Equipe de respostas do site LDS.org: Uma Maneira Única de Servir

Contribuição de  Heather Whittle Wrigley, Notícias e Acontecimentos da Igreja

  • 21 Julho 2011

Destaques de Artigos

  • Qualquer membro adulto digno pode candidatar-se para fazer parte da equipe de respostas do site LDS.org.
  • A equipe de respostas responde a maioria dos feedbacks feitos ao site LDS.org.

“[A equipe de respostas do site LDS.org fornece] respostas rápidas a perguntas, feedback e comentários para ajudar a Igreja a melhorar a experiência do usuário em seus produtos da Internet.” — Lee Gibbons, Diretor do site LDS.org

Mais de 50 membros voluntários e missionários em dezesseis países estão trabalhando em novas abordagens para servir na Igreja. Essas pessoas fazem parte de uma equipe encarregada pelas respostas ao feedback enviado para o LDS.org, o site de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

A equipe de respostas do site LDS.org é composta por membros da Igreja, adultos e dignos — voluntários, missionários de serviço e missionários de tempo integral — que seguem os sussurros do Espírito para responder, delegar ou encaminhar itens de feedback do site LDS.org A maioria dessas pessoas serve em casa.

Quase todas as páginas do novo site LDS.org, que foi lançado em 1º de dezembro de 2010, contém um link intitulado “Você tem feedback sobre esta página?”

Por esse link, aqueles que visitam o site LDS.org podem enviar um elogio, uma pergunta, uma sugestão ou outro comentário sobre o site. Uma empresa terceirizada reúne as informações em um local onde as pessoas que irão trabalhar nas respostas podem conectar-se para responder as perguntas. Alguns voluntários também monitoram a página da Igreja no Facebook.

“A equipe de respostas fornece um serviço fundamental para os usuários dos sites e das mídias sociais da Igreja”, disse Lee Gibbons, diretor do LDS.org. “Eles fazem isso respondendo rapidamente a perguntas, feedback e comentários que ajudam a Igreja a melhorar a experiência do usuário em seus produtos da Internet.”

Há feedbacks de todos os tipos, desde pedidos de receitas para preparar molhos do século XVII até pedidos de links para aprender a fazer uma colcha de retalhos para doação.

Há três níveis de envolvimento entre os membros da equipe: voluntários que servem cinco horas ou mais por mês; missionários de serviço que servem de oito a doze horas por semana por um período de seis, doze, dezoito ou vinte e quatro meses e os missionários de tempo integral que servem de 32 a 40 horas por semana por um período de dezoito ou vinte e quatro meses.

As pessoas que se candidatarem devem ser liberadas por seus líderes locais da Igreja, aprovadas e (no caso dos missionários) designados.

O formulário de inscrição para ser um voluntário ou tornar-se um missionário designado da equipe de respostas está no site lds.org/service/missionary-service em “Current Opportunities”. O número de identificação da oportunidade é 5833. Os voluntários podem explicar que não querem ser missionários na declaração de conflito de interesses.

A despeito de ser voluntário ou missionário, cada membro da equipe precisa ter conhecimentos básicos de informática, acesso à Internet e nível intermediário de inglês. Eles recebem treinamento por meio de programas da Internet e por e-mail.

Atualmente, entre os membros da equipe encontram-se um farmacêutico, um oficiante do templo, um professor da BYU aposentado e um estudante universitário.

Lamar e Elaine Hansen trabalham como missionárias de serviço na equipe de respostas desde 7 de abril de 2011. Elas afirmam que ficaram surpresas com a abrangência do site LDS.org e com a tarefa de responder aos feedbacks.

“Esse é um ótimo trabalho missionário capaz de fortalecer os membros e ensinar outras pessoas que sabem pouco ou nada sobre a Igreja”, escreveu a irmã Hansen em um e-mail.

Elas enfatizaram a vontade de servir dos membros da equipe, quando e como podem.

“Muitos de nossos voluntários são apenas pessoas comuns”, disse Ray Maness, gerente de feedback do site LDS.org. “O propósito não é apenas montar a equipe, mas dar às pessoas o sentimento de que estão servindo e ajudando na Igreja.”

O primeiro feedback foi recebido em 27 de agosto de 2009 e corrigiu um erro na resposta de um teste no site LDS youth. No fim daquele ano, 149 feedbacks haviam sido enviados.

O número cresceu rapidamente para 40.465 e nos primeiros seis meses de 2011 mais de 53.000 feedbacks haviam sido enviados — uma média de 1.600 por semana. As previsões estimam que a equipe de respostas irá receber 106.530 feedbacks até o fim de 2011.

A equipe está trabalhando para alcançar e por fim acompanhar as respostas do feedback. Todos os feedbacks enviados até setembro de 2010 foram respondidos, mas o volume crescente agora torna impossível responder todas as mensagens.

A equipe continuará lendo todos os feedbacks, mas somente aqueles que justificarem uma resposta vão recebê-la. A meta é conseguir responder os feedbacks dentro do período de 48 horas após o envio.

Cada feedback leva de dois a cinco minutos para ser processado e fechado.

“Contando o tempo de treinamento e a curva de aprendizado das pessoas que respondem, o tempo despendido é um belo investimento”, declarou o irmão Maness.

Os membros da equipe de respostas do site LDS.org respondem alguns envios e encaminham outros.

Quando um comentário é enviado, uma pesquisa é feita automaticamente para encontrar palavras ou frases chave. Os comentários com um número suficiente dessas palavras e frases são encaminhados automaticamente para um “especialista” que os responde diretamente por meio de um grupo de trabalho ou por meio da equipe de respostas do site LDS.org.

Qualquer feedback relacionado a saber mais a respeito da Igreja é encaminhado ao Centro de Treinamento Missionário, onde um grupo de missionários os responde.

Alguns comentários aparecem com tanta frequência que a equipe elaborou uma lista de Perguntas Frequentes com as respostas correspondentes.

Contudo, o irmão Maness salientou que todas as respostas têm a orientação do Espírito. Até mesmo as respostas copiadas da lista de Perguntas Frequentes são com frequência personalizadas.

“Não são respostas pré-fabricadas”, disse ele. “Oramos a respeito das respostas para que possamos responder de acordo com o que o Espírito quer que respondamos e acrescentamos algo pessoal para cada pessoa.”

A equipe de respostas do site LDS.org está expandindo o trabalho com os feedbacks enviados em vários idiomas. Os primeiros 24 membros da equipe eram editores de discursos da conferência geral que dispunham de tempo para servir entre as conferências. A equipe de respostas agora é multinacional. Essa equipe também está trabalhando para criar um relacionamento com outros departamentos da Igreja para que as perguntas de tópicos específicos sejam encaminhadas àqueles que possuem mais conhecimento sobre o assunto. Por exemplo, os feedbacks relacionados ao site de genealogia ou história da família seriam encaminhados para o Departamento de História da Família.

“Sei que isso é uma profecia de que a Terra se encherá do conhecimento e da glória do Senhor, e de que outra maneira isso pode ser feito?” Disse o irmão Maness. “Essa é uma maneira perfeita de fazer isso.”