Evento Histórico: Élder Oaks Visita a Área Ásia

  Élder David e Sister Marianne Heaps, Assuntos Públicos da Área Ásia

  • 8 June 2012

Destaques do Artigo

  • O Élder Dallin H. Oaks, o Élder Donald L. Hallstrom e o Bispo Dean M. Davies, passaram 12 dias viajando pela Ásia, em maio, na companhia de vários líderes de área.
  • Eles visitaram e instruíram os membros no Camboja, Hong Kong, Índia, Malásia, Cingapura e Taiwan.
  • O evento histórico incluiu as primeiras conferências de liderança do sacerdócio realizadas em Cingapura e Camboja, uma conferência para jovens adultos solteiros na Índia e a criação da Estaca Hyderabad Índia, a primeira estaca neste país.

“Vocês são poucos em número, mas sua influência não será pequena se vocês mantiverem sua singularidade como o sal que tem sabor ou o fermento que leveda o pão.” — Élder Dallin H. Oaks, do Quórum dos Doze Apóstolos aos membros em Hong Kong

Links Relacionados

O Élder Dallin H. Oaks, do Quórum dos Doze Apóstolos, o Élder Donald L. Hallstrom, da Presidência dos Setenta e o Bispo Dean M. Davies, Segundo Conselheiro no Bispado Presidente, passaram 12 dias viajando pela Área Ásia durante o mês de maio. A visita histórica incluiu as primeiras conferências de liderança do sacerdócio realizadas em Cingapura e Camboja, devocionais em Hong Kong, uma conferência de distrito em Taiwan, uma conferência para jovens adultos solteiros na Índia e a criação da primeira estaca da Índia, em Hyderabad. (O Notícias e Acontecimentos da Igreja irá postar informações adicionais sobre a Estaca Hyderabad Índia nos próximos dias.)

O Élder Oaks, o Élder Hallstrom e o Bispo Davies viajaram acompanhados das esposas, Kristen Oaks, Diane Hallstrom e Darla Davies. Durante parte de suas viagens também estavam com eles o Élder Anthony D. Perkins, dos Setenta, Presidente da Área Ásia, o Élder Kent D. Watson, dos Setenta, Primeiro Conselheiro na Presidência da Área Ásia, o Élder Gerrit W. Gong, dos Setenta, Segundo Conselheiro na Presidência da Área Ásia e suas respectivas esposas, Christine Perkins, Connie Watson e Susan Gong.

Essa visita foi particularmente significativa para muitos membros asiáticos ao se reunirem com o Élder e a irmã Hallstrom, que moraram em Hong Kong de 2005 a 2009 quando ele serviu na presidência da área como presidente de área.

Cingapura e Malásia

No sábado, 19 de maio de 2012, os Irmãos foram acompanhados pelo Élder Watson e o Élder Victor Kah Keng Chen, Setenta de Área de Cingapura, ao se reunirem com membros, líderes do sacerdócio e missionários de Cingapura e da Malásia. As oito presidências de distrito da Malásia reuniram-se pela primeira vez quando viajaram para juntar-se aos líderes da Estaca Cingapura a fim de serem ensinados por um Apóstolo — a primeira vez que tal oportunidade surgiu para a maioria desses homens.

Na conferência do sacerdócio, à tarde, o Élder Oaks disse: “Por causa do crescimento da Igreja, é extremamente raro ter tantas Autoridades Gerais em uma reunião de liderança desse tipo. Esse grupo representa o Bispado Presidente e todos os Quóruns das Autoridades Gerais, com exceção da Primeira Presidência”.

Ele disse aos presentes que “Cingapura e Malásia estão tão perto do céu como a sede da Igreja em Salt Lake City”. Ele continuou, dizendo: “É o mesmo sacerdócio [e] a mesma autoridade, e cada um de nós tem o direito de receber inspiração e revelação para nossas respectivas mordomias”.

As líderes das auxiliares da estaca Cingapura foram instruídos pela irmã Oaks, a irmã Hallstrom, a irmã Watson e irmã Davies naquela mesma tarde. A irmã Oaks ensinou: “As mulheres devem ter total participação nos conselhos da estaca e ala para que todos os líderes possam ministrar melhor às pessoas no trabalho de salvação”.

No sábado à noite, mais de 800 santos reuniram-se na sede da estaca anteriormente dedicada pelo Élder Hallstrom. Ele falou da visão, comprometimento e autodisciplina dos membros Cingapura.

