O Templo de Boise É Rededicado pelo Presidente Monson

  Sarah Jane Weaver, editora assistente do jornal Church News

  • 20 November 2012

Quatro mil jovens dançarinos Santos dos Últimos Dias apresentaram gerações de estilo de vida e entretenimento durante a celebração cultural da noite anterior à rededicação do Templo de Boise Idaho, pelo Presidente Monson.

Destaques do Artigo

  • O Presidente Monson, o Élder Bednar, o Élder Christensen e o Élder Walker assistiram à celebração dos jovens e à rededicação do Templo de Boise Idaho, na semana passada.
  • O programa dos jovens destacou muitas coisas que os membros do distrito do Templo de Boise Idaho da Igreja entesouram: a luz da fé, o legado, industriosidade, as famílias, os jovens, a liberdade, o serviço e o Evangelho.
  • O Templo de Boise Idaho serve a aproximadamente 100.000 santos dos últimos dias, em 31 estacas no Treasure Valley, numa área que se estende de LeGrand, Oregon, até Glenn’s Ferry, Idaho.

“Há um sentimento de emoção, um grande senso de expectativa e um profundo sentimento de gratidão de nossos membros por terem este templo.” — K. Brett Nattress, Setenta de Área

No coração do Treasure Valley, o Presidente Thomas S. Monson rededicou, no domingo pela manhã, o Templo de Boise Idaho — uma estrutura que os membros locais da A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias consideram um tesouro inestimável.

O templo, originalmente dedicado em 1984, fechou há 16 meses para uma ampla reforma.

Na noite anterior à rededicação, o Presidente Monson disse a um grupo de 9.200 jovens, reunidos para a comemoração cultural de jovens, que o templo “brilha como um farol de retidão para todos os que seguirem sua luz”.

“Valorizamos essa luz e agradecemos ao Pai Celestial pelas bênçãos que este templo e todos os templos trazem à nossa vida”, disse ele.

O Presidente Monson — acompanhado pelo Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, o Élder Craig C. Christensen, da Presidência dos Setenta, e do Élder William R. Walker, dos Setenta e Diretor Executivo do Departamento de Templos — elogiou, na ocasião, os jovens por sua bondade, e pediu-lhes que nunca se esquecessem do sentimento de estar juntos com outros santos dos últimos dias, deixando-os com uma bênção especial.

“Meus jovens irmãos e irmãs, pronuncio uma bênção sobre vocês esta noite, para que possam sentir o amor que lhes dedicamos”, disse ele. Que saibam também que nosso Pai Celestial os ama. Abenço-os para que tenham sempre o desejo de servir a Ele e ao Seu Filho, Jesus Cristo. Abençoo-os para que andem sempre na verdade e que deem grande valor à luz do templo”.

O programa destacou as muitas coisas que os membros da Igreja do distrito do Templo de Boise Idaho valorizam: a luz da fé, o legado, a industriosidade, as famílias, os jovens, a liberdade, o serviço e o evangelho. Em um grande número final, eles cantaram, “Deve Sião Fugir à Luta” e “Constantes Qual Firmes Montanhas”, os jovens comemoraram a maior luz em sua vida — a luz de Cristo.

No domingo, o Élder Bednar disse que havia bastante energia durante o programa “para iluminar cada casa nos Estados Unidos durante seis meses”.

A produção foi menos sobre dança e mais sobre a preparação para o templo, disse Gary Walker, Presidente do subcomitê da celebração cultural dos jovens.

O irmão Walker disse que um número consideravelmente maior de jovens participou do evento do que o esperado. Devido ao grande número, os jovens encheram o Taco Bell Arena no campus da Universidade Estadual de Boise, e suas famílias e outras pessoas se reuniram em locais remotos para assistir ao programa, que foi transmitido para centros de estacas em todo o distrito do templo.

Arlin Jones, um produtor executivo da comemoração, disse que os organizadores queriam que todos os jovens fossem o centro da celebração. “Eles não cabiam no palco”, explicou, “assim, a arena inteira transformou-se em palco”.

O Élder Bednar disse que os jovens que participaram da comemoração moram em uma área onde a Igreja é forte e está ficando mais forte.

Estar na casa do Senhor com os membros fiéis da Igreja “é uma rica experiência”, disse ele, entre a primeira e a segunda de três sessões dedicatórias no domingo.

“Há um calor, luz, brilho, esplendor e fulgor que vem de um templo em qualquer lugar do mundo”, disse ele.

O Templo de Boise Idaho serve aproximadamente a 100.000 santos dos últimos dias em 31 estacas no Treasure Valley e uma área que se estende de LeGrand, Oregon, a Glenn,s Ferry, Idaho.

Steven Mortensen serviu como representante regional da Igreja em 1984 e coordenou grande parte da dedicação original do templo. Ele falou sobre o processo de encontrar um local para o templo perto da interestadual, para que pudesse ser facilmente acessível, e recorda-se de ter ido a todas, menos uma ou duas das 24 sessões dedicatórias originais.

Durante as sessões, o Presidente Gordon B. Hinckley (1910 – 2008) prometeu aos membros da Igreja em Boise que o templo se tornaria “a estrutura mais significativa no vale”.

“O tempo comprovou essa declaração”, disse o irmão Mortensen. “Amo o templo. O templo é a joia da coroa”.

K. Brett Nattress, Setenta de Área e encarregado do Comitê do templo local, disse que será uma grande bênção que o templo seja aberto novamente.

“Pode-se sentir isso”, disse ele. “Há um sentimento de emoção, um grande senso de expectativa e um profundo sentimento de gratidão de nossos membros por este templo”.

O Élder Nattress, que mora em Boise desde 1990, chama a área de maravilhosa. “Os Santos são notáveis, fiéis e humildes”.

Ele disse que os santos dos últimos dias locais ofereceram milhares de horas para a visitação pública, celebração cultural e dedicação.

“Fiquei muito impressionado com a fidelidade de nossos membros e sua disposição de servir”, disse ele.

No final, tudo o que foi feito durante a visitação pública e dedicação é sobre o templo, disse ele: “Para mim, é isso que importa”.