Os membros de uma cidade isolada irradiam “bondade, dedicação, fé e amor”

Contribuição de Pela Presidência da Área América do Sul Noroeste e Sarah Jane Weaver, editor assistente de notícias da Igreja

  • 26 June 2012

O Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência e sua esposa, a irmã Harriet Uchtdorf, cumprimentam os membros do Peru.

Destaques do Artigo

  • O Presidente Uchtdorf e sua esposa, Harriet, e o Élder Cook e sua esposa, Mary, reuniram-se com os membros de Iquitos, Peru, no caminho de volta a Salt Lake City, após a dedicação do Templo de Manaus, Brasil.
  • O Presidente Uchtdorf expressou o amor da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos para os membros fiéis de Iquitos. Incentivou todos a fazerem do evangelho a sua vida.
  • O Élder Cook lembrou aos santos “A Família: Proclamação ao Mundo” e aconselhou os membros sobre a importância da família e a grande responsabilidade que os pais têm de ensinar e proteger os filhos.

“Os membros de Iquitos têm (…) uma fé e testemunho tão profundos e amplos como o Amazonas e tão ricos e frutíferos como a vegetação da floresta ao redor.” — Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência.

Mais de 1.600 membros reuniram-se em 11 de junho de 2012, em Iquitos — a maior cidade da floresta tropical peruana — para ouvir o Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência, que discursou para eles. O acontecimento histórico marcou a primeira vez que um membro da Primeira Presidência visitou a cidade.

Iquitos, uma cidade isolada, localizada na cabeceira do Rio Amazonas, é o lar de mais de 9.000 santos dos últimos dias que moram em três estacas.

O Presidente Uchtdorf estava acompanhado por sua esposa, Harriet. Com eles estavam o Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos, e sua esposa, Mary. Eles pararam em Iquitos no caminho de volta a Salt Lake City após a dedicação do Templo de Manaus, Brasil.

“Sempre quis visitar Iquitos, Peru, por causa de sua localização e da beleza do Rio Amazonas e da floresta tropical”, disse o Presidente Uchtdorf depois de voltar da viagem. “O Espírito sugeriu que havia outros motivos para ir até lá”.

Com a tarefa de dedicar o templo de Manaus e prevendo oportunidades adicionais para abençoar os santos, o Presidente Uchtdorf ponderou quais seriam outras cidades que ele e o Élder Cook poderiam visitar ao voltarem para Salt Lake City. Ao consultar um mapa, ele viu Iquitos, Peru, a cerca de 900 milhas (1.450 km) de Manaus. Iquitos é a maior cidade no mundo que — com exceção de algumas vilas da floresta amazônica — somente pode ser alcançada por barco ou ar. O Presidente Uchtdorf foi inspirado a ir até lá.

Em uma conferência telefônica com a Presidência da Área América do Sul Noroeste, o Presidente Uchtdorf comentou que provavelmente se passariam muitos anos até que um membro da Primeira Presidência tivesse condições de visitar Iquitos, dada a sua localização isolada. Ele e o Élder Cook estavam ávidos para reunir-se com os santos dos últimos dias fiéis daquela região e sentir seu espírito.

O Presidente Uchtdorf disse: “O fato de estar com os membros das estacas de Sião em Iquitos mostrou-me o poder e as bênçãos do evangelho restaurado.

“O evangelho e a Igreja têm esse poder de influenciar a vida das pessoas para o bem”, explicou ele. “Os membros de Iquitos irradiam bondade, dedicação, fé e amor a Deus e ao próximo que não há como descrever em palavras. Sua fé e testemunho são tão profundos e amplos como o Amazonas e tão ricos e frutíferos como a vegetação da floresta ao redor.”

O presidente Camerson Mello, da estaca Iquitos Peru Nueve de Octubre, disse que assim que os membros da estaca ouviram que “dois servos do Senhor Jesus Cristo” estavam chegando a Iquitos, começaram a fazer planos para participar. “Alguns pediram permissão para sair cedo do trabalho”, enquanto outros “se reuniram em família para preparar alimentos para o dia”, de modo que pudessem comer enquanto esperavam na fila as portas da capela se abrirem.

Oitenta e quatro membros do ramo Nauta, organizado há apenas 10 meses, em agosto de 2011, e localizado a 60 milhas (96 quilômetros) de Iquitos, alugaram dois ônibus e viajaram por duas horas, chegando às 16h para o devocional das 19h. Ao chegarem, ficaram sabendo que as pessoas tinham ficado na fila desde às 6h da manhã. Apesar da longa viagem, eles ficaram preocupados em não encontrar lugares no salão cultural ou no salão sacramental. Blunck Lawrence, presidente da missão Peru Lima Norte, descreveu o que aconteceu então. “Não obstante, os membros de Iquitos foram muito gentis com os membros de Nauta e lhes permitiram sentar-se bem no meio do salão cultural. Esse é o espírito de bondade e amor que existe entre os membros da Igreja em Iquitos”.

