Élder Holland Organiza a Primeira Estaca na Jamaica

Contribuição de Marjorie Cortez e Marianne Holman, colaboradoras do Church News

  • 12 Junho 2014

Jovens jamaicanos reunidos em 8 de junho de 2014 para a organização da primeira estaca na Jamaica, a Estaca Kingston Jamaica.  Fotografia de cortesia da Área do Caribe.

Destaques de Artigos

  • Na organização da primeira estaca na Jamaica, o Élder Jeffrey R. Holland enfatizou a importância de guardar os mandamentos, de apoiar líderes da Igreja e de ser unidos.

KINGSTON, JAMAICA

Pela primeira vez, uma estaca de Sião está em operação na nação insular caribenha da Jamaica.

Em 8 de junho, o Élder Jeffrey R. Holland do Quórum dos Doze Apóstolos organizou a Estaca Kingston Jamaica. O evento marcou um momento jubiloso para muitos santos dos últimos dias nesse país das Índias Ocidentais.

A ocasião momentosa, frequentada por mais de 800 pessoas, marca a organização da segunda estaca no Caribe anglófono, após a Estaca Porto de Espanha Trindade em 2009. O Élder Holland organizou a estaca com a assistência do Élder J. Devn Cornish dos Setenta e primeiro conselheiro na presidência da Área Caribenha.

Durante a conferência da Estaca Kingston Jamaica, realizada na capela de Spanish Town, o Élder Holland mencionou que a nova estaca iria conceder acesso a mais bênçãos e poder de Deus.

“Reivindique os privilégios e os invoque para a suas vidas,” aconselhou o Élder Holland.

Ao falar aos santos jamaicanos, ele enfatizou a importância de guardar os mandamentos, de apoiar líderes da Igreja e de ser unidos.

“Amem uns aos outros e ajudem uns aos outros,” disse o Élder Holland. “Estamos nessa busca juntos e precisamos uns dos outros.”

A partir da esquerda: o Élder J. Devn Cornish, o Presidente Kevin G. Brown da Missão Jamaica Kingston e o Élder Jeffrey R. Holland na organização da Estaca Kingston Jamaica, a primeira no país. Fotografia de cortesia da Área do Caribe.

O Élder Holland também expressou o seu amor pelos membros jamaicanos e testificou que os novos líderes da estaca foram chamados por meio do poder de revelação.

Os líderes da estaca são o presidente Andrew Rue e seus conselheiros na presidência da estaca, os presidentes Royce Britton e Patrick Medley.

O novo patriarca da estaca é o irmão Lloyd McPherson. A Estaca Kingston jamaica tem seis alas e dois ramos: Ala Boulevard, Ala Constant Spring, Ala Linstead, Ala Portmore, Ala Spanish Town 1, Ala Spanish Town 2, Ramo Kingston e Ramo Old Harbour.

No término da conferência de estaca, o Élder Holland invocou uma bênção sobre os homens, as mulheres e os jovens presentes. Ele abençoou os homens para que pudessem ser testemunhas de Deus em todos os momentos e para que ganhassem uma compreensão mais ampla a respeito do sacerdócio. Ele declarou que as mulheres eram “a âncora de fé, esperança e caridade”, e as aconselhou que nunca permitissem ao mundo ou ao adversário dizer que ser uma mulher é insignificante. Ele também abençoou a juventude para que encontrassem um “significado profundo na oração” e que seguissem seriamente os conselhos que receberam durante a conferência.

“Esta é uma tremenda bênção [para a Jamaica]“ disse Jason Wilson. “É uma ação de progresso. Somos um povo abençoado. Esta experiência me deu a certeza de que o trabalho que fiz como missionário não foi em vão.”

A criação da primeira estaca na Jamaica representa a recompensa culminante de décadas de serviço. Os primeiros missionários da Igreja chegaram na ilha em 1841, mas devido a preseguição que sofreram, eles foram redesignados para outras localidades. Em 1970, a primeira capela foi construída em Mandeville. Alguns anos depois, Victor Nugent, sua esposa, Verna, e seu filho, Peter, foram batizados e então tornaram-se a primeira família jamaicana de membros da Igreja na ilha.

Em 1978, o Élder M. Russell Ballard dedicou a terra da Jamaica para a pregação do evangelho, plantando as sementes que iriam florescer nas décadas seguintes. Atualmente, a Igreja tem mais de 5.000 membros e 17 capelas na Jamaica. A missão Jamaica Kingston foi organizada em 1985. O Presidente Gordon B. Hinckley foi o primeiro Presidente da Igreja a pisar em solo jamaicano na sua visita em 15 de maio de 2002, de acordo com o Almanaque da Igreja publicado pela Deseret News.

A Igreja desfrutou de um incentivo espiritual com a dedicação do Templo de Santo Domingo na República Dominicana em 17 de setembro de 2000 — o primeiro templo em operação no Caribe.