Os Jovens da Estaca Houston Norte Servem ao Próximo Durante a Conferência de Jovens

Contribuição: Anne Billings e Ciera Kizerian, do Church News

  • 9 Maio 2014

Os jovens da Estaca Houston Texas Norte participaram de uma conferência de jovens intitulada “Somos Suas Mãos” durante o fim de semana de Páscoa, na qual participaram de três atividades de serviço diferentes.  Foto por Ciera Kizerian.

Destaques de Artigos

  • Os jovens conseguiram 1.700 pares de sapatos para os necessitados haitianos, plantaram 150 árvores e prepararam 7.000 cestas básicas em um banco de alimentos.
  • O projeto de serviço teve um impacto sobre os jovens, os beneficiários e os membros da comunidade que eles serviram.

“Me senti muito bem ao participar e realmente fazer o bem, em vez de apenas falar em fazer o bem.” — Sophia Velasco, membro da Ala Cypress Creek

SPRING, TEXAS

Não é tão incomum em uma conferência de jovens incluir algum tipo de atividade de serviço. Mas fazer três projetos diferentes em dois dias?

Isso é exatamente o que 170 rapazes e moças da Estaca Houston Texas Norte fizeram no fim de semana de Páscoa. Durante a conferência, cujo tema era “Somos Suas Mãos”, o armazém do bispo recebeu 1.700 pares de sapatos para os haitianos necessitados, plantou quase 150 árvores em um bairro histórico e prepararam 7.000 cestas básicas em um banco de alimentos.

Em meio a outras atividades da conferência, os jovens passaram a maior parte do tempo servindo ao próximo. Eles trabalharam muito, mas a maioria concordou que apreciaram o trabalho.

“O serviço foi a minha parte favorita da conferência de jovens”, disse Sophia Velasco de 18 anos, da Ala Cypress Creek. “Me senti muito bem ao participar e realmente fazer o bem, em vez de apenas falar em fazer o bem.”

Esse serviço teve um impacto positivo, não apenas sobre os jovens e sobre os beneficiários do serviço, mas também em alguns membros da comunidade que viram como os adolescentes mórmons serviam.

Próxima geração

“A próxima geração vai fazer uma grande diferença. Principalmente se “eles forem como estas crianças”, disse Natasha Allsbrooks, que durante quatro anos ajudou a coordenar os voluntários no banco de alimentos de Houston e que trabalhou com muitos grupos de adolescentes. Ela disse que este era “um bom grupo. Não só escutavam, mas estavam muito motivados. Eles realmente pareciam ter paixão pelo o que estavam fazendo. E nessa faixa etária, é uma grande coisa de se ver”.

Os jovens da Estaca Houston Texas Norte participaram do plantio de 141 árvores na área histórica de Oaks of Allen Parkway no centro de Houston, como parte da conferência de jovens durante o fim de semana de Páscoa cujo tema era “Somos Suas Mãos”. Foto por Ciera Kizerian.

Sapatos que os jovens da Estaca Houston Texas Norte recolheram para a atividade de serviço da conferência “Somos Suas Mãos”, onde os jovens arrecadaram doações de sapatos para as pessoas no Haiti. Foto por Ciera Kizerian.

Os jovens voluntários da Estaca Houston Texas Norte no banco de alimentos de Houston, onde prepararam aproximadamente 7.300 cestas básicas para as famílias necessitadas locais como parte da conferência de jovens “Somos Suas Mãos” que aconteceu no fim de semana de Páscoa. Foto por Ciera Kizerian.

Os jovens da Estaca Houston Texas Norte posam com os sapatos organizados, embalados, e prontos para serem enviados para o Haiti como parte da conferência de jovens “Somos Suas Mãos”. Foto por Ciera Kizerian.

Foto por Ciera Kizerian.

Os jovens passaram uma tarde da conferência no banco de alimentos de Houston, onde eles desempenharam uma variedade de trabalhos, desde escolher as latas de comida a empilhar fardos. Eles fizeram aproximadamente 7.300 cestas básicas para as famílias necessitadas.

No projeto de plantio de árvores, os jovens tiveram parceria com uma organização sem fins lucrativos chamada Keep Houston Beautiful. Plantaram 141 árvores na área histórica de Oaks of Allen Parkway no centro de Houston. De acordo com os líderes dos jovens da estaca, os planos eram para plantar 50 árvores, mas os líderes da estaca comunicaram a organização do evento que os jovens poderiam fazer mais.

“Estamos ajudando as árvores, e por sua vez estamos ajudando outras pessoas”, disse Kayla Flores, de 14 anos.

Crescimento ao Servir

Os jovens e os líderes adultos que planejaram a conferência sentiram que ter o serviço como tema ajudaria os jovens a crescer e a se aproximarem do Salvador.

David Bertoch, Presidente da Estaca Houston Norte disse: “Aprendemos que, por meio do serviço, crescemos mais do que por meio de qualquer outro tipo de atividade”. “E eles estão se divertindo. Eles podem se divertir enquanto estão servindo, mas também sei que eles sentem que isso é algo especial e único”.

Uma das primeiras ideias foi encontrar uma maneira de ajudar as vítimas do terremoto do Haiti que ocorreu em 12 de janeiro de 2010. Ao trabalhar com os Serviços de Bem-estar SUD por meio do armazém do bispo do Haiti, eles identificaram especificamente a necessidade de sapatos. Mas, à medida que o comitê planejava a conferência, eles perceberam que tinham tempo apenas para dois projetos.

“Realmente queríamos fazer a campanha de arrecadação de sapatos”, disse Sterling Boyd, membro do comitê de jovens que ajudou a planejar as atividades. “Então arranjamos tempo para isso”.

Os jovens, algumas semanas antes da conferência, planejaram e fizeram uma campanha de arrecadação de sapatos em cada capela da estaca e organizaram uma maratona divertida, cuja inscrição era a doação de um par de sapatos, novos ou usados. Na conferência, eles escolheram, contaram, organizaram e embalaram cerca de 1.800 pares de sapatos.

“É muito especial saber que um monte de crianças [no Haiti] vão poder caminhar com segurança, sem cortar os pés ou contrair infecções por andarem descalços”, disse Adam Peabody, de 16 anos, da Ala Oak Klein.

Berthony Theodor, que administra o armazém do bispo do Haiti, disse que os sapatos vão ajudar muito os haitianos necessitados, especialmente aqueles em áreas remotas.

“Este é um grande exemplo de como os membros da Igreja estão aliviando o sofrimento de outras pessoas, onde quer que morem”, disse o irmão Theodor. “A contribuição que os membros fazem para apoiar os esforços de recuperação do Haiti após o terremoto, me ensina que não importa onde vivemos neste planeta, somos apenas um”.