Parte 4: Servir ao Próximo É um Mandamento e Convênio

Contribuição de Irmã Bonnie L. Oscarson, presidente geral das Moças

  • 23 Junho 2016

“Ministrar àqueles ao nosso redor faz parte do convênio que fizemos.” Em uma cena dos Vídeos da Bíblia SUD, Maria caminha pelas ruas com sua prima Isabel e outra mulher.

Destaques de Artigos

  • Ministrar como o Salvador inclui oferecer cura, consolo, incentivo e amor ao próximo.
  • As presidências de classe das Moças são chamadas para zelar e cuidar dos outros membros da classe.
  • Todas as pessoas que foram batizadas fizeram convênio de ministrar àqueles que necessitam de consolo.

“Nossas jovens podem tocar corações e resgatar almas de maneira que as líderes adultas não conseguem. As jovens precisam de conselhos e lembretes gentis, mas com apoio e orientação, elas fazem coisas incríveis.” — Irmã Bonnie L. Oscarson, Presidente Geral das Moças

Este artigo é o quarto de uma série sobre as presidências de classe das Moças.

Pouco depois de receber meu chamado atual, eu estava em uma reunião com várias Autoridades Gerais, debatendo o assunto da reunião sacramental. Um dos líderes do sacerdócio virou para mim e disse algo assim: “Os rapazes da Igreja têm a oportunidade de preparar e servir o sacramento toda semana. Que oportunidades significativas nossas jovens da Igreja têm de servir?

Ministrar como o Salvador

A pergunta me pegou de surpresa e eu não soube responder de imediato. Mas, comecei a pensar seriamente e a orar, e acho que sei a resposta. Todas as moças — especialmente os membros das presidências de classe — têm a oportunidade de oferecer amor e serviço cristão pela maneira como ministram umas às outras.

Nesta série sobre tornar mais significativo o papel das presidências de classe das Moças, escrevemos sobre a importância da preparação espiritual e de aconselhar-se mutuamente. Ministrar — o terceiro princípio de liderança — é talvez um dos mais importantes.

Usamos a palavra ministrar com frequência, mas será que entendemos o que ela significa e, acima de tudo, ajudamos os membros de nossas presidências de classe a entender que ministrar é uma das responsabilidades mais importantes em seus chamados?

O Salvador Jesus Cristo estabeleceu o exemplo supremo de ministração. Ele procurou as pessoas, uma por uma, e ofereceu-lhes cura, consolo, incentivo e — o mais importante — amor. A caridade é a característica principal da vida do Salvador e o amor cristão define o que realmente significa ministrar. Jesus Cristo é o Mestre em demonstrar às pessoas que elas são importantes, que são preciosas à vista de nosso Pai Celestial e que têm um valor infinito. Ele ensina que devemos deixar as noventa e nove a fim de buscar a ovelha perdida (ver Lucas 15:3–7).

O que as presidências de classe podem fazer

Os membros das presidências de classe das Moças têm a oportunidade de ajudar assim como o Salvador fez, fortalecendo as jovens que enfrentam dificuldades em suas classes e precisam de incentivo. O Salvador ensinou: “Portanto sê fiel; ocupa o cargo para o qual te designei; socorre os fracos, ergue as mãos que pendem e fortalece os joelhos enfraquecidos” (D&C 81:5).

As presidências de classe são designadas por um portador das chaves do sacerdócio, e inerente aos chamados das Moças está o encargo de zelar e cuidar dos outros membros da classe. Como líderes e pais, precisamos ter a certeza de enfatizar a importância dessa responsabilidade e ensiná-las o que significa ministrar. O Manual 2 dá as seguintes ideias que as presidências de classe podem usar para ministrar aos membros das classes:
• Lembrar os nomes delas e conhecê-las.
• Amá-las, sem julgá-las.
• Zelar por elas e fortalecer-lhes a fé, individualmente, como fez o Salvador.
• Criar uma amizade sincera com elas e visitá-las em casa e em outros lugares.
(Ver Manual 2: Administração da Igreja 2010, 3.2.3.)

À medida que as presidências de classe buscarem o Espírito e se aconselharem sobre quem precisa de sua atenção e quais necessidades precisam ser atendidas, o Senhor dará a elas respostas inspiradas. Elas pensarão em maneiras de ajudar e ministrar às jovens que precisam de seu amor. Ao agirem de acordo com essas impressões, milagres acontecerão na vida daquelas a quem ministram, assim como em sua própria vida. O Presidente Henry B. Eyring disse: “[O Salvador] chamou-nos para servir de modo que possamos fortalecer nossa fé bem como a das pessoas a quem servimos. Ele sabe que ao servi-Lo poderemos conhecê-Lo” (“Zelar e Fortalecer”, A Liahona, julho de 2000, p. 79). Que maravilhoso princípio para ensinar para nossas jovens: ao servirmos como o Salvador fez, somos abençoadas de maneiras maravilhosas.

As líderes das Moças perguntam com frequência como ajudar aquelas que estão menos ativas. Eu sempre lhes digo que elas têm um recurso maravilhoso e muito eficiente para alcançar essa meta. Eu as incentivo a usar suas presidências de classe para ajudar a trazer de volta a ovelha perdida. Eu sugiro que elas incentivem essas jovens a ajudar as outras moças da classe e a oferecer amor e amizade. Nossas jovens podem tocar corações e resgatar almas de maneira que as líderes adultas não conseguem. As jovens precisam de conselhos e lembretes gentis, mas com apoio e orientação, elas fazem coisas incríveis.

Uma responsabilidade para todos

Ministrar às pessoas não é apenas uma responsabilidade que vem quando recebemos um chamado de liderança específico. Todas as pessoas batizadas na Igreja se comprometeram a “entrar no rebanho de Deus, (…) ser [chamadas] seu povo; e (…) [estão dispostas] a carregar os fardos uns dos outros, para que fiquem leves; sim, e [estão dispostas] a chorar com os que choram; sim, e consolar os que necessitam de consolo” (Mosias 18:8–9). Ministrar às pessoas ao nosso redor faz parte do que todos nós nos comprometemos a fazer; os chamados de liderança apenas dão uma direção e um foco especial para nossos cuidados e preocupações.

Nossas presidências de classe das Moças são líderes surpreendentemente eficazes. À medida que elas entendem e praticam o princípio de ministrar como o Salvador fez, vidas serão transformadas para sempre — a vida daquelas a quem ministram e a sua própria.

Lições de liderança para as presidências de classe, intituladas “Liderar à Maneira do Salvador”, podem ser encontradas no site das Moças em Liderar à Maneira do Salvador.

Outros artigos nas séries

Parte 1: “Chamadas para Liderar”: A Influência da Presidência de Classe das Moças

Parte 2: Preparação Espiritual Fundamental para Líderes das Moças

Parte 3: “Vinde Agora, e Argui-me”