Fundo Perpétuo de Educação Cumpre Promessas Proféticas

Contribuição: Natasia Garrett, Revistas da Igreja

  • 29 Março 2011

Destaques de Artigos

  • Participantes do FPE obtém esperança do conhecimento de que o Senhor conhece suas necessidades.
  • Nove de cada 10 participantes do FPE que procuraram emprego após se formarem encontraram trabalho.
  • A maioria dos participantes do FPE ganham três ou quatro vezes mais após a graduação do que antes de obterem a formação.
  • Mais de 47.000 jovens participaram do FPE; outros incontáveis tem se beneficiado por causa deles.

“O convite [do Presidente Hinckley] ajuda aqueles que contribuem ao FPE, bem como àqueles que se aperfeiçoam, a aproximarem-se do Salvador.“ – Élder John K. Carmack

Links Relacionados

Há dez anos, o Presidente Gordon B. Hinckley (1910 – 2008) fez um anúncio que mudaria a cara da Igreja em muitas partes do mundo. Ele identificou um problema — a incapacidade de muitos missionários retornados em regiões em desenvolvimento, de escaparem da pobreza — e lhes forneceu uma solução: o Fundo Perpétuo de Educação (FPE). Um fundo renovável que seria estabelecido usando doações de membros e amigos da Igreja, o FPE concederia empréstimos educacionais para jovens com a expectativa de que eles se preparariam para um emprego rentável em suas comunidades e pagariam os empréstimos para que outros tivessem oportunidades semelhantes. Disse que a Igreja faria isso com um custo relativamente baixo, confiando em voluntários e recursos existentes da Igreja para ser bem sucedido.

Milagres Levados a Efeito

Quando o Presidente Hinckley pisou no púlpito em 31 de março de 2001 e expôs a visão do Fundo Perpétuo de Educação diante do sacerdócio da Igreja, ficou evidente para muitos que o profeta do Senhor havia recebido orientação.

O potencial de fracassar deve ter emergido, quando os líderes recém designados do FPE corriam para começar a conceder empréstimos antes do outono de 2001, como Presidente Hinckley instruiu. Fora dos planos inspirados do profeta não havia plano de negócios, nenhuma proposta detalhada. O programa foi organizado utilizando o texto do discurso do Presidente Hinckley como seu estatuto. Centenas de pedidos de empréstimos inundavam a sede da Igreja, mesmo quando os diretores estavam sendo chamados e a estrutura básica do programa estava sendo formada,

But miracles were already taking place. Within the first year, millions of dollars had been donated to the program. Several individuals whose backgrounds made them uniquely qualified for the work of the PEF were immediately available to serve as volunteer directors. The infrastructure necessary to support the PEF globally had already been laid in the form of Church Educational System institute programs and Church Employment Resource Centers. Things fell into place quickly, providing the program with what President Hinckley reported in April 2002 to be a “solid foundation.” 1

Rex Allen, atualmente servindo como diretor de treinamento e comunicações voluntário, disse, “Muito tempo atrás, Moisés estendeu seu povo sobre o Mar Vermelho e as águas se dividiram. O Presidente Hinckley se espelhou nesta mesma fé quando colocou seu manto profético sobre o mar negro da pobreza e iniciou o FPE.””

“É um milagre,” confirmou o Presidente Hinckley repetidamente

Contudo, depois de 10 anos, os maiores milagres podem estar apenas começando.

Promessas Compridas

Em seu anúncio do FPE e em seus discursos posteriores, o Presidente Hinckley prometeu diversas bênçãos relacionadas ao FPE. Cada uma delas está sendo cumprida com um ímpeto crescente, à medida que mais participantes de formam com o FPE e pagam seus empréstimos.

Oportunidade e Emprego

“[Os participantes] terão a possibilidade de obter boa instrução que irá erguê-los do lamaçal da pobreza,” 2 o Presidente Hinckley disse.“Eles aprenderão (…) habilidades que estiverem requisitadas (nas áreas onde vivem) e para as quais podem tornar-se qualificados.” 3

A partir de fevereiro de 2011, 90 por cento dos que procuraram emprego depois de completar sua formação encontraram trabalho. Cerca de 78 por cento dos que estão empregados agora dizem que seu emprego atual representa uma melhoria em relação ao que eles tinham antes de obter a formação, um número que espera-se aumentar com o tempo. A média de salário depois da formação dos participantes do FPE é três a quatro vezes maior do que antes da formação, representando uma enorme melhoria em sua condição econômica.

