As Líderes da Primária Falam do Tema que Traz “Espiritualidade” em Qualquer Idioma

  Sarah Jane Weaver, redatora assistente do jornal Church News

  • 15 January 2013

Uma criança da Primária lê uma escritura durante o tempo de compartilhar em 5 de janeiro. Durante a reunião, as líderes da Primária apresentaram o tema para o tempo de compartilhar de 2013: “Sou um Filho de Deus”. A presidência geral da Primária espera que cada criança conheça essa verdade este ano.  Fotografia: Rod Boam.

Destaques do Artigo

  • O tema para o tempo de compartilhar de 2013 da Primária é “Sou um filho de Deus”.
  • A presidência geral da primária quer que as crianças saibam que são filhos de Deus e que Ele as ama individualmente.
  • Aprendendo quem são, as crianças são mais capazes de entender seu propósito e potencial.

“A mensagem do nosso Pai Celestial é clara — somos Seus filhos.” — Irmã Rosemary M. Wixom, Presidente Geral da Primária

A presidência geral da Primária quer que todas as crianças da Igreja saibam que são filhos de Deus.

Essa verdade simples, que guiará as crianças da Primária no caminho de volta ao Pai Celestial, é o tema do esboço para o tempo de compartilhar de 2013.

“Talvez tenhamos cantado o hino ‘Sou um Filho de Deus’ quando éramos crianças, mas as palavras dessa música permanecem conosco. Reaprendemos essa verdade em momentos diferentes da vida”, disse a irmã Rosemary M. Wixom, presidente geral da Primária. “Mesmo sendo adultos, a realidade de que somos filhos de Deus traz um imenso sentimento de amor e consolo — como se houvesse uma pequena abertura do véu e nos lembrássemos de quem realmente somos.”

A irmã Wixom e suas conselheiras, a irmã Jean A. Stevens e a irmã Cheryl A. Esplin, deram uma entrevista ao Church News para falar sobre o tema de 2013 e por que ele é importante para as crianças da Primária e suas respectivas famílias.

“Queremos que todas as crianças saibam que são filhos de Deus, sejam gratas e vivam de acordo com essa verdade”, disse a irmã Wixom, referindo-se ao tema como “uma bela verdade e uma mensagem vigorosa”.

Isso vai acontecer quando as crianças estudarem sua identidade divina, propósito e potencial, disse a irmã Stevens. “Quando as crianças compreenderem sua identidade, elas vão passar a entender mais plenamente seu propósito na vida e seu potencial para tornarem-se semelhantes ao Pai Celestial e Seu Filho, Jesus Cristo”, disse a irmã Esplin.

A irmã Stevens disse que as líderes da Primária podem apoiar os pais ajudando as crianças a aumentar a fé em Jesus Cristo e seu testemunho do plano do Pai Celestial. Essas mensagens significativas vão ressoar no coração das crianças e guiá-las no futuro, explicou ela. Vão dar-lhes o sentimento de pertencer à família de Deus.

“Como Seus filhos espirituais, estamos agora nesta Terra trilhando o caminho de volta a Ele”, explicou a irmã Wixom. “Conhecer a verdade — que somos Seus filhos — ajuda-nos a permanecer no caminho. O adversário quer nos confundir a respeito da nossa identidade. A mensagem do nosso Pai Celestial é clara — somos seus filhos.”

A irmã Esplin disse que esta mensagem é mais eficaz quando ensinada com amor.

As crianças compreendem melhor o amor de Deus, explicou ela, “quando sentem o amor de seus pais e de outras pessoas”.

Citando o Élder Quentin L. Cook do Quórum dos Doze Apóstolos, a irmã Esplin explicou que “nossos gráficos de linhagem na mortalidade mostram muitas gerações, que remontam a muitas eras passadas. Nosso gráfico de linhagem espiritual, porém, tem apenas duas gerações: a de nosso Pai e a nossa.

Citando “A Família: Proclamação ao Mundo” , a irmã Wixom disse que a família é essencial ao plano do Criador para o destino eterno de Seus filhos. “Somos parte de Sua família”, explicou ela. “Somos Seus filhos espirituais.”

As crianças são frequentemente ensinadas que por Ele ser o Pai, Deus ama Seus filhos, disse a irmã Esplin. Mas ela espera que as crianças também percebam que “porque somos filhos de Deus, nós O amamos”.

A irmã Wixom disse que esse conhecimento irá mudar as ações de uma criança.

“Nossa mensagem é de que a criança não só saiba que é um filho de Deus, mas também que entenda que esse conhecimento traz responsabilidade”, disse a irmã Wixom, observando que as crianças devem crescer lembrando-se de que “porque são filhos de Deus”, isso vai influenciar seus pensamentos e ações.

A irmã Esplin acrescentou: “O conhecimento dessa verdade muda a maneira como você se sente sobre si mesmo e como deve agir.”

A irmã Stevens disse que a música “Se ao Meu Lado Estivesse o Salvador”, de Sally DeFord, foi impressa no verso do esboço do tempo de compartilhar e vai ajudar as crianças a lembrarem-se de suas responsabilidades como filhos de Deus.

“Se ao meu lado estivesse o Salvador, meu agir seria assim? Cumpriria os mandamentos e só o bem faria, enfim? Seguiria Seu exemplo com mais fé, verdade e amor, se o Salvador estivesse bem aqui?” disse ela, citando o primeiro verso da música.

A música é um meio importante de ajudar as crianças a aprender a verdade durante a Primária, disse a irmã Stevens.

O hino “Sou um Filho de Deus”, por exemplo, desperta a “espiritualidade” em qualquer idioma, disse a irmã Wixom.

Ela explicou que quando as líderes da Primária se preparam para o tempo de compartilhar todas as semanas, devem fazer a si mesmas duas perguntas: “O que as crianças farão para aprender? Como posso ajudá-las a sentir o Espírito?”

A presidência geral da Primária expressou “gratidão pelas líderes da Primária em todo o mundo que se preparam em espírito de oração para o tempo de compartilhar todas as semanas. É por meio do amor das líderes que cada criança pode vir a saber que é um filho de Deus.”