O Élder Nelson Completa no Quênia Sua Viagem à África

Contribuição: Melissa Merrill, Notícias e Acontecimentos da Igreja

  • 15 de novembro de 2011

“Estamos observando o Senhor mover-se sobre este grande continente africano, a fim de abençoar as pessoas (…) com a verdade, a luz do evangelho e, mais importante, as ordenanças de salvação e exaltação.” — Élder Russell M. Nelson, Quórum dos Doze Apóstolos

Durante a etapa final de uma viagem ao continente africano, o Élder Russell M. Nelson, do Quórum dos Doze Apóstolos, visitou o Quênia nos dias 29 e 30 de outubro, onde falou em um acontecimento dos assuntos públicos, numa reunião com os missionários e em uma reunião de liderança do sacerdócio e conferência da estaca, na Estaca Quênia Nairóbi.

Reunião Missionária

Em seu discurso aos missionários, o Élder Nelson decidiu basear sua mensagem nos valores em que eles se podiam centralizar — valores que eram familiares às mulheres, por terem vindo do tema das Moças. O Élder Nelson disse aos homens presentes que os valores “são dignos de sua atenção, como o são para as moças”

O Élder Nelson disse aos presentes: “A dignidade individual inclui o desenvolvimento da fé. (…) Ninguém mais pode desenvolver sua fé pessoal. (…) Você mesmo a desenvolve.”

A fé leva, então, a convênios e ordenanças de salvação da pessoa, como o batismo, disse ele.

Natureza Divina

Dissertando sobre sua carreira como médico, o Élder Nelson falou a respeito dos milagres do corpo humano. Pediu à congregação que pensasse a respeito dos olhos, dedos e coração.

“Sua natureza é divina, porque vocês têm a divindade em seu interior”, disse o Élder Nelson. “O [Pai Celestial] os criou.” Fez um contraste entre sua crença e a daqueles que creem que os seres humanos são resultado do acaso ou de que a criação veio por meio da teoria do Big Bang. “Como médico pesquisador, sei que isso não é verdade”, disse ele. “Cada um dos órgãos do corpo é tão bem projetado e tão maravilhoso em suas funções e em sua capacidade de curar-se e consertar-se, cuidando de si mesmo.”

Ele incentivou os missionários a cuidarem bem do corpo e de evitarem fazer qualquer coisa que viesse a “profanar o corpo natural como uma criação dada por Deus”.

Valor Individual

Ao descrever o valor individual, o Élder Nelson fala a respeito de sua esposa, Wendy Watson Nelson, com quem se casou em abril de 2006, e de sua preparação para o casamento, durante muitos anos.

“Ela nunca esperou por um marido”, disse Élder Nelson. “Ela estava preparando-se para um marido. Estava sempre se preparando para isso como uma pessoa.”

Uma das maneiras pelas quais se preparou foi por meio dos estudos.

“A educação é um de nossos principais objetivos”, disse Élder Nelson. “A glória de Deus é inteligência (ver D&C 93:36), portanto, preencham sua mente com a verdade. (…) Procurem os bons livros, os bons pensamentos e a boa música.”

Destacou também as ordenanças e os convênios do evangelho, uma mensagem que já havia abordado anteriormente em sua viagem à África. Algumas ordenanças e convênios são individuais e se relacionam com a salvação. Outras se relacionam à exaltação e correspondem a um assunto familiar.

Conhecimento

Continuando a abordar o tema educação, o Élder Nelson disse, “Para nós, obter conhecimento é uma responsabilidade religiosa.

“Nós não deixamos a escola. Nós nos agarramos a ela e nos esforçamos muito para poder, um dia, realmente prestar serviço de valor a alguém mais. O conhecimento é a diferença entre desejar poder fazer algum bem e poder fazer algo de bom.”

O Élder Nelson baseou-se em seu próprio treinamento. Embora a faculdade de medicina exigisse muitos anos — e ele e sua mulher tivessem cinco filhos na época em que ele terminou — ele explicou que teria tido a mesma idade, a essa altura, tivesse ou não ido para a escola. “Vocês também podem procurar o que quer que desejarem tornar-se”, disse ele.

Indicou também que foi seu treinamento médico que lhe permitiu operar o Presidente Spencer W. Kimball (1895–1985) em 1972. A operação prolongou substancialmente a vida do Presidente Kimball. Ele tornou-se Presidente da Igreja em 1973 e, em 1978, recebeu a revelação de que o sacerdócio deveria ser conferido a todo homem digno.

Escolhas e Responsabilidades

As escolhas e responsabilidades — também chamadas de arbítrio moral — significam que somos responsáveis por todas as escolhas que fizermos, assim como somos responsáveis por suas consequências, disse o Élder Nelson.

“Desde a Guerra nos Céus, tem existido essa competição por nossas almas, entre as forças do mal e as forças do bem”, disse o Élder Nelson. “Vocês sentem isso quase todos os dias de sua vida.”

“O caminho da felicidade”, disse Élder Nelson, “é chegar mais perto do Senhor. Uma forma de fazer isso é ouvir, ou escutar com a intenção de obedecer.”

Boas Obras

Para adquirirmos o atributo de boas obras, disse o Élder Nelson, “podemos observar o exemplo do Salvador. “Jesus (…) amava as pessoas, e quando as amava, as servia.” Ele incentivou a congregação a aprender a servir encontrando uma necessidade e, então, atendendo-a.

Integridade

Integridade, disse Élder Nelson, significa “completo ou intacto”. Na medicina, disse o Élder Nelson, quando há alguma coisa errada com o coração, os médicos falam sobre ele como havendo perdido sua integridade — em outras palavras, ele não faz mais o que deve fazer.

