Julie B. Beck Fala sobre a Sociedade de Socorro e os Quóruns do Sacerdócio no Devocional da BYU

Contribuição de Contribuição de Lok Yi Chan, Notícias e Acontecimentos da Igreja

  • 26 January 2012

Destaques do Artigo

  • Ser parte da Sociedade de Socorro ou de um quórum do sacerdócio é uma designação para a vida inteira.
  • Somos chamados pela voz do profeta de Deus para fazer o trabalho da Sociedade de Socorro e dos quóruns do sacerdócio.

Julie B. Beck, presidente geral da Sociedade de Socorro, falou sobre o tema “Porque Estamos Organizados em Quóruns e Sociedades de Socorro” durante um devocional da Universidade Brigham Young na terça-feira, 17 de janeiro de 2012.

Ela descreveu o propósito dos quóruns do sacerdócio e da Sociedade de Socorro, e alistou cinco motivos pelos quais os membros da Igreja estão organizados dessa maneira.

O Propósito dos Quóruns do Sacerdócio e das Sociedades de Socorro

A Irmã Beck disse que muitos membros da Igreja confundem um quórum do sacerdócio ou a Sociedade de Socorro como sendo simplesmente uma classe ou um local para sentarem durante as reuniões da Igreja.

“O propósito da Sociedade de Socorro é aumentar a fé e retidão pessoal, fortalecer a família e o lar e auxiliar os necessitados”, ela disse citando o Manual 2: Administração da Igreja.

“Os principais propósitos dos quóruns são servir ao próximo, promover união e irmandade e ensinar aos membros do quórum seus deveres, as doutrinas e os princípios do evangelho e cuidar da Igreja”, ela continuou.

Ela enfatizou que ser parte da Sociedade de Socorro ou de um quórum do sacerdócio é uma designação na qual os membros da Igreja servirão a vida inteira—mesmo quando receberem chamados e designações para outras auxiliares.

“O que o Senhor visualizou com relação aos quóruns e as Sociedades de Socorro ainda não foi completamente utilizado”, disse ela. “Muitos quóruns e Sociedades de Socorro são no momento como gigantes adormecidos esperando para que vocês lhes deem nova vida”.

Ela explicou depois porque os quóruns do sacerdócio e as Sociedades de Socorro são organizados.

Porque os Membros da Igreja São Organizados em Quóruns e Sociedades de Socorro

1. Para Estarem Organizados de acordo com o Padrão do Sacerdócio

“Nosso Deus é um Deus de ordem, e tudo o que Ele faz para edificar Seu reino é feito por meio dos Seus padrões do sacerdócio”, explicou a irmã Beck.

Estes padrões incluem a organização das alas e estacas, com um bispo que porta as chaves para conduzir sua ala; a formação das presidências; membros apoiando os que são chamados para liderar e a capacidade de todos os membros receberem revelação pessoal.

“Os líderes do quórum e da Sociedade de Socorro são vistos pelo bispado como subpastores que magnificam, ampliam e distribuem o seu cuidado”, disse ela.

“Eu vejo humildes presidências de Sociedade de Socorro e de quórum em muitas partes do mundo liderando com grande e inspiradora habilidade porque estão organizados sob o sacerdócio e de acordo com a ordem do sacerdócio. Eles seguem o padrão que lhes permite obter revelação para o trabalho que foram designados a realizar”.

2. Focalizar nos Filhos e Filhas do Pai Celestial, na Obra de Salvação e Envolvê-los Nela

O trabalho de salvação inclui a obra missionária e de retenção em atividade das pessoas que são convertidas, o trabalho de templo e história da família, a responsabilidade pelo ensino do evangelho e dar o exemplo de vida reta uns para os outros, melhorar nossa autossuficiência material e espiritual e assegurar que o necessitado e o pobre sejam cuidados, explicou a irmã Beck.

