Notícias da Igreja

As Líderes Gerais das Moças e da Sociedade de Socorro Visitam a Área Ásia

Contribuição de Brenda Frandsen, especialista de mídia da Área Ásia, com contribuições de David O. Heaps, Paul Stevens e Linda Rae Pond Smith

  • 10 Dezembro 2012

Em Taiwan, a irmã Cook e a irmã Reeves reuniram-se com autoridades de área, líderes do sacerdócio e membros de Taiwan.  Fotografia: Yang Chieh-wen.

Durante nove dias em novembro, Mary N. Cook, primeira conselheira na presidência geral das Moças, e Linda S. Reeves, segunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro, instruíram e inspiraram irmãs, jovens e idosas, em toda a Área Ásia.

Em Taiwan, Hong Kong, Índia, Cingapura, Malásia, Indonésia e Tailândia, a irmã Cook e a irmã Reeves assistiram a muitas reuniões, inclusive as dedicadas a líderes e membros, noites familiares de jovens adultos solteiros, grupos de debate, visitas a membros, devocionais das Moças, uma conferência de estaca, reuniões de adoração da ala e almoços missionários, sendo que alguns deles foram transmitidos pela Internet para grandes audiências na Ásia.

A irmã Reeves e a irmã Cook estavam acompanhadas por seus maridos, Melvyn K. Reeves e o Élder Richard E. Cook, ex-membro dos Setenta, assim como pelo Élder Kent D. Watson, dos Setenta, Presidente da Área Ásia; Élder Gerrit W. Gong, dos Setenta, Primeiro Conselheiro na Presidência da Área Ásia; Élder Larry Y. Wilson, dos Setenta, Segundo Conselheiro na Presidência da Área Ásia; e suas respectivas esposas, Connie Watson, Susan Gong e Lynda Wilson.

A viagem coincidiu com o anúncio do currículo revisado para jovens, “Vem, e Segue-Me”, que as classes de Rapazes, Moças e jovens, da Escola Dominical, começarão a usar em janeiro de 2013. O novo currículo visa ajudar os professores a ensinar mais como o Salvador fez e a desenvolver associações mais fortes com os membros da classe.

Depois da visita da irmã Cook e irmã Reeves à Área Ásia, muitos jovens asiáticos e seus pais indicaram estar agora motivados a purificar sua vida e a reencaminhar sua existência de modo que possam tornar-se exemplos para suas comunidades locais.

Hong Kong

Essa visita foi particularmente significativa para muitos membros asiáticos, porque se reuniram com o Élder e a irmã Cook, que moraram em Hong Kong, quando o Élder Cook serviu na Presidência da Área Ásia.

Enquanto visitava membros em Hong Kong, a irmã Cook explicou e ilustrou o novo currículo — “Vem, e Segue-Me.“

A certa altura, ela mostrou um cristal brilhante e explicou que representava o público. “Isto é o que vocês são, moças”, disse ela. “Isto é o que acontece, quando vocês se apegarm ao que é bom. A luz pode atravessar e brilhar”.

A irmã Reeves prometeu às jovens, “se vocês ficarem purificadas em sua vida, podem levantar-se confiantes diante de qualquer pessoa!”

Inspirada por suas palavras, Tang Kak Kei, de12 anos de idade, comentou, depois da reunião, “Eu sei que preciso ler o Livro de Mórmon todos os dias. Aprender a se arrepender e viver em retidão é o que O Vigor da Juventude me ensinou, para que a luz de Cristo e a verdadeira felicidade possam irradiar-se através de mim”.

Índia

Fez 12 anos desde que a irmã Cook visitou várias cidades da Índia com o marido, quando ele serviu na Presidência da Área Ásia. Naquela época, havia poucos membros na Índia. Quando a irmã Cook se reuniu com os membros na nova capela no Distrito Chennai Índia e com os membros da nova Estaca Hyderabad Índia, comentou repetidamente sobre o aumento da força e maturidade da Igreja na Índia.

