Notícias da Igreja

O Irmão Osguthorpe Diz Que os Professores Podem Facilitar o Aprendizado

  Marianne Holman, da redação do Church News

  • 4 Setembro 2013

Russell T. Osguthorpe, presidente geral da Escola Dominical, disse que o aprendizado acontece quando aconselhamos uns aos outros sobre como usaremos um princípio do evangelho para melhorar nossa vida.

PROVO, UTAH

A lição está dentro do aluno, mas o professor é responsável por facilitar o aprendizado, disse o irmão Russell T. Osguthorpe, presidente geral da Escola Dominical, em um discurso na Universidade Brigham Young, em 20 de agosto.

“Tenho todo o conteúdo que quero ou poderia precisar aqui no meu bolso, no meu smartphone”, disse ele. “Posso obter informações, ler as escrituras. Por isso, se reunir para que só uma pessoa passe alguma informação não é muito sensato. (…) O que precisamos fazer quando nos reunimos é aconselhar uns aos outros sobre como usaremos um princípio do evangelho e melhorar nossa vida.”

O irmão Osguthorpe disse que é responsabilidade do professor ajudar os alunos a compartilhar o que já sabem. Em vez de apenas fazer sermões para uma classe, os professores devem ajudar os outros a ter o desejo de aprender mais.

Citando as palavras do Presidente Thomas S. Monson, o irmão Osguthorpe disse: “Não existe o chamado de palestrantes na Igreja. Um palestrante transmite conhecimento. O professor convida os alunos a participar. Um palestrante tenta despejar algo sobre os [ouvintes] e o professor convida os alunos a aprender e a compartilhar o que sentiram.”

Os professores devem descobrir o que está se passando com os alunos ao prestar atenção neles, observar e ouvir, disse ele. Usando Doutrina e Convênios 88:122 como guia, o irmão Osguthorpe disse: “Dentre vós designai um professor e não falem todos ao mesmo tempo; mas cada um fale a seu tempo e todos ouçam suas palavras, para que quando todos houverem falado, todos sejam edificados por todos, para que todos tenham privilégios iguais”.

Compartilhando exemplos encontrados no novo currículo dos jovens, Vem, e Segue-Me , o irmão Osguthorpe disse que ao seguirem o padrão de ensino estabelecido pelo Salvador os instrutores serão mais eficazes com os alunos.

Um dos papéis mais importantes de um professor é observar, disse ele. Os professores precisam prestar muita atenção nos membros de sua classe para descobrir o que os alunos estão sentindo.

“Temos de continuar a prestar atenção, observar e ouvir o que eles estão dizendo”, disse ele. “Há tantos sinais; se você observá-los, verá o que eles significam. Se estiverem frustrados, se não sabem o que fazer, se não entenderam algo, então você precisa, como professor, fazer algo para corrigir isso.”

Ao prestar atenção na classe e através da orientação do Espírito os professores serão capazes de ensinar com mais eficiência.

“Queremos ensinar as pessoas, não somente dar aulas”, disse ele. “Não podemos ficar tão restritos aos planos de aula que temos.”

Ele advertiu os professores de que não devem ficar concentrados demais em tentar passar todo o conteúdo da lição que prepararam. Os professores devem se preparar e conhecer a doutrina, não para que compartilhem tudo, mas para que sejam flexíveis em suas aulas.

“Se formos professores flexíveis estaremos prontos para o que vier em seguida”, disse ele. “Nem tudo é programado ou previsível, sempre rígido e definido.”

Uma das coisas que faz com que o Vem, e Segue-Me seja tão eficaz é a ênfase para que todos na classe sejam envolvidos e participem ativamente da aula, disse o irmão Osguthorpe.

“Quando eles começam a falar uns com os outros, aprendem juntos e obtêm uma visão que normalmente não teriam.”

As escrituras ensinam que Jesus não dava apenas sermões, Ele ensinou fazendo perguntas, convidando outros para falar e ajudando as pessoas a descobrir o evangelho por si mesmas. Ele facilitou o aprendizado entre Seus discípulos e, em seguida, convidou-os a agir. Ao seguir o Salvador e aprender a ensinar à maneira Dele, vidas serão transformadas para sempre, o evangelho será colocado em prática e o Espírito estará com os professores e os alunos. Quando ocorrer a verdadeira conversão, as pessoas vão escolher ser obedientes e dignas.

“Uma classe pode ser como um conselho, onde todos ensinam e aprendem uns com os outros”, disse o irmão Osguthorpe. “Esta é Sua obra, e Ele nos ajudará.”