Os membros da Igreja que moram em Nuevo Liberal, uma cidade nos arredores de Iquitos, viajaram pelo rio, em canoas, para participarem da reunião. Assim que chegaram a Iquitos, eles caminharam 30 minutos até a estação de ônibus mais próxima e viajaram no ônibus que os levou para a capela. Esse tipo de fé era evidente desde o anúncio da visita. Esse foi o tema principal da conversa entre os membros, que mal podiam acreditar que isso iria acontecer.

Mikelsendg Torres, presidente da estaca Iquitos Peru, comentou: “Todos os dias a contagem regressiva continuava, enquanto os membros viam uns aos outros dizendo: ‘Faltam apenas 10 dias… apenas 5 dias… falta apenas 1 dia!’ Dá para ver o entusiasmo nos olhos deles.”

Partindo na manhã de segunda-feira de Manaus, Brasil, o Presidente e a irmã Uchtdorf e o Élder e a irmã Cook chegaram em Iquitos e foram recebidos pelos três membros da Presidência da Área América do Sul Noroeste e suas respectivas esposas — o Élder Pino Rafael e sua esposa, Patricia; o Élder Juan Uceda e sua esposa, Maria; e o Élder W. Christopher Waddell e sua esposa, Carol.

O grupo passou algum tempo visitando a cidade para conhecer a região. Viram casas construídas sobre estacas para evitar a inundação causada pelo rio, que sobe a cada estação chuvosa; casas que flutuam, subindo e descendo com o nível do Rio; mercados onde são vendidos os produtos de grupos indígenas que vivem nas profundezas da selva, bem como uma variedade de frutas e produtos exóticos. Conforme disse o presidente Mello, o fato de estar um lugar tão fascinante, embora remoto, sentindo como aquelas pessoas viviam a cada dia, era um lembrete “de que nosso Pai Celestial é um Deus justo que se lembra de Seus filhos, onde quer que estejam”.

Quando o Presidente e a irmã Uchtdorf e o Élder e a irmã Cook, acompanhados da Presidência de Área e respectivas esposas, chegaram à sede da estaca Iquitos Peru Punchana, encontraram mais de 1.600 membros da Igreja e pesquisadores esperando reverentemente na entrada. A irmã Uchtdorf comentou em seu discurso: “Já faz muito tempo desde que vi um grupo de pessoas tão bonito como este”.

Durante o devocional, dirigido pelo Élder Pino, Presidente da Área, o Presidente Uchtdorf falou com poder e clareza, tocando em vários pontos significativos para os santos de Iquitos. Enfatizou a importância de adquirirem “o máximo de instrução” que as circunstâncias lhes permitissem. Ele aconselhou os pais a incentivar e a preparar seus filhos para que recebessem essa instrução e a não se contentar com nada menos do que seus melhores esforços, que eles deviam a eles mesmos e às gerações futuras.

O Presidente Uchtdorf elogiou a congregação, lembrando que eles “são um povo de uma fé tão profunda e ampla quanto o Amazonas”. Ele disse que como pessoas de fé não era suficiente “apenas acreditar”, mas que precisavam estudar as escrituras e as palavras dos profetas vivos e aplicá-las em sua vida.

Ele acrescentou: “As respostas às vezes podem estar ocultas, mas elas estão lá, (…) e precisamos procurá-las. Façam das escrituras uma parte de sua vida.”

Como a viagem de avião é muito cara e a viagem pelo rio é muito demorada, é muito difícil para os membros da Igreja que moram em Iquitos frequentarem o templo de Lima tantas vezes quanto gostariam de fazê-lo. Não obstante, eles foram instruídos pelo Presidente Uchtdorf “a permanecerem dignos de entrar no templo. Concentre sua vida no templo e sempre tenha uma recomendação válida, mesmo que no momento não possa ir ao templo. No tocante à dignidade para entrar no templo, o Presidente Uchtdorf aconselhou: “Pagar o dízimo não tem a ver com dinheiro. É um ato de fé.”

Dirigindo seu discurso para os que foram convertidos pelos missionários, o Presidente Uchtdorf prestou testemunho da restauração do evangelho de Jesus Cristo. “A mesma Igreja de Jesus Cristo que existia e havia desaparecido está de volta. (…) Foi restaurada.” Os pesquisadores foram incentivados a “trazer o que você tiverem” — sua fé e confiança em Jesus Cristo — e “vamos acrescentar algo a isso”.

