Acelerar a Obra por meio do Cumprimento dos Convênios

  Sarah Jane Weaver, redação do Church News

  • 13 January 2014

Ines Faci com os recém-conversos, a partir da esquerda, Ana Manzano Almudena Arroyo e Gerarda Villegas.

Destaques do Artigo

  • A cada semana uma irmã da Sociedade de Socorro recebe o desafio de compartilhar um exemplar do Livro de Mórmon, enquanto as demais irmãs oram por seu sucesso.
  • O desafio do Livro de Mórmon foi frutífero para Victoria Guillen quando os vizinhos que convidou para aprender sobre o evangelho foram batizados.
  • O Senhor vai ajudar aqueles que guardam seus convênios e procuram compartilhar Seu evangelho.

“[O Senhor] preparou os meios para que compartilhemos o evangelho em uma infinidade de maneiras, e Ele nos ajuda em nossos labores se agirmos com fé para realizar a Sua obra”. — Presidente Thomas S. Monson

As mulheres da Igreja em Zaragoza, Espanha, se uniram em seus esforços para compartilhar o evangelho. “Há milagres acontecendo aqui”, disse uma irmã da Sociedade de Socorro, Ines Faci do Ramo Zaragoza II, Estaca Lléida Espanha.

Isso começou com a presidente da Sociedade de Socorro, a irmã Beatriz Arnal, que sentiu o desejo de que as irmãs de seu ramo se envolvessem mais na obra missionária, em acelerar o trabalho de salvação em seu ramo e em receber as bênçãos prometidas aos que guardam seus convênios. Ao se reunirem em conselho, elas se sentiram inspiradas para que cada semana uma irmã da Sociedade de Socorro receberia um exemplar do Livro de Mórmon com o objetivo de o compartilhar com alguém na semana seguinte. Enquanto isso o restante das irmãs do ramo iria orar por ela. Esse esforço combinado uniu as irmãs por meio de orações de fé e deu a todas as irmãs a oportunidade de vivenciarem a doçura do trabalho missionário.

Em uma semana a oportunidade de compartilhar o Livro de Mórmon foi dada para a irmã Victoria Guillen. Durante essa semana ela foi abordada por uma vizinha, Almundena Arroyo, que pediu conselho a respeito de algumas dificuldades pelas quais estava passando. A irmã Guillen e sua família tinham aceitado recentemente um convite do presidente do ramo, Manuel Gomez, para eles mesmo voltarem à igreja e seus filhos adolescentes se preparavam para serem batizados. A irmã Guillen prestou testemunho do evangelho de Jesus Cristo enquanto compartilhava o Livro de Mórmon com sua amiga. Ela convidou Almundena e sua família para o batismo de seus filhos adolescentes.

Os pesquisadores e muitos dos membros que assistiram a reunião batismal sentiram a influência do Espírito. Almundena e seu marido, José Luis, estavam entre aqueles que participaram do batismo dos filhos dos Guillen e eles expressaram seu interesse no evangelho. Eles aceitaram o convite para que os missionários fizessem uma visita para lhes ensinar a mensagem do evangelho. O ramo inteiro se envolveu em oração pela família e ficaram gratos quando, algumas semanas mais tarde, José Luis, Almundena e sua filha de 13 anos de idade foram todos batizados como membros da Igreja.

O irmão Guillen está servindo na presidência do quórum de élderes. O irmão e irmã Arroyo servem como missionários de ramo. A irmã Faci disse: “O amor pela obra missionária se espalhou por todo o ramo”. O entusiasmo pelo trabalho tem aumentado no ramo, enquanto os membros dão ouvidos ao conselho e recebido a promessa feita pelo Presidente Thomas S. Monson na Conferência Geral de outubro de 2013: “[O Senhor] preparou os meios para compartilharmos o evangelho de inúmeras formas, e Ele nos ajudará em nosso trabalho se agirmos com fé pra completar Seu trabalho” (“Bem-Vindos à Conferência”)

Ines Faci com os recém-conversos, a partir da esquerda, Ana Manzano Almudena Arroyo e Gerarda Villegas.

Os membros daquele pequeno ramo sabiam que os convênios que fizeram quando foram batizados incluiam servir ao Senhor e que o Senhor iria ajudá-los em seus labores, especialmente se eles unissem sua fé e orações em busca de uma maneira pela qual pudessem compartilhar o evangelho ativamente. Com alegria eles guardaram seus convênios ao compartilharem o evangelho de Jesus Cristo. Eles continuam a realizar batismos e dar boas-vindas aos membros novos enquanto trabalham juntos em amor e união.

Há realmente milagres acontecendo Zaragoza, Espanha — milagres efetuados pela fé e as orações unidas dos membros que guardam com alegria os seus convênios.