O Élder Oaks enfatizou a necessidade de as famílias e pessoas adotarem os padrões do evangelho em um mundo que muitas vezes desafia nossos esforços de viver em retidão. Ele ressaltou a conversão individual e o testemunho de Jesus Cristo como o alicerce para o verdadeiro crescimento pessoal. Também ensinou sobre misericórdia no grande plano de redenção — “misericórdia Daquele que satisfez a lei da justiça”. Os santos esperaram em longas filas para apertar a mão das autoridades visitantes depois das reuniões.

Camboja

No domingo, 20 de maio, o Élder Oaks, o Élder Hallstrom e o Bispo Davies foram recebidos em Phnom Penh, Camboja, pelo Élder Gong e o Élder Siu Hong Pon, Setenta de Área de Hong Kong. Entre os participantes dessa primeira conferência de liderança do sacerdócio dessa nação estavam as presidências de distrito, presidentes de ramo e presidentes de quórum de élderes do Camboja e Vietnã. Muitas perguntas centralizaram-se em ajudar os membros com necessidades materiais. O Bispo Davies ensinou: “A religião pura inclui visitar os lares dos pobres e ajudá-los a se tornarem autossuficientes. Os líderes do sacerdócio e da Sociedade de Socorro estendem a mão do Senhor”.

Mais de 1.000 santos cambojanos reuniram-se naquela noite para um devocional no qual o Élder Oaks ensinou que se os membros tiverem fé para pagar o dízimo, eles terão a bênção de conseguir sair da pobreza. Ele explicou que 90 por cento da renda deles acompanhada das bênçãos do Senhor era melhor do que 100 por cento dessa renda sem as bênçãos associadas a um pagamento de dízimo integral.

Ele também convidou os membros a escrever e manter registros de eventos especiais e sagrados como parte de sua história pessoal e familiar.

Na manhã de segunda-feira os irmãos falaram aos missionários falantes do idioma cambojano e vietnamita. O Élder Oaks descreveu o exemplo dos missionários e dos membros como “a luz refletida na praia abaixo do farol” e o farol como sendo o Salvador. Ele disse que, quando as duas luzes estão alinhadas, as luzes dos missionários e dos membros iluminam o caminho que conduz ao Salvador para o povo cambojano.

Hong Kong

O Élder Oaks e aqueles que o acompanharam chegaram ao escritório da Área Ásia em Hong Kong na terça-feira para devocionais com os funcionários, os missionários e todos os membros.

Aproximadamente 1.300 santos reuniram-se em seis capelas para um devocional para os membros e transmissão pela Internet. Foi observado que o Élder Perkins recebeu uma nova designação em Salt Lake City, depois de servir por cinco anos na Presidência da Área Ásia. Foram feitos agradecimentos por sua liderança inspirada e, por sua vez, ele expressou seu amor e respeito pelas pessoas da Ásia e “os fiéis santos dos últimos dias que são pioneiros nessas nações populosas”.

O Élder Oaks aconselhou os membros em Hong Kong a buscar mais da vida do que prosperidade, prestígio, poder ou prazer. “As pessoas do mundo apenas veem o aqui e agora. As pessoas de fé esperam pela eternidade e planejam para viver nela”, disse ele. E acrescentou: “Vocês são poucos em número, mas sua influência não será pequena se vocês mantiverem sua singularidade como o sal que tem sabor ou o fermento que leveda o pão”.

Enquanto estiveram em Hong Kong, os Irmãos examinaram o progresso da Igreja com a Presidência da Área Ásia, que têm a responsabilidade de cuidar de 25 países e territórios que compõem a metade da população do mundo.

Taiwan

Após examinarem a área, o Élder e a irmã Gong e o Bispo e a irmã Davies foram a Taiwan, onde se reuniram com funcionários e missionários em Taipei e com os membros e líderes durante um fim de semana em que houve a conferência do distrito de Formosa Chia Yi.

Índia

O Élder Oaks, o Élder Hallstrom e o Élder Perkins viajaram de Hong Kong para Hyderabad, Índia, para um fim de semana histórico. Na sexta-feira, eles se reuniram com cerca de 600 jovens adultos solteiros da Índia, Sri Lanka e Nepal. No sábado, a última conferência do distrito Hyderabad Índia teve a presença de mais de 250 líderes na reunião de liderança do sacerdócio e quase 500 membros compareceram à sessão da noite. Por fim, com mais de 1.500 membros presentes em um centro de convenções em Hyderabad no domingo, o Élder Oaks presidiu a criação da primeira estaca da Índia.