Qual é o teu lugar santo?

  Silvia Díez Adriano, editoras das Páginas Locais e Web Master do LDS.org de Portugal

  • 2 July 2013

Líderes e jovens que participaram no CEJ Express 2013 no Porto

O dia 29 de junho de 2013 no Centro de Estacas do Porto foi um “lugar santo”. Aproximadamente 100 jovens das estacas do Porto e Porto Norte juntaram-se para desfrutar duma atividade única: o CEJ Express, uma conferência especial para jovens, que utiliza o programa da Universidade de BYU, Especially for Youth.

Dirigidos e orientados pelo Comité de CEJ Express: José e Céu Cavaco, Administradores; Dinis e Silvia Adriano, Diretores de Sessão; Hugo e Cristiana Macedo e Pedro e Nádia Freitas, Conselheiros Motivadores; e um conjunto de 17 maravilhosos conselheiros: Nadine Monteiro, Diana Almeida, Vanessa Fernandes, Elizandra Sequeira, Jéssica Marinho, Isabel Cardoso, Liliana Sousa, Daniela Adriano, Cátia Gago, Daniel Adriano, Carson Bennett, Andy Nelson, Raynerson Maia, Miguel Mota, Ricardo Macedo, Miguel Rissi e Pedro Braga. Os jovens passaram um dia cheio de atividade, ensino e diversão.

O programa incluiu as boas vindas e uma sessão de orientação, um devocional com o tema da Mutual deste ano: “Permanecei em lugares santos…”, preparação de gritos de guerra e estandartes, apresentação dos mesmos, jogos, show de talentos, baile, concerto das músicas do tema e uma “fotografia de família”.

Um excelente comité local preparou para todos os participantes e líderes umas deliciosas refeições.

Os jovens participantes do CEJ e alguns líderes expressaram qual é o seu “lugar santo”:

Filipa P., Matosinhos. O meu lugar santo é quando estou a ter seminário. O ano passado eu tinha aulas sozinha, mas agora a classe tem muitos jovens e partilhamos juntos experiências espirituais.

Ana Sofia V., Gaia 2. O meu lugar santo foi quando batizei a minha tia no templo. Pude sentir que ela estava feliz e grata.

Rafael D., Ermesinde. O meu lugar santo é o lar, porque adoro a minha família e quando ajudamos em casa ficamos bem-dispostos, ficamos com um bom sentimento. Também gosto quando fazemos a reunião familiar.

Nataniel C., Póvoa de Varzim. O meu lugar santo é a minha bicicleta, porque é quando estou a andar de bicicleta que pondero sobre o estudo das escrituras e outras coisas e é ali que faço muitas de minhas escolhas.

Inês N., Viana do Castelo. O meu lugar santo é a imagem de Jesus Cristo pois dá-me paz, conforto, proteção e faz-me querer ser uma pessoa melhor.

Nicole C., Vila Real. O meu lugar santo é a minha horta. É onde posso ver o milagre da vida que Deus criou para todos nós. Onde sinto o Espírito e vejo que Deus criou o mundo para nós.

Jéssica P., Bragança. Sempre que leio e pondero as escrituras estou num lugar santo, pois sinto que Deus me ajuda e responde as minhas orações, eu sinto que ele me ama.

Geovânia C., Porto. O meu lugar santo é a capela, em especial a sala das Moças, porque fui designada recentemente conselheira, o que tem sido muito bom e edificante. Preparar as aulas tem-me ajudado a estudar e ponderar mais sobre as escrituras e a manter-me firme.

Raquel S., Porto. O meu lugar santo é procurar nomes para a minha história da família, porque me ajuda a sentir o Espírito e dá-me uma grande alegria conhecer as minhas origens. O Espírito de Elias pode realmente aconselhar-nos e ajudar-nos.

João R. O meu lugar santo é em casa a conversar com a minha mãe, porque a amo.

Constança F., Vila Real. O meu lugar santo é a minha casa. Temos muitas imagens da família e do templo, isso inspira o bem-estar.

Luana, Póvoa de Varzim. Há um lugar perto da minha casa, na praia, onde vou para me afastar do ruido do mundo. Esse é meu lugar santo. Lá posso sentir o Espírito e estudar as escrituras e já recebi muitas respostas para minha vida lá. Quando estou perto da natureza também me sinto mais perto do Pai Celestial.

Daniel, Matosinhos. O meu lugar santo é o meu quarto, ao estar sozinho posso pensar, ponderar, refletir e ler as escrituras abertamente.

Sónia A., Guimarães. O meu lugar santo é no EFY-CEJ, porque lá sinto que não sou diferente, que pertenço a um lugar e que partilho com outros os mesmos padrões.

