O Presidente Eyring Dedica o Templo de El Salvador

Contribuição de Heather Wrigley e Aaron West

  • 22 Agosto 2011

O Templo de San Salvador, dedicado em 21 de agosto de 2011, é o quarto templo da América Central.

Destaques de Artigos

  • O Presidente Henry B. Eyring dedicou o Templo de San Salvador El Salvador, em 21 de agosto de 2011.
  • Mais de 2.000 jovens participaram do evento cultural da noite anterior.
  • O templo abrirá as portas para o início das ordenanças em 23 de agosto de 2011.

Reunidos ao redor do templo na terra de Abundância, os antigos nefitas e lamanitas reconheceram que Jesus Cristo ressurreto estava entre eles e “clamaram a uma só voz, dizendo: Hosana! Bendito seja o nome do Deus Altíssimo!” (3 Néfi 11:3, 16–17).

No dia 21 de agosto de 2011, os santos dos últimos dias da América Central reuniram-se ao redor do templo em San Salvador, El Salvador. Alguns entraram no templo e outros assistiram ao evento que foi transmitido via satélite para as sedes de estaca em El Salvador, Belize, Nicarágua e Honduras. E assim como os nefitas e os lamanitas antigos, eles clamaram “Hosana!” a uma só voz.

Quase quatro anos após ouvir o Presidente Gordon B. Hinckley anunciar que seria construído um templo em sua terra natal, e depois de muitos anos de preparação fiel, o povo recebeu calorosamente o Presidente Henry B. Eyring, Primeiro Conselheiro na Primeira Presidência, que dedicou o Templo de San Salvador El Salvador, o quarto templo da América Central.

Três sessões dedicatórias, que foram transmitidas às congregações da Igreja no distrito do templo, acomodaram um grande número de santos dos últimos dias daquela área.

O Templo de San Salvador, que é o 135º templo da Igreja em funcionamento e o primeiro em El Salvador, servirá a mais de 105.000 membros da Igreja em mais de 161 congregações em todo o país.

Na oração dedicatória, o Presidente Eyring disse que, com a conclusão do templo, os santos de El Salvador haviam sido abençoados com “todas as bênçãos do evangelho restaurado de Jesus Cristo”.

Em oração ele invocou as bênçãos de Deus sobre o povo e os líderes de El Salvador: “(…) que as pessoas sejam abençoadas com liberdade e oportunidades;  que a paz reine na terra”.

Para concluir ele pediu que “a influência do templo seja sentida em toda esta terra como uma luz sobre um monte”.

A dedicação ocorreu um dia após o evento cultural no Ginásio Nacional Adolfo Pineda, que tem capacidade para 12.500 pessoas. Mais de 2.000 jovens santos dos últimos dias participaram por meio da música e dança.

O Presidente Eyring apreciou o espetáculo na companhia de outros líderes da Igreja, inclusive do Élder D. Todd Christofferson, do Quórum dos Doze Apóstolos.

Com o exterior de granito, o templo é uma manifestação impressionante da arquitetura colonial espanhola, e inclui altos arcos decorativos.

Grande parte da decoração apresenta a flor de izote, flor nacional de El Salvador. Vê-se a figura dessa flor nos vitrais das janelas e no granito exterior, assim como nos detalhes da madeira do interior que é mogno de Honduras e de países próximos. O piso e a decoração interior são feitos de calcário de Israel.

Durante a cerimônia de assentamento da pedra fundamental, o Presidente Eyring explicou que a colocação da pedra fundamental é simbólica. “É bom”, ensinou ele, “lembrar que tentamos, todos nós, colocar o Salvador como a pedra angular de nossa vida”.

Depois de vários líderes da Igreja terem participado da cerimônia de assentamento da pedra fundamental, o Presidente Eyring convidou quatro crianças para colocar argamassa.

Nefi Oliva, de oito anos, disse: “Senti o Espírito Santo quando o templo estava em construção. Toda vez que a gente olhava para o templo, sentia o Espírito Santo. Mas agora”, disse ele: “Eu o sinto ainda mais forte”.

Junto ao templo há uma capela e um alojamento, o qual inclui um refeitório e uma residência para o presidente do templo.

Joaquín e María Dolores Blanco, membros da Igreja em El Salvador assistiram à dedicação. “Sinto-me muito feliz, porque nunca pensei que haveria um templo em minha terra natal”, disse a irmã María. O irmão Joaquín e a irmã María foram selados anteriormente em outro templo. Por 25 anos a irmã María havia esperado que o marido se filiasse à Igreja. “Digo ao Senhor que agora estou pronto, Ele pode me levar.”

A visitação pública ao templo ocorreu de 1º a 23 de julho de 2011. Mais de 167.000 pessoas visitaram o edifício.

O templo abrirá as portas oficialmente aos membros na terça-feira, dia 23 de agosto de 2011.

Há três outros templos na América Central, um na Cidade da Guatemala, na Guatemala; um em San José, na Costa Rica; e outro na Cidade do Panamá, no Panamá. Há outros dois templos em construção — um em Quetzaltenango, na Guatemala e outro em Tegucigalpa, em Honduras.