Quando se aproximava do término de seu discurso, o Presidente Uchtdorf expressou o amor da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos para os membros fiéis de Iquitos. Incentivou todos a “tornar o evangelho a sua vida”.

A irmã Uchtdorf deixou uma mensagem de amor e gratidão pelos santos dos últimos dias, que visivelmente tocou os presentes ao corresponderem a seu calor e a vitalidade. A irmã Uchtdorf compartilhou seu amor pelo evangelho e sua gratidão pelo Profeta Joseph Smith, reconhecendo os desafios que ele enfrentou em sua vida ao atuar como o profeta da restauração. Depois falou do Espírito Santo, o grande dom que recebeu no batismo. Ela incentivou a congregação a voltar para casa e refletir sobre aquela grande dádiva de nosso Pai Celestial. Falou da Liahona dada a Leí para guiá-lo pelo deserto e convidou os presentes a usar o evangelho de Jesus Cristo como sua própria Liahona para ajudá-los a fazer as escolhas certas e para dar-lhes orientação em sua vida.

O Élder Cook lembrou a congregação que, embora as “tempestades da vida” façam parte da mortalidade, os profetas são capazes de alertar-nos a respeito de problemas futuros. “Não podemos evitar toda tempestade da vida”, disse ele, “mas o empenho de seguir o conselho dos profetas vivos vai ajudar-nos a enfrentar a tempestade”.

O Élder Cook também deixou conselhos sobre a importância da família e a grande responsabilidade que os pais têm de ensinar e proteger os filhos. Os santos foram lembrados de “A Família: Proclamação ao Mundo”, publicada há quase 20 anos, e da necessidade de sermos fiéis na observância da noite familiar, da oração familiar e do estudo das escrituras em família. Ele aconselhou: “Pais, fiquem perto de seus filhos, estejam com eles e amem-nos”. Concluiu, comentando sobre três prioridades proféticas, encontradas nos ensinamentos do Presidente Thomas S. Monson: a gratidão, “o resgate” e o desenvolvimento de mais fé no Senhor Jesus Cristo.

A irmã Cook falou de sua juventude, dizendo que, quando menina, ela “coletava tesouros” — pedrinhas, botões, objetos brilhantes de metal, tudo o que pudesse chamar a atenção de uma criança — que guardava em uma caixa em seu quarto. Falou então sobre os verdadeiros tesouros da vida, encontrados no evangelho de Jesus Cristo, “porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração” (Mateus 6:21).

Quando o Presidente e a irmã Uchtdorf e o Élder e a irmã Cook deixavam o edifício, o Presidente Uchtdorf explicou que, por haver tantos presentes, não seria possível cumprimentar todos. Portanto, ele lhes disse: “Considerem-se abraçados, considerem-se cumprimentados pessoalmente. (…) Amamos vocês.” Em seguida, ele acenou adeus, e todos os 1.600 acenaram de volta, a maioria com lágrimas nos olhos quando os dois apóstolos do Senhor Jesus Cristo saíram do salão.

Um presidente de estaca comentou que no dia seguinte, às 6 da manhã, um jovem anteriormente menos ativos veio à sua casa para perguntar o que ele precisava fazer para colocar sua vida em ordem e servir uma missão. Aparentemente, um amigo o informou sobre o devocional e ele assistiu. Ele foi tocado pelo espírito e estava prestes a voltar a comprometer-se a servir ao Senhor.

Lucy, que está sendo ensinada pelos missionários, disse: “Sinto-me bem mais decidida sobre o batismo. Vou corrigir algumas coisas, e em seguida, vou ser batizada. O momento mais especial para mim foi quando o Presidente Uchtdorf prestou seu testemunho. Agora sinto que esta é a Igreja verdadeira.”

Os missionários também ensinaram Atoni. Comentou: “A experiência de participar do devocional e reunir-me com o Segundo Conselheiro na Primeira Presidência da Igreja e com um membro do Quórum dos Doze Apóstolos foi algo muito especial para mim. Isso fortalece meu espírito e meu desejo de ir à Igreja, de arrepender-me, de ser batizado e de perseverar até o fim. Foi algo extraordinário.”

O Élder Pino, o Élder Uceda e o Élder Waddell, que servem na Presidência da Área América do Sul Noroeste, disseram que sentem que essa visita histórica vai continuar abençoando vidas não só em Iquitos, mas em toda a área. À medida que as instruções, amor e testemunho de dois profetas, videntes e reveladores vivos forem compartilhados e aplicados, a influência positiva na vida dessas pessoas fiéis vai abençoar-gerações, disseram eles.

O Presidente Uchtdorf concordou. “À medida que esses maravilhosos membros aumentarem em número, sua fidelidade e dedicação aos princípios do evangelho trarão mudanças milagrosas para o bem de suas famílias, cidades e região”, disse ele.