Primária Comemora 135 Anos

  Irmã Rosemary M. Wixom, irmã Jean A. Stevens e irmã Cheryl A. Esplin, Presidência Geral da Primária

  • 12 Agosto 2013

Neste mês de agosto, a Igreja está comemorando 135 anos da Primária, um programa para as crianças que começou em Farmington, Utah, em 1878. Hoje, cerca de um milhão de crianças em todo o mundo se beneficiam da Primária todas as semanas em suas alas e ramos.

Destaques do Artigo

  • A Primária foi organizada formalmente em 11 de agosto de 1878, há 135 anos, em Farmington, Utah.
  • Hoje, cerca de um milhão de crianças em todo o mundo se beneficiam da Primária todas as semanas.
  • A Primária existe para ajudar as crianças e suas famílias a viverem o evangelho no lar.

“O programa da Primária permite que as crianças em todo o mundo sintam o Espírito todas as semanas, participando ativamente do aprendizado e da música. Expressamos nossa gratidão aos pais e líderes da Primária e aos professores.” Presidência Geral da Primária

“E as crianças?” A Primária começou como uma resposta a essa pergunta há 135 anos.

O bispo W. John. Hess, de Farmington, Utah, estava preocupado com as crianças de sua ala, particularmente com a bagunça dos meninos. Ele reuniu as mães da ala, explicou sua preocupação e conversaram sobre a importância de orientar as crianças pequenas.

A irmã Aurélia Spencer Rogers ouviu o que foi dito e nos vários meses seguintes ponderou sobre o que poderia ser feito pelas crianças. Isso motivou um debate com a irmã Eliza R. Snow, que visitou Farmington na primavera de 1878.

A irmã Rogers perguntou: “O que nossas moças terão de fazer para encontrar bons maridos, se as coisas continuarem assim? (…) Não poderia haver uma organização para meninos para que sejam treinados para serem homens melhores?” (Life Sketches of Orson Spencer and Others, and History of Primary Work , 1898, p. 208).

A irmã Snow reuniu-se com o Presidente John Taylor, que autorizou o bispo Hess a formar uma organização para as crianças de sua ala. A irmã Rogers foi chamada para presidir esta nova organização infantil e reconheceu sua oportunidade de participar no trabalho de salvação.

Apesar de sua primeira preocupação ser os meninos, ela sentiu que a organização deveria incluir as meninas, pois era necessário que cantassem e precisavam das vozes das meninas para que obtivessem um bom resultado.

A associação da primária da ala Farmington foi organizada formalmente em 11 de agosto de 1878. A irmã Rogers foi apoiada como Presidente, com Louisa Haight e Helen M. Miller como conselheiras. A presidência começou visitando cada lar da ala durante as duas semanas seguintes; 224 crianças foram convidadas para a primeira reunião no domingo, 25 de agosto de 1878 e 215 crianças (com idade entre 6 e 14 anos) compareceram.

“As reuniões semanais eram realizadas nas tardes de sábado. As crianças tinham aulas sobre fé, obediência, oração, pontualidade e boas maneiras (os meninos eram incentivados especificamente a não pegar frutos dos pomares e canteiros de melões, e as meninas eram advertidas a não se pendurarem nos carroções). A música tornou-se parte integrante do programa, assim como recitações, projetos de jardinagem, feiras anuais e aulas de artesanato doméstico” (Janet Peterson e LaRene Gaunt, The Children’s Friends: Primary Presidents and Their Lives of Service , 1996, p. xii).

Veja como a Primária cresceu desde 1878.

Um mural retrata o Bispo W. John. Hess, Aurelia S. Rogers e outros líderes na primeira reunião da Associação da Primária da ala Farmington em 25 de agosto de 1878; 215 crianças entre 6 e 14 anos de idade compareceram.

Hoje, cerca de um milhão de crianças em todo o mundo se beneficiam da Primária todas as semanas em suas alas e ramos. Os professores e líderes da primária se esforçam para apoiar os pais em seu papel de ajudar as crianças a obterem um testemunho do Pai Celestial, de Jesus Cristo e do evangelho restaurado.

As crianças expressam seus sentimentos sobre sua participação na Primária.

A presidência geral da Primária: irmã Rosemary M. Wixom e suas conselheiras, Jean A. Stevens e Cheryl A. Esplin.

Depois da apresentação da Primária na reunião sacramental, Tanner, de 10 anos, de Worland, Wyoming, escreveu: “Na última música, o órgão juntou-se ao piano, e achei que ficou muito bom quando a congregação cantou conosco ‘Hold the Rod’ [Agarre-se à Barra]. Eu queria chorar; quase não consegui aguentar. Gosto da Primária.”

Como presidência geral da primária, comemoramos esse início humilde em Farmington, Utah. O programa da Primária permite que as crianças em todo o mundo sintam o Espírito todas as semanas, participando ativamente do aprendizado e da música. Expressamos nossa gratidão aos pais e líderes da Primária e aos professores.

A Primária existe para ajudar as crianças e suas famílias a viverem o evangelho no lar. Comemoramos a pergunta feita pelo Bispo W. John Hess há 135 anos e a inspiração que a irmã Rogers recebeu de agir. Como resultado, milhões de crianças foram abençoadas.