Notícias da Igreja

Exposição de Colchas Ensina sobre Laços que Unem a Humanidade

Contribuição de Hikari Loftus, Revistas da Igreja

  • 11 de março de 2011 a 15 janeiro de 2012

Uma nova exposição interativa, “Pedaços de Mim: Expressões Acolchoadas de Laços Humanos,” agora em exibição no Museu de História da Igreja, em Salt Lake City, Utah, EUA, pede a homens, mulheres e crianças que considerem os laços que unem a família humana. 

A exposição, que ficará em cartaz até 15 de Janeiro de 2012, e oferece entrada gratuita, não foi idealizada como as mostras de colchas mais tradicionais. 

“Mostras de colchas tradicionais tem as colchas mais bonitas e mais técnicas na parede, com o título e o artista, exatamente como uma mostra de arte,” disse Jennifer Hadley, especialista em cuidado de coleções do Departamento de História da Família “Nos concentramos nas histórias por trás das colchas e no que elas nos contam.”

A exposição consiste de quatro apresentações principais que ensinam os visitantes sobre compreender a si mesmo e os laços que unem famílias, comunidades e o mundo. Colchas históricas da coleção da Igreja e outras emprestadas de várias outras pessoas que confeccionam colchas ficarão em exibição juntamente com artefactos relacionados. 

“Falamos sobre nosso relacionamento com o Senhor e sobre como ele influencia todos os nossos outros relacionamentos,” disse a irmã Hadley. Esses relacionamentos, inclusive o relacionamento comigo mesmo, são um pedaço de quem eu sou e sou parte de uma família, comunidade e do mundo.” Ao compartilharmos nossas histórias uns com os outros, podemos fortalecer uns aos outros e ajudar uns aos outros a sermos pessoas melhores.”

Uma colcha, intitulada “A Todo Membro Digno do Sexo Masculino” foi criada utilizando tecidos africanos e marcas das mãos de muitos homens de todas as partes do mundo. A colcha celebra que todo homem digno pode portar o sacerdócio e compartilha uma mensagem mundial de irmandade, disse a irmã Hadley. 

Ao lado da colcha fica um rádio que pertenceu a Joseph William Billy Johnson, que foi um pregador na África que se converteu à Igreja. O Irmão Johnson ensinou o evangelho a sua congregação e eventualmente converteu a maioria deles também, disse a irmã Hadley. Eles esperaram 14 anos para que um portador do sacerdócio viesse para que eles pudessem ser batizados. O rádio exposto é o mesmo que o Irmão Johnson estava ouvindo quando o veio o anúncio de que todos os membros dignos do sexo masculino poderiam portar o sacerdócio.

A exposição também possui muitas apresentações interativas que permitem que visitantes criem suas próprias colchas magnéticas, pratiquem bordado e utilizem cabines de vídeo para ver histórias de confecção de colchas e gravem e compartilhem suas próprias histórias via webcam. 

A irmã Hadley compara a vida a uma colcha maluca — que utiliza veludos, sedas e brocados, entre outros tipos de tecidos exuberantes em formas estranhas e assimétricas — ao contrário de colchas tradicionais que são feitas de algodão e apresentam formas triangulares e quadradas organizadas em um padrão e depois costuradas juntas. 

“A vida é . . só um monte de pedaços variados, aleatórios, que são costurados juntos em um bonito conjunto,” disse a irmã Hadley. “Cada uma dessas áreas e relacionamentos diferentes em nossas vidas acrescenta ao pedaço. São todos um pedaço de mim.”

O Museu de História da Igreja está localizado no Endereço 45 North West Temple Street, Salt Lake City, Utah, USA, e está aberto de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h, e sábado e domingo, das 10h às 19h.

Reservas são exigidas para grupos de 10 ou mais participantes. Visitas de grupos especializadas estão disponíveis com reserva. 

O museu convida as pessoas que confeccionam colchas a compartilhar as histórias de suas colchas com outros on-line registrando-se no www.piecesofmeexhibit.org para enviar suas história e fotografia de casa.