O Presidente Eyring Diz Que Precisamos da Proteção Divina

Contribuição: Sarah Jane Weaver, editora assistente do jornal Church News

  • 8 Maio 2013

O Presidente B. Henry. Eyring fala às participantes da Conferência de Mulheres da BYU em 3 de maio de 2013, em Provo, Utah.  Fotografia: Jonathan Hardy, BYU Photo

“O Senhor protege, orienta e zela por aqueles que são Seus amigos de confiança em Sua obra.” — Presidente Henry B. Eyring, da Primeira Presidência

PROVO, UTAH

Existem perigos físicos e espirituais para os Santos dos Últimos Dias e seus entes queridos, disse o Presidente Henry B. Eyring durante a Conferência de Mulheres na BYU em 3 de maio de 2013.

“[Isso] se cumpriu durante a maior parte da história do mundo com a queda de Adão e Eva e sua viagem para fora do Jardim do Éden”, disse o Primeiro Conselheiro na Primeira Presidência. “Precisaremos de proteção divina em nossa jornada nesta última dispensação enquanto ela prossegue até seu clímax final”.

O Presidente Eyring disse que recentemente recebeu uma mensagem de uma jovem mãe que escreveu: “Tem havido tantas tragédias ultimamente. Existe algum lugar em que possamos nos sentir seguros?”

“Ela parecia preocupar-se principalmente a respeito de perigos físicos para sua família”, disse ele. “Muitas outras pessoas também sentem a crescente influência do adversário de nossa alma a nosso redor. O maior perigo em nossa viagem de volta para nosso Pai Celestial é que nós e aqueles que amamos não sejamos santificados e purificados e, portanto, não sejamos capazes de permanecer juntos.”

Citando o tema da Conferência: “Portanto continuai vossa viagem; e que se alegre vosso coração, pois eis que eu estarei convosco até o fim” (D&C 100:12), o Presidente Eyring disse que sua mensagem é de que “podemos ter confiança e uma esperança certa de alegria.”

Ele disse às mulheres que elas podem clamar pela garantida ajuda divina dada nas Escrituras para Joseph Smith e Sidney Rigdon.

As participantes da conferência caminharam pelo campus da BYU, durante a Conferência de Mulheres de 2013. Fotografia: Jonathan Hardy, BYU Photo.

“É uma promessa para eles e para nós”, disse ele. “As provações que enfrentamos são pessoais. No entanto, o que o Profeta e Sidney Rigdon foram ensinados ao começarem a viagem missionária de Kirtland [Ohio] em outubro de 1833 pode nos ser um guia para a proteção amorosa do Senhor ao passarmos pelos testes da mortalidade que nos estão reservados”.

Uma chave para compreender por que o senhor poderia prometer a certeza de proteção e mesmo alegria, encontra-se nos motivos que levaram Joseph e Sidney a escolher sua jornada, disse ele.

“Joseph tinha pregado aos membros da Igreja que o Evangelho de Jesus Cristo deve ser levado a todo o mundo. Ele havia chamado e enviado missionários. O Senhor então inspirou o Profeta a fazer o que havia ensinado. Ele foi instruído a sair em missão para o leste e posteriormente para o Canadá. Ele escolheu obedecer ao mandamento de proclamar a mensagem do evangelho, cheia de fé e esperança, como não houvesse nuvens de tempestade nos céus”.

Uma multidão compareceu à conferência enchendo o BYU Marriott Center em 3 de maio para ouvir o Presidente Henry B. Eyring falar sobre a proteção divina. Fotografia: Jonathan Hardy, BYU Photo.

Mas havia grandes dificuldades para ele e a Igreja, disse o Presidente Eyring.

“Joseph e Sidney tinham decidido seguir o mandamento do Senhor com firme determinação, quaisquer que fossem as consequências”, disse ele. “O Senhor deu as promessas de proteção e auxílio que precisavam, e que você e eu precisaremos para nós e para nossos entes queridos”.

A lição sobre onde encontrar segurança parece clara, acrescentou ele. “O Senhor protege, orienta e zela por aqueles que são Seus amigos de confiança em Sua obra. Seu trabalho e de Seu Pai e nosso Pai é levar a efeito a imortalidade e vida eterna dos filhos de Deus. E Satanás, o inimigo de nossa felicidade, se opõe àqueles que servem ao Senhor”.

Mas a promessa de proteção do Senhor é real e Seu poder é maior do que todas as forças que se opõem a Seus servos fiéis, disse o Presidente Eyring. “Ele zela por eles. Ele envia ajuda para fortalecer e apoiá-los. Já vi isso por mim mesmo, assim como vocês. O Senhor conhece o coração e as necessidades de Seus amigos que estão a Seu Serviço”.

O Presidente Eyring disse que o Senhor protege Seus servos fiéis contra a tentação de desanimar ou temer, de uma forma que se aplica perfeitamente às suas necessidades.

“Mais do que possam saber, vocês são parte da promessa do Senhor, para seguir com Seus servos pelas difíceis viagens da vida”, conclui ele. “Ele envia amigos. Ele envia o Espírito Santo para você e através de você para as pessoas que Ele ama, cuida e acompanha”.