EJAS 2013 Cabo Verde

  Adilson Adolfo Lopes Monteiro, 1º conselheiro da estaca da Praia, Cabo Verde

  • 20 Setembro 2013

Jovens Adultos Solteiros de Cabo Verde durante a sua conferência especial EJAS 2013

Nos dias 28 a 31 de Agosto foi realizado o EJAS 2013 de Cabo Verde. Os 300 jovens foram divididos em 18 grupos de 15 jovens. Cada grupo tinha o seu próprio líder e cada conjunto de grupos tinha um casal a supervisionar. No dia 29, conferência foi aberta pelo presidente Rosiveltt Teixeira, que deu as boas vindas a todos os presentes. Falou do privilégio que os jovens têm de pertencer a uma geração abençoada da Igreja. Durante a tarde realizaram-se mais dois serões que foram apresentados pelo presidente Pires, segundo conselheiro da estaca, que falou sobre a importância de viver os princípios contidos no folheto “Para o Vigor da Juventude”. O presidente Monteiro, primeiro conselheiro da estaca, falou sobre a Palavra de Sabedoria, orientado e desafiando os jovens a guardarem esta lei de saúde.

No dia 30 de manhã, foram realizados jogos de futebol masculino e feminino, com quatro equipas, sendo duas da Praia e duas do Fogo. A equipa de São Filipe, do Fogo, saiu vencedora.

No período da tarde foram realizados contatos com as pessoas da localidade da Calheta e foram distribuídos cerca de 800 exemplares da revista A Liahona por toda a comunidade e conseguiram-se algumas referências, que foram prontamente entregues às irmãs missionárias que estavam também presentes neste período. A seguir foi realizada uma campanha de limpeza de toda a comunidade, em coordenação com a Câmara Municipal, na qual foi recolhido muito lixo. O dia terminou com um show de talentos e um baile. Os jovens estavam entusiasmados e felizes.

No sábado de manhã foi realizada a reunião de testemunhos, que foi muito espiritual e emocionante e onde muitos jovens adultos puderam prestar testemunho de tudo o que aconteceu durante a conferência. No final da conferência, os donos do Hotel ficaram impressionados com os jovens. Eduardo, o responsável do hotel, disse que, “quando fizeram a reserva pensei logo em contratar uns dez polícias para garantir que não havia confusões e que não partissem nada no Hotel. Mas quando vocês chegaram, senti e percebi que vocês eram pessoas diferentes e por isso decidi cancelar o pedido que tinha feito à Polícia“. Disse ainda que ”habitualmente fazem atividades com 60 pessoas, que partem tudo, fazem grandes confusões e que têm que chamar a polícia para que haja segurança. Mas com vocês, que eram mais de 300 jovens, senti que eram diferentes“.

Devido a esta boa impressão ele e a sua mulher aceitaram conhecer mais sobre a Igreja e serem ensinados. Também esta referência foi transmitida às missionárias e acredita-se que algum milagre possa acontecer e eles se convertam ao evangelho de Jesus Cristo. A emoção foi tão forte que a esposa do dono de hotel, ficou em lágrimas no momento da despedida e com muita emoção, continuou a elogiar a maneira como os nossos jovens se comportaram.

Acreditamos que com esta convenção, abrimos portas para que mais pessoas se batizem e se filiem à Igreja, ao mesmo tempo que fortalecemos o testemunho dos jovens adultos solteiros.