensagem mensal da Primeira Presidência para áreas onde a Igreja está crescendo.

1991 – A “Revista Internacional” unificada começa a enviar cópias traduzidas da Mensagem mensal das Professoras Visitantes para áreas onde a Igreja está crescendo.

1995 – Todas as revistas internacionais da Igreja começam a mudar o nome para A Liahona. O processo é terminado em 2000.

1997 – A revista Ensign começa a incluir discursos da Conferência Geral no site da Igreja poucos dias após a conferência, permitindo o acesso rápido e gratuito às mensagens da conferência no mundo todo.

1998 – A Liahona começa a incluir discursos de conferência on-line em 24 idiomas.

2000 – A Liahona publica revistas mensais em mais de 50 idiomas e a Mensagem da Primeira Presidência e a Mensagem das Professoras Visitantes em mais de 60. 

Ainda em 2000, a Igreja disponibiliza em versão on-line todos os artigos das revistas da Igreja que foram publicados de 1971 até o presente.