“O Senhor nunca dá ordens aos filhos dos homens sem antes preparar-lhes um caminho..." 1 Néfi 3:7

  Cândida Centeio, responsável das Páginas Locais no distrito do Algarve

  • 9 July 2013

O presidente da missão de Portugal, presidente Fluckiger, junto com a sua esposa, outros líderes e membros do ramo de Lagos, distrito do Algarve

Nelma Sousa, ramo de Lagos: ”... Ainda me lembro do sentimento que tive ao receber a notícia, senti um fogo queimar em meu peito e lágrimas de alegria começaram a percorrer meu rosto...”

 

No passado domingo, 30 de junho de 2013, o grupo de Lagos foi organizado e reconhecido como ramo. Este pequeno grupo era constituído por dois missionários (em que um deles era o líder) e mais 10 pessoas. Hoje, a frequência do ramo é de 47 pessoas, sem dúvida que a união faz a força, e foi com muito esforço, dedicação, amor, amizade e o forte testemunho em Cristo que os poucos membros em conjunto com os irmãos de Portimão, da presidência do distrito e da presidência da missão Portugal, trabalharam com afinco para que Lagos se tornasse um ramo. Os élderes trabalharam incansavelmente, procurando os eleitos do Senhor que estavam prontos para ouvir e aceitar o evangelho, servindo o Senhor de todo o coração, poder, mente e força.

A irmã Fluckiger, disse aos membros que agora eles teriam a oportunidade de aprender e de servir ao Senhor.

O presidente Paulo Adriano, 1º conselheiro da missão de Portugal, focou que o mais importante é a nossa aproximação com o Senhor.

O presidente Nestor Querales, presidente do distrito do Algarve, relembrou a união, que juntos, podemos edificar o Reino do Senhor, tendo sempre em mente que a humildade, o serviço, o testemunho e a oração, devem ser indispensáveis.

O presidente Fluckiger, presidente da missão de Portugal, encerrou a reunião dizendo que estamos a preparar a terra para a vinda de Cristo, que a Igreja existe para fortalecer a família e que o Livro de Mórmon é um guia para tudo que acontece nos nossos dias, sem data nem hora marcada, por isso é uma preparação.

Este dia foi repleto do Espírito do Senhor, que se manifestou com força e poder através das palavras proferidas pelos discursantes, do hino cantado pelo coro do ramo e o belo hino, “Onde Encontrar a Paz”, ao som do violino. Com certeza que os anjos do Senhor rejubilavam de alegria, sim, cantando, clamando, com hostes celestes: Hosana, hosana ao Deus de belém, a Ele sejam glória, poder e domínio, de hoje para sempre. Amém e amém.

Nelma Sousa, ramo de Lagos: ”Sou membro da Igreja de Jesus Cristo Dos Santos dos Últimos dias há 9 anos. Foi com orgulho que trabalhamos para o nosso desejado ramo. Saíamos com os élderes para ensinar o evangelho e prestar nosso testemunho, não tivemos mãos à medir e a cada sábado ou domingo tínhamos um batismo. Estávamos a colher os frutos do nosso trabalho, nunca pensando em desistir. Estávamos todos de mãos dadas com o Pai Celestial e Ele esteve sempre do nosso lado nesta luta. Depois de 3 meses de trabalho árduo em união com os élderes e membros, recebemos a notícia de que seríamos um ramo. Ainda me lembro do sentimento que tive ao receber a notícia, senti um fogo queimar em meu peito e lágrimas de alegria começaram a percorrer meu rosto. Hoje, finalmente somos novamente um ramo e sou muito grata ao Pai e aos élderes por isso. Presto testemunho da veracidade deste evangelho, e sei que Joseph Smith foi o Profeta da restauração, sei que o Livro de Mórmon é verdadeiro e que Jesus Cristo vive e nos ama.”