Notícias da Igreja

As Irmãs Burton e Wixom visitam a Área Pacífico da Igreja

  Por Sarah Jane Weaver, editora assistente do jornal Church News

  • 2 Abril 2013

A Irmã Rosemary M. Wixom, à esquerda, e a Irmã Linda K. Burton, terceira da esquerda, conversam com mulheres SUD, em Tonga, durante uma recente visita à Área Pacífico.  Foto ©IRI.

A Irmã Linda K. Burton, presidente geral da Sociedade de Socorro, e a Irmã Rosemary M. Wixom, presidente geral da Primária, viajaram à Nova Zelândia, Tonga, Samoa e Samoa Americana, de 16–26 de fevereiro, visitando os membros e participando no treinamento da liderança.

“Aprendemos rapidamente que o povo polinésio da Área Pacífico é calosoro, receptivo e fiel”, disse Irmã Wixom, referindo-se à visita.

Durante sua visita, ajudaram-nas os membros da Presidência da Área Pacífico da Igreja: Os élderes James J. Hamula, Kevind W. Pearson e F. Michael Watson — todos dos Setenta.

Para a Irmã Burton, que morou na Nova Zelândia quando adolescente, a viagem fez também como se achasse “um pouco em casa”. Na realidade, durante uma das reuniões, a Irmã Burton encontrou uma antiga colega de classe, da Faculdade da Igreja da Nova Zelândia.

Durante sua viagem, as irmãs — que estavam acompanhadas pelos respectivos maridos, Craig Burton e Jack Wixom — embasaram muitos de seus comentários nas metas da Igreja em 2013 para a Área Pacífico da Igreja — salvar a geração que surge, fortalecer as famílias e o sacerdócio, e aumentar e suster as conversões. “Onde quer que fôssemos, falamos a respeito do plano de salvação — Seu plano para nós, individualmente, e nesse caminho que estamos trilhando de volta a Ele”, disse a Irmã Wixom.

As senhoras visitaram as escolas e templos da Igreja em Tonga e Samoa, testemunhando também as realizações humanitárias da Igreja no Pacífico.

Na Nova Zelândia, a Irmã Wixom visitou o Hospital Infantil Starship. Um menino de onze anos, membro da Igreja, que se encontra à espera de uma cirurgia no coração no hospital, conversou com ela. “Quando sinto medo, meu pai lê as escrituras para mim”, explicou o menino.

Na Nova Zelândia, a Irmã Burton visitou Ailsa Margaret Coutts, uma senhora que acabara de comemorar seu 100º aniversário.

As duas irmãs passaram algum tempo com as jovens mães e jovens adultas solteiras Os filhinhos das jovens mães ficaram aos cuidados dos membros adultos solteiros, que depois partilharam de seu “doce espírito do testemunho” com as líderes gerais das auxiliares.

As irmãs Burton e Wixom visitaram também outras crianças SUD em suas casas, assistiram a um programa da Primária em Tonga e foram saudadas, na Samoa Americana, pelas crianças que “cantavam com o coração”, disse a Irmã Burton. “Foi maravilhoso, uma verdadeira apoteose!”

Além disso, um momento comovente, tanto para Irmã Burton como para Irmã Wixom, foi durante as “visitas de resgate” — quando tiveram a oportunidade de reunir-se e aconselhar os membros da Igreja que, por vários motivos, não estavam participando plenamente no evangelho de Jesus Cristo ou que estavam participando no evangelho e suportando grandes tribulações com muita fé.

A Irmã Rosemary M. Wixom, presidente geral da Primária, cumprimenta uma criança, observando a tradição local e esfregando o nariz no dela. Foto ©IRI.

“Inundou-me um sentimento maravilhoso de que o Pai Celestial ama a todos os Seus filhos”, disse Irmã Burton, referindo-se às visitas. “Onde quer que estejam — no caminho ou fora dele — Ele quer que voltem para casa”.

Irmã Wixom disse que, durante as visitas de resgate, as pessoas presentes ensinaram umas às outras. “Seu testemunho elevava umas às outras”.

As irmãs conheceram uma família de nove pessoas que perdera sua casa, quando um ciclone atingiu Samoa, em 14 de dezembro. Os membros da Igreja tinham ajudado a família a reconstruir.

Ao terminar, a viagem toda havia sido uma experiência que nenhuma delas vai esquecer. “Gostamos muito de ouvir as suas narrativas. Gostamos demais de sentir sua fé e esperança”, disse Irmã Burton.

“O povo polinésio representa uma cultura de amor e respeito”, disse Irmã Wixom. “Eles amam suas crianças, amam uns aos outros e amam o evangelho de Jesus Cristo. Foi maravilhoso testemunhar isso”.