Novo Treinamento de Missionários em Campo Amplia a Experiência no CTM

Contribuição de Heather Whittle Wrigley, Notícias e Acontecimentos da Igreja

  • 1 Agosto 2011

Um novo programa de treinamento de missionários em campo está ampliando a preparação que os missionários recebem nos centros de treinamento missionário em suas primeiras doze semanas no campo.

Destaques do Artigo

  • Os presidentes de missão começaram a implementar o treinamento em campo para novos missionários em agosto.
  • O programa inclui Instruções para Presidentes de Missão, Instruções para Treinadores e As Primeiras Doze Semanas para Novos Missionários e Treinadores.
  • O manual As Primeiras Doze Semanas enfoca oito princípios de Pregar Meu Evangelho, e testes feitos em seis missões mostraram que o programa ajuda novos missionários a se tornarem, mais cedo, mais envolvidos, bem sucedidos e à vontade na missão.

“O treinamento em campo para novos missionários fornece uma base que ajudará o novo missionário a ensinar com vigor e contribuir mais cedo para o trabalho geral de maneira significativa.” — Tracy Watson, diretor de proselitismo do Departamento Missionário

Começando em agosto, um novo trabalho oferece doze semanas adicionais de treinamento para missionários que acabam de partir de seus centros de treinamento missionário para o campo missionário.

Richard Heaton, diretor do CTM de Provo, explica que o novo treinamento em campo não é um novo programa, mas uma extensão do treinamento que os missionários recebem no CTM.

“O manual As Primeiras Doze Semanas indica aos treinadores e seus novos companheiros missionários os recursos encontrados em Pregar Meu Evangelho dos quais mais necessitarão em suas primeiras doze semanas”, disse. “É um roteiro de como acelerar o passo e tornar-se totalmente funcional como servos do Senhor tão rapidamente quanto possível.”

Os presidentes de missão devem começar a implementar o material de treinamento em campo para novos missionários quase imediatamente, o qual inclui três documentos de treinamento e segmentos de vídeo sobre o estudo com novos companheiros.

As Instruções para Presidentes de Missão aconselha os presidentes de missão sobre como implementar o novo treinamento para novos missionários. Na medida em que o tempo e a distância permitam, os presidentes de missão treinarão os treinadores durante cada transferência antes dos treinadores conhecerem seus novos companheiros missionários. Então, os presidentes de missão devem treinar os novos missionários com seus treinadores.

Esse livreto enfatiza a diferença entre o treinamento recebido no CTM e o treinamento que receberão em campo. “O CTM concentra-se em proporcionar diversas oportunidades dos missionários ensinarem. (…) As primeiras doze semanas no campo incluirão um enfoque principal na doutrina das lições missionárias encontradas no capítulo 3 [de Pregar Meu Evangelho].”

No entanto, o treinamento em campo busca ainda unir o treinamento recebido no CTM e o treinamento recebido no campo em uma continuação ininterrupta das lições e do aprendizado.

“Anteriormente, os missionários iam para o campo e seus companheiros diziam: ‘Esqueça. Esta é a maneira pela qual trabalhamos aqui’”, disse Tracy Watson, diretor de proselitismo do Departamento Missionário da Igreja. “O treinamento em campo para novos missionários fornece uma base que ajudará o novo missionário a ensinar com vigor e contribuir mais cedo para o trabalho geral de maneira significativa.”

As Instruções para Treinadores, com quatro páginas, começam com esta admoestação: “A responsabilidade de treinar um novo missionário é um sagrado encargo dado por seu presidente de missão e pelo Senhor. O primeiro companheiro de um missionário tem uma influência profunda e duradoura no desenvolvimento das atitudes, dos hábitos e da abilidade do missionário em cumprir seu propósito.”

Cada treinador de um novo missionário receberá uma cópia do livreto, que dá dicas de como ser um exemplo positivo e diretrizes sobre como estudar e fazer proselitismo juntos, treinar um novo missionário, os 60 minutos adicionais de estudo de companheiros requeridos nas primeiras doze semanas, estudo pessoal e estudo do idioma. Espera-se que os novos missionários e seus treinadores treinem diariamente, explicando, demonstrando, praticando, avaliando e repraticando os princípios de Pregar Meu Evangelho.

