Membros e Missionários: Parceiros no Trabalho de Salvação

Contribuição: R. Scott Lloyd, redator do Jornal Church News

  • 26 Junho 2013

Um coro formado por 3.000 missionários de tempo integral e outros santos dos últimos dias proveu a música para a transmissão no domingo, 23 de junho de 2013.  Church News

“Trabalhamos juntos com fé e união, fé que o Senhor guiará nossos passos e união uns com os outros e com os missionários, sempre motivados por nosso amor a Ele, nosso amor pelo próximo e por aqueles a quem servimos”. — Neal L. Andersen, do Quórum dos Doze Apóstolos

PROVO, UTAH

Durante o treinamento mundial de liderança transmitido em 23 de junho, os líderes da Igreja disseram que os membros e missionários precisam trabalhar juntos como parceiros no trabalho de salvação.

A transmissão foi parte do treinamento anual para novos presidentes de missão, atingindo o número de 173 neste ano, o maior até agora, que se reuniram nesta semana no centro de treinamento missionário de Provo para quatro dias de instrução.

O número de missionários de tempo integral em todo o mundo subiu de aproximadamente 52.000 para incríveis 70.274, após o anúncio de outubro passado no qual a idade de qualificação para o serviço seria reduzida. Cinquenta e oito novas missões foram criadas para acomodar o aumento, elevando o total para 405.

“Todos nós devemos planejar e usar esse recurso enviado pelo céu da maneira mais produtiva possível”, disse o Élder Jeffrey R. Holland do Quórum dos doze enquanto dirigia a reunião.

“Nos perguntamos: “O que todos esses missionários vão fazer?’ disse o Élder L. Tom Perry, do Quórum dos Doze Apóstolos, em seu discurso. “Nossa resposta é que farão a mesma coisa que os missionários sempre fizeram; eles vão seguir o Salvador Jesus Cristo e pregar seu evangelho restaurado”.

Mas nesta era digital, isso agora incluirá a Internet como método, disse ele, explicando que para as pessoas hoje em dia, a mídia online é muitas vezes o ponto principal de contato com outras pessoas, até mesmo com amigos mais próximos.

Os casais vão começar servindo em uma designação de três anos como presidente de missão e a esposa servirá como companheira do marido. Eles receberam instruções durante uma transmissão missionária mundial no campus da BYU. © 2013 Intellectual Reserve, Inc. Todos os direitos reservados.

“Nos momentos menos produtivos do dia — principalmente nas manhãs — os missionários devem usar computadores nas capelas e outras propriedades da Igreja para entrar em contato com os pesquisadores e membros, trabalhar com os líderes missionários e líderes do sacerdócio locais, receber e contatar as referências, acompanhar os compromissos, confirmar compromissos e ensinar os princípios do [manual do missionário] “Pregar Meu Evangelhol” usando Mormon.org, Facebook, blogs, e-mail e mensagens de texto”, disse o Élder Perry.

Uma parceria entre os missionários de tempo integral e os membros da Igreja, incluindo membros dos conselhos de estaca e ala, foi o tema de uma apresentação pré-gravada pelo Élder Neil L. Andersen do Quórum dos Doze Apóstolos.

“Trabalhamos juntos com fé e união, fé que o Senhor guiará nossos passos e união uns com os outros e com os missionários, sempre motivados por nosso amor a Ele, pelo próximo e por aqueles a quem servimos”.

O Élder Russell M. Nelson do Quórum dos Doze, falou da natureza unificada do trabalho de ministrar às pessoas.

O Élder M. Russell. Nelson falou sobre como os santos dos últimos dias podem ajudar os 70.000 missionários de tempo integral. © 2013 Intellectual Reserve, Inc. Todos os direitos reservados.

“Com frequência, dividimos a obra do Senhor em partes que achamos não estarem relacionadas”, disse ele. “Seja pregar o evangelho aos não membros, servir com novos conversos, reativar membros menos ativos, ensinar e fortalecer os membros ativos, fazer a história da família e ir ao templo, o trabalho é indivisível. Não há separação. Eles são parte do trabalho de salvação”.

Ele o comparou a uma parábola em que um pai percebendo que uma criança está ausente em uma reunião de família vai imediatamente em busca dessa criança.

“Qual pai iria adiar a busca por um filho até que um manual fosse escrito?” perguntou. “Bons líderes, como bons pais, agem por causa do amor”.

O Presidente Packer, em seu discurso pré-gravado, falou sobre o tema do ensino. “Há princípios que podemos aprender, entre eles — talvez o mais difícil para se aprender — seja viver de modo que possa esquecer de si mesmo e não ler o roteiro, apenas depender do Espírito”, disse ele.

“Agora é o tempo de os membros e missionários se unirem, trabalharem juntos, trabalharem na vinha do Senhor para trazer almas a Ele”, declarou o Presidente Monson em seu discurso pré-gravado. “Ele preparou os meios para que compartilhemos o evangellho de infinitas maneiras e nos ajuda em nossos esforços se agirmos com fé para realizar a Sua obra”.

Um videoclipe ilustrou uma história do passado do Presidente Monson, quando ele presidiu uma missão da Igreja no Canadá. O Presidente do ramo em Saint Thomas traçou a meta de ter uma nova capela da Igreja construída em sua cidade, em seguida, trabalhou com os missionários de tempo integral para encontrar e converter os artífices que seriam necessários para construir o edifício.

O Presidente Thomas S. Monson disse que a obra missionária sempre foi importante para ele e sua esposa, Frances, que faleceu recentemente. © 2013 Intellectual Reserve, Inc. Todos os direitos reservados.

“Em dois anos e meio, um terreno foi comprado, um belo edifício foi construído e um sonho inspirado tornou-se uma realidade viva”, disse o Presidente Monson no discurso anterior.

“O princípio da fé referente ao trabalho missionário permanece tão verdadeiro hoje como era meio século atrás no ramo Saint Thomas”, comentou o Presidente Monson.