“Devemos fazer todo o possível para reativar as pessoas de nosso grupo que tiveram sua fé enfraquecida”, ela destacou. Ela acrescentou que este trabalho é frequentemente de “benignidade e paciência” e “pode parecer ingrato” por não ser reconhecido publicamente. Entretanto, ela assegurou ao alunos que essa obra terá sua recompensa nos céus.

“A obra de salvação é conduzida pelo Espírito, que confirma nossas ações, assegura a aprovação do Senhor e provê a alegria verdadeira que advêm como uma afirmação de nosso sucesso”, disse a irmã Beck.

3. Ajudar os Bispos a Administrar com Sabedoria o Armazém do Senhor

A irmã Beck disse, citando o Manual 2: Administração da Igreja, seção 6.1.3, que o armazém do Senhor inclui o “tempo, talentos e compaixão ou bens materiais e recursos financeiros” dos membros.

“Os bispos estão encarregados do armazém do Senhor, e eles dependem dos quóruns e da Sociedade de Socorro para ajudá-los a procurar e cuidar de todos em suas alas”, ela disse.

Ela então explicou sobre o cuidado executado por meio do ensino familiar e das professoras visitantes. “O trabalho das professoras visitantes e de ensino familiar se tornam a obra do Senhor quando nosso foco está centralizado nas pessoas ao invés de em percentuais”, ela disse.

Professoras visitantes e ensino familiar são chamados de Deus, disse ela. O sucesso verdadeiro somente acontece com a confirmação do Espírito e quando as pessoas que estão sendo ensinadas sentem que seus mestres familiares ou professoras visitantes as ajudam a crescer espiritualmente e se preocupam com elas e sua família, e quando sabem que seus professores irão atender quando surgirem problemas.

4. Para Prover uma Defesa e um refúgio para os Filhos do Pai Celestial e Sua Família nos Últimos Dias

Os membros da Igreja vivem em “tempos perigosos” (ver 2 Timóteo 3:1) em que enfrentam todos os tipos de pecados e tentações, disse a irmã Beck. Entretanto, continuou ela, os membros da Igreja podem sempre encontrar segurança dentro da Sociedade de Socorro e dos quóruns do sacerdócio.

“Enquanto nossa época se torna cada vez mais difícil, os irmãos e irmãs fiéis nos quóruns e Sociedades de Socorro são protegidos nos lares de Sião da voz estridente do mundo e da influência provocadora do adversário”, explicou ela. “É na irmandade da Sociedade de Socorro e na irmandade dos quóruns que devemos encontrar refúgio e proteção das tempestades e calamidades dos últimos dias.

5. Para Fortalecer e Apoiar os Filhos e Filhas de Deus em Suas Funções e Responsabilidades Familiares

De acordo com a irmã Beck, os quóruns do sacerdócio e a Sociedade de Socorro devem ensinar aos filhos de Deus e inspirá-los a se prepararem para as bênçãos da vida eterna, ajudar a família atual e futura dos líderes a estabelecerem padrões e práticas de comportamento de retidão e manutenção do convênio em sua vida, e ajudar a cada pessoa a se tornar o que o Pai Celestial precisa que elas se tornem.

“Portanto, tudo o que fazemos nos quóruns e nas Sociedades de Socorro é para ajudar o Senhor em Sua missão de preparar Seus filhos para as bênçãos da vida eterna que Ele visualizou para nós”, ela disse. “Neste cenário devemos aprender como nos tornarmos parte da família eterna do nosso Pai Celestial”.

Ao encerrar, a irmã Beck prestou testemunho da divindade da organização dos quóruns do sacerdócio e da Sociedade de Socorro.

 “Fomos ‘chamadas pela voz do Profeta de Deus para isso,’” ela disse, citando Filhas em Meu Reino: A História e a Obra da Sociedade de Socorro, capítulo 10. “E ao fazê-lo, ‘não se poderá impedir que os anjos lhes façam companhia’”.

Um arquivo de áudio deste discurso está disponível para download gratuito no website BYU Speeches.