Nos testes em seis missões nos Estados Unidos, disse o Irmão Heaton, o Departamento Missionário foi incentivado pela prontidão com que os novos missionários aceitavam o desafio de progredir mais rapidamente.

“Vimos os novos missionários se sentindo mais engajados e envolvidos no progresso espiritual de seus pesquisadores do que jamais havíamos visto antes”, disse. “Vimos esses missionários estudando mais eficazmente e extraindo muito mais de Pregar Meu Evangelho do que haviam feito no passado. Eles se sentiram mais à vontade em participar e seu desejo de assumir a liderança aumentou.”

Nesses testes, muitos companheiros seniores comentaram que seus novos companheiros missionários estavam progredindo mais rapidamente do que eles (os companheiros seniores) quando eram novos missionários.

As Primeiras Doze Semanas para Novos Missionários e Treinadores é o terceiro livreto do novo programa e é fornecido para cada novo missionário e seu treinador.

Inicia com um comissionamento para o novo missionário. “Você continuará a edificar sobre o alicerce estabelecido no CTM ao entender e viver todos os princípios do trabalho missionário encontrados em Pregar Meu Evangelho”, diz o livreto. “Esforce-se para se tornar o tipo de missionário que poderá, caso seja chamado, treinar um novo missionário ao final das primeiras doze semanas no campo missionário.”

Nas doze primeiras semanas, os novos missionários e seus treinadores seguem um horário sugerido de estudo do manual, que alista quais sessões e tópicos estudar em Pregar Meu Evangelho.O livreto também fornece sugestões de como os novos missionários podem aplicar o que estão aprendendo em seu proselitismo.

O irmão Watson já viu o sucesso proporcionado pelos materiais de treinamento em campo e disse que estão mudando a cultura das missões de maneira significativa e positiva.

“Testemunhei um novo missionário em seu primeiro dia, em seu primeiro compromisso, participar do ensino de tal maneira que teve profundo efeito em um pesquisador que foi batizado mais tarde”, disse ele. “Também vimos que essa abordagem tem o potencial de alçar o trabalho a um nível mais elevado com todos os missionários. Em todos os aspectos, os novos missionários foram professores muito melhores do que já havíamos visto antes, se adaptavam mais rapidamente à vida missionária e eram capazes de participar muito mais cedo de designações de liderança.”

O manual enfoca oito “Princípios de Pregar Meu Evangelho: Ensinar de Maneira Mais Eficaz”.

  • A Doutrina de Cristo — O Propósito Missionário
  • O Papel do Espírito Santo na Conversão
  • Revelação por Meio da Oração
  • Revelação por meio do Livro de Mórmon
  • Revelação por Meio da Frequência à Igreja
  • Ensinar Pessoas, Não Lições
  • Nós Convidamos, Eles se Comprometem, Nós Acompanhamos
  • Como Começar a Ensinar

As Primeiras Doze Semanas para Novos Missionários e Treinadores também inclui designações para assistir segmentos de vídeo sobre o estudo de companheiros, contidos em um DVD que acompanha o material. “Usar os DVDs de Pregar Meu Evangelho é uma parte essencial do treinamento em campo para novos missionários”, diz uma carta do Departamento Missionário. “DVD Players portáteis serão enviados a cada missão entre o início de junho e meados de agosto de 2011. Cada missão receberá um DVD Player portátil para cada dupla de missionários.”

Em agosto, o programa será lançado em inglês, espanhol e português. Outros idiomas virão mais tarde.

“Este programa de treinamento em campo está ajudando os materiais missionários a se tornarem mais completos, alinhando o treinamento que acontece no CTM e aquele que ocorre no campo”, enfatizou o irmão Heaton. “À medida que novos missionários se engajam nesse processo, eles se sentirão à vontade mais cedo para buscar, reconhecer e agir sob a inspiração do Espírito Santo.”

O irmão Watson vê isso como o cumprimento da promessa do Senhor de que “[apressará] [Sua] obra a seu tempo” (D&C88:73): “Não há dúvida de que essa mudança tem um grande potencial de realizar essa aceleração da obra. Acredito que veremos mais conversos na Igreja por causa desse treinamento e dessa experiência de aprendizado.”