Um ponto alto da visita da irmã Cook à Índia foi a interação que teve individualmente com os membros. Em Chennai, visitou as casas de duas jovens. Uma jovem de 13 anos de idade disse à irmã Cook que deseja vir a ser como seus pais, amando e servindo ao próximo. Em outra casa, a irmã Cook e uma nova Abelhinha examinaram o livreto Progresso Pessoal. Juntas, elas falaram sobre como ele ajudaria a moça, ao trabalhar nos valores do Progresso Pessoal fazendo seu trabalho escolar.

Em Nova Déli, a irmã Cook reuniu-se com um grupo de jovens adultos solteiros, a fim de debater suas perguntas e preocupações e para compreender melhor os desafios na Índia. À noite, a irmã Cook e o Élder Watson realizaram uma noite familiar dos JAS, quando ela falou aos jovens adultos sobre a preparação para fazerem parte da edificação do reino do Senhor na Índia.

Falando sobre o crescimento da Igreja em Nova Déli, a irmã Cook disse: “É um milagre que, em 12 anos, tenhamos uma missão. Isso é edificar o Reino de Deus. Vocês vão desempenhar um papel crucial nisso”.

Ela advertiu os jovens adultos a se prepararem para o futuro. “Qualifiquem-se culturalmente”, ela os incentivou: “com“habilidades para ajudá-los a edificar o reino, concentrando-se em sua família e no que podem fazer para abençoar os membros de sua família e em sua preparação espiritual, para que sejam dignos de receber os sussurros do espírito, a fim de saberem aonde ir e o que fazer.

Indonésia

A irmã Reeves participou da primeira conferência de estaca da nova Estaca Surakarta Indonésia e falou sobre a experiência maravilhosa que fora. “Sentimos seu espírito humilde e amoroso. Que membros fiéis!” disse ela. E continuou: “Como nos tocou, quando ouvimos falar nos esforços dos membros para levar a família ao templo, a fim de serem selados para a eternidade”.

Malásia

A irmã Reeves e o Élder Wilson fizeram suas primeiras visitas à Malásia no dia 7 de novembro.

A irmã Reeves reuniu-se com um grupo de irmãs da Sociedade de Socorro, a fim de discutirem as questões mais prementes para a Sociedade de Socorro como uma organização na Malásia, e de que modo a Igreja pode prover orientação e inspiração.

“Fiquei grata que a irmã Reeves nos tenha dado a oportunidade de perguntar ou dizer-lhe qualquer coisa com que estivéssemos preocupadas”, disse Susan Seet, presidente da Sociedade de Socorro do Distrito de Kuala Lumpur Malásia. “Sua amorosa bondade e honestidade relativas a seus próprios receios ajudaram-me a saber que não estou sozinha no modo em que me sinto sobre meu chamado. Saí fortalecida e mais confiante de que o Senhor está realmente interressado em mim e definitivamente me ajudará a realizar tudo o que Ele quer que eu faça”.

Na reunião geral seguinte, a irmã e o irmão Reeves compartilharam seu testemunho da veracidade do evangelho e da divindade do Livro de Mórmon.

Vários membros do Distrito Kuala Lumpur depois compartilharam com a congregação seu testemunho do Livro de Mórmon e as experiências de receber revelação pessoal de sua veracidade, que sempre incluíam sincera oração individual.

O Élder Wilson e sua mulher também compartilharam seu testemunho do Livro de Mórmon e do evangelho. O Élder Wilson descreveu como ler o Livro de Mórmon com um membro menos ativo ou um amigo não membro pode resultar na conversão completa, mesmo quando a pessoa não gosta de ler ou tem estado em contato com a Igreja por muitos anos sem conversão.

A irmã Susan Ho, antigo membro do Ramo Subang Jaya, do Distrito Kuala Lumpur Malásia, comentou: “a irmã Reeves (…) me ajudou a repensar meu próprio testemunho do Livro de Mórmon, quando fui convertida à Igreja, e reforçou meu conhecimento de que o Livro de Mórmon é verdadeiro. Recebi um chamado para despertar, pois já estava na hora de ler o Livro de Mórmon novamente”.

Taiwan

“Ficamos emocionados com a grande força e a dedicação dos membros em Taiwan”, testificaram o irmão e a irmã Reeves. “Estamos muito felizes por sua vida fiel e a frequência consistente ao templo. (…) Os membros são exemplos amáveis para seus amigos e vizinhos”.