Família e Comunidade

“Eles se casarão e seguirão seu caminho, detentores de habilidades que lhes permitirão ganhar bem e assumir sua posição na sociedade, onde poderão fazer uma contribuição significativa” ( A Liahona, julho de 2002, p. 6).Um olhar para o crescente corpo de ex-alunos do FPE mostra que isso é verdade. Pouco mais de um terço dos participantes do FPE são casados atualmente; porque quebraram as correntes da pobreza, suas famílias crescentes estão ansiosas por futuros mais brilhantes.

O Élder John K. Carmack, diretor executivo do FPE diz, “Um dos mais resultados mais motivadores do FPE até agora é que estamos vendo os jovens adultos ganharem mais esperança. (…) . . . Essa esperança lhes dá a coragem de se casarem e levar adiante suas vidas.””

Igreja e Liderança

“Como membros fiéis da Igreja, eles pagarão seus dízimos e ofertas e a Igreja será muito mais forte com sua presença nas áreas onde moram,” o Presidente Hinckley disse. Depois, ele estendeu essa promessa dizendo, “Eles irão (…) crescer na Igreja, ocupando posições de responsabilidade e criando famílias que continuarão na fé.” 5

Em algumas áreas onde o FPE já está em operação há alguns anos, em torno de 10 a 15 por cento da liderança atual da Igreja consiste de participantes do FPE. “Aqueles que receberam empréstimos iniciais conquistaram melhores trabalhos e se tornaram líderes na Igreja,” disse o irmão Allen. “Eles tem incentivado outros jovens a usarem empréstimos do FPE e a saírem da pobreza. Esse jovens ainda tem incentivado outros. Depois de 10 anos, estamos vendo o círculo de esperança expandir-se, à medida que aqueles que tem disso abençoados compartilham as bênçãos com outros.”

Efeitos nas Vidas de Muitos

“[O FPE] se tornará uma bênção para todos aqueles cujas vidas ele tocar — para os rapazes e moças, para suas futuras famílias, para a Igreja que será abençoada com a forte liderança local deles,” 6 prometeu o Presidente Hinckley.

Desde o outono de 2001, mais de 47.000 pessoas participaram do FPE. O irmão Allen explica: “À medida que cada participante se casa e começa uma família, o número de pessoas abençoadas dobra, triplica e continua a se multiplicar até as centenas de milhares.””

Acrescentem a esses números outros famílias numerosas que são sustentadas e inspiradas por membros da família que participam do FPE, as alas e ramos que se beneficiam de membros que tem maior capacidade de servir e contribuir e as economias locais que precisam de trabalhadores capacitados para crescer. “Imaginem o impacto ao considerarem todos que são afetados,” irmão Allen disse. “Isso se estende àqueles que doam ao FPE — os doadores, suas famílias, suas alas e ramos — são todos abençoados por suas contribuições.””

O Élder Carmack diz, “Ao alcance de quase todos os Santos dos Últimos Dias está a capacidade de dar algo regularmente a esse fundo e a outras causas justas. “O convite [do Presidente Hinckley] ajuda aqueles que contribuem ao FPE, bem como àqueles que se aperfeiçoam, a aproximarem-se do Salvador.”

Crescimento Contínuo

A visão profética do Presidente Hinckley do Fundo Perpétuo de Educação tem se cumprido à medida que a influência desse programa inspirado continua a se espalhar por todo o mundo. Sua visão continuará a se cumprir em números ainda mais grandiosos à medida que doações continuam e empréstimos são pagos, permitindo que uma nova geração de participantes melhore a si mesmos e suas condições.

Para aprender mais sobre o Fundo Perpétuo de Educação ou fazer uma doação, por favor, visite pef.lds.org.

OBSERVAÇÕES

  1. 1. Gordon B. Hinckley, “A Igreja Segue em Frente,” A Liahona, Julho de 2002, p. 6.
  2. 2. Hinckley, “A Igreja Segue em Frente,” p. 6.
  3. 3. Gordon B. Hinckley, “Fundo Perpétuo de Educação, A Liahona , julho de 2001, pp. 60 – 62, 67.
  4. 4. Hinckley, “A Igreja Segue em Frente,” p. 6 – 7.
  5. 5. Hinckley, “A Igreja Segue em Frente,” p. 7.
  6. 6. Gordon B. Hinckley, “Fundo Perpétuo de Educação, A Liahona, julho de 52, pp. 60 – 62, 67.