O Resgate Willie

  Patrícia Cardoso, responsável das páginas locais da Liahona da ala de Matosinhos

  • 18 Agosto 2013

Membros da ala de Matosinhos preparados para participar na atividade de resgate.

"Foram criados mapas de localização exata da residência de cada membro menos ativo, bem como a composição do seu agregado. Seguiu-se então a formação das duplas e distribuição das respetivas zonas de atuação."

Entre 1856 e 1860, dez companhias de carrinhos de mão viajaram para Utah. Oito delas chegaram ao vale do Lago Salgado com sucesso, mas duas, as companhias de Martin e Willie, foram surpreendidas por um inverno prematuro e muitos santos morreram.

Foi em homenagem a estes factos que, no dia 29 de junho, tivemos uma atividade muito especial: “O resgate Willie”.

Tudo começou pelo incansável trabalho dos jovens na preparação de todo o material de resgate. Foram criados mapas de localização exata da residência de cada membro menos ativo, bem como a composição do seu agregado. Seguiu-se então a formação das duplas e distribuição das respetivas zonas de atuação.

Um muito obrigado a todos os que tornaram possível este resgate e foram bastantes! Estamos gratos a todas as irmãs que, com todo o seu amor, prepararam os deliciosos almoços que finalizaram esta maravilhosa manhã.

''Eles, os construtores da nação abriram trilhas pelo caminho seus feitos do dia-a-dia, serviram como degraus por gerações construindo novos e firmes alicerces, desbravando a fronteira selvagem avançando aos poucos, sempre adiante abençoados e honrados pioneiros. O serviço sempre foi o seu lema; o amor, sua estrela guia; a coragem, seu infalível farol, iluminando perto e longe. Todo o dia um peso levantar; todo o dia alegrando um coração, todo o dia transmitindo uma esperança... Abençoados e honrados pioneiros''