Integridade significa que somos dignos de confiança”, disse ele. Ele falou no privilégio que ele e outros membros do Quórum dos Doze Apóstolos têm em trabalhar com outras Autoridades Gerais que têm “integridade comprovada”.

“Sempre que lhes pedimos que façam alguma coisa, nós nunca, nunca ficamos imaginando se será feita”, disse ele.

Virtude

O Élder Nelson falou sobre o mais novo valor das Moças, a virtude, tanto em termos de pureza como de poder.

“O que realmente importa é no que vocês estão-se tornando”, disse Élder Nelson. “Queremos que todos vocês tenham o poder de tornar-se o que o Senhor quer para vocês. (…) Ao pensarem a respeito dos atributos dos valores das Moças, rapazes e moças, eles os ajudarão a ser tudo que puderem ser”.

Reunião do Sacerdócio de Estaca

Em uma reunião do sacerdócio de estaca em Nairóbi, à qual assistiram cerca de 200 portadores do sacerdócio, o Élder Nelson falou sobre experiências pessoais que teve com o ex-presidente da Igreja, Presidente Spencer W. Kimball (1895–1985).

Em 1972, quando o Presidente Kimball era Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos, estava muito doente. Ele convocou uma reunião com sua esposa, com a Primeira Presidência — o Presidente Harold B. Lee, o Primeiro Conselheiro, N. Eldon Tanner, e o Segundo Conselheiro, Marion G. Romney — e com dois de seus médicos — sendo o Élder Nelson um deles. (O Élder Nelson ainda era, na ocasião, cirurgião; ele se tornaria uma Autoridade Geral 12 anos depois, em 1984.)

“Foi uma reunião bem incomum”, relembra o Élder Nelson. “Ele disse à Primeira Presidência: ‘Irmãos, sou um homem moribundo. Sei que não vou viver muito’.”

Como consultor médico, o Élder Nelson confirmou que o Presidente Kimball tinha uma séria doença cardíaca — tanto na principal válvula do coração como na linha principal para o músculo cardíaco, que estava com uma obstrução em alto grau.

O Élder Nelson relembrou também que, devido aos dois tipos de moléstias cardíacas e da avançada idade do Presidente Kimball — ele estava perto de 78 anos — a cirurgia seria extremamente arriscada. Ele disse ao Presidente Lee: “Não posso recomendar a cirurgia.” O outro médico confirmou que a situação do Presidente Kimball era terrível e que ele tinha apenas dias, possivelmente semanas, de vida.

O Presidente Lee então se levantou e disse ao Presidente Kimball: “Você foi chamado. Você não vai morrer. Você deve fazer qualquer coisa que precise fazer para viver.” O Presidente Kimball concordou em submeter-se à cirurgia. “E eu me encolhi em minha cadeira”, disse o Élder Nelson. “Eu não queria operá-lo.”

A cirurgia foi marcada para depois da conferência geral; a saúde do Presidente Kimball estava tão debilitada, que ele só pôde assistir a uma sessão. Antes de realizar a cirurgia no Presidente Kimball, o Élder Nelson recebeu uma bênção do Presidente Lee e do Presidente Tanner.

“O resto vocês já sabem”, contou o Élder Nelson aos homens que assistiam à reunião do sacerdócio. “A operação realizou-se muitíssimo bem.”

Quando, um ano depois, o Presidente Lee faleceu, o Presidente Kimball, como o Apóstolo presidente, tornou-se o profeta. E, em 1978, recebeu uma revelação de que todos os homens dignos poderiam receber o sacerdócio.

Embora o Élder Nelson não fosse uma Autoridade Geral nessa ocasião, ele é o apóstolo mais antigo que não estava no templo naquele dia, muitas pessoas que estavam lá lhe falaram a respeito. E, em 1985, quando visitava Gana como Autoridade Geral recém-chamada, o Élder Nelson disse ter vivenciado sua própria revelação, “como se eu estivesse no templo em 1978”.

“Assim, levanto-me diante de vocês com grande apreço e admiração por todos e sei que o Presidente Kimball teria adorado estar no meu lugar para cumprimentar cada um de vocês”, disse ele. “Estamos observando o Senhor mover-se sobre este grande continente africano, a fim de abençoar as pessoas (…) com a verdade, a luz do evangelho e, mais importante, as ordenanças de salvação e exaltação.”

Ele centralizou o restante de sua mensagem nos “conceitos fundamentais” relativos a Deus, Jesus Cristo, o Livro de Mórmon e a restauração do sacerdócio. Ele disse que estavam “indo direto aos alicerces” para que, quando os líderes do sacerdócio se aconselhassem com as pessoas e tomassem decisões, pudessem “exprimir a vontade do Deus Todo-Poderoso e Seu Filho, Jesus Cristo, e obter [suas] próprias respostas.

É claro que terão acesso a isso por meio da oração e fortalecerão essas impressões ouvindo a seus conselheiros e conselhos”, disse ele. “Vocês não estão sós. O dom do Espírito Santo em vocês pode ser afiado, avivado, refinado e cultivado de modo que se torne um poderoso instrumento para vocês.”

Citou também Jacó 1:19, lembrando aos portadores do sacerdócio: “Vocês não estão aqui simplesmente para serem ensinados. Estão aqui para serem um conduto para que as pessoas a quem vocês lideram sejam ensinadas de acordo com a doutrina de Jesus Cristo e a vontade de Deus.”