Ana V., Gaia. O meu lugar santo foi quando fui batizada por ser um momento muito importante na minha vida.

Inês C., Setúbal. O meu lugar santo é no Seminário porque é onde sinto o Espírito e posso aprender mais sobre o evangelho. Sinto-me em paz , longe do mundo, perto do Pai Celestial.

Bárbara M., Porto. O meu lugar santo é o Seminário. Posso sentir um Espírito incrível e posso me divertir com os meus amigos, mas ao mesmo tempo sinto-me mais perto do evangelho.

Tatiana, Porto. O meu lugar santo é meu lar, porque me sinto bem com a minha família.

João P., Bragança. O meu lugar santo é a minha família, porque me ajuda sempre a ser mais forte no espírito.

Beatriz P., Porto. O meu lugar santo é o templo porque foi lá que senti o Espírito pela primeira vez e foi realmente gratificante para mim.

Tiago M., Porto. O meu lugar santo foi na pia batismal, senti-me cem por cento puro.

Solange P., Viana do Castelo. O meu lugar santo é o meu pensamento porque eu decido aquilo que entra no “palco” da minha mente e isso ajuda-me a permanecer santa.

Lucas S., Porto. O meu lugar santo é o meu lar e minha família.

Tiago D., Porto. O meu lugar santo é quando estou com a minha família porque me faz sentir alegre e com o Espírito.

João B., Gaia. O meu lugar santo é a minha casa, porque tendo a família toda na Igreja, o Espírito habita nela todos os dias a toda hora.

Cláudia C., Viana do Castelo. O meu lugar santo é a casa do meu namorado porque eu sou apenas uma investigadora e sinto-me bem com a maneira que esta comunidade vive.

Rita, Gaia. O meu lugar santo é ouvir os sussurros do Espírito.

Sérgio C., Lisboa. O meu lugar santo é qualquer lugar onde esteja o Espírito e onde estejam também os meus amigos verdadeiros, porque eles são uma fonte de inspiração para mim.

Bruna, Viana do Castelo. O meu lugar santo é a capela, porque lá encontro paz, tal como em casa.

Ruben V., Gaia. O meu lugar santo é a minha capela, porque cada vez que vou lá saio sempre com um grande espírito e com vontade de continuar a seguir a Deus.

David F., Maia. O meu lugar santo é onde posso orar e estudar as escrituras e fortalecer-me com a minha família.

Daniel M., Porto. O meu lugar santo é a minha casa, porque todos nos damos bem e tentamos sempre ajudar-nos uns aos outros.

Kenny W., Ermesinde. O meu lugar santo é a capela, porque nela eu sinto o Espírito forte. É um lugar abençoado.

Ana M., O meu lugar santo é o meu corpo e o meu coração. Através dele posso ser uma melhor pessoa.

Vinicius, Porto. O meu lugar santo é a casa da minha avó, porque ela é muito fiel à Igreja.

Manuel G., Gaia. O meu lugar santo é qualquer lugar onde o Espírito esteja, porque somos santos quando estamos com ele.

Amélia Q., Gaia. O meu lugar santo é a Igreja porque, lá sinto o Espírito constante e sinto-me bem de corpo e alma.

Cristiana O., Póvoa de Varzim. O meu lugar santo é o meu lar, lá eu sinto o Espírito Santo.

José P., Matosinhos. O meu lugar santo é o lar, porque eu e a minha família estamos com Deus.

Rúben R., Gaia. O meu lugar santo é o templo, porque quando vou lá desligo-me das tentações do mundo e é onde sinto mais o Espírito.

Eunice C., Braga. O meu lugar santo é o templo e a minha capela. São os sítios onde posso ir e sentir-me bem comigo mesma.

Cléa S., Maia. O meu lugar santo é o meu quarto, pois é o lugar onde posso estudar as escrituras e ouvir os sussurros do Espírito. É onde realmente consigo receber revelação pessoal.

Carlos B., Maia. O meu lugar santo é a minha estaca.

Vanessa O. O meu lugar santo é a Igreja, porque lá consigo sentir o Espírito.

Brayan H., Bragança. O meu lugar santo é minha casa, porque todos permanecemos com o Espírito e sempre temos muitas gravuras que nos lembram do Salvador.

Thomas M., Braga. O meu lugar santo é a minha casa, porque estou com a minha família.

Francisca A., Braga. O meu lugar santo é o templo, pois é o melhor lugar para nos sentirmos perto do Pai Celestial.

João F., Braga. O meu lugar santo é a minha casa e o templo. Estes são os lugares onde o meu coração está rodeado de amor e do Espírito Santo. Sei que sou verdadeiramente abençoado por Deus.

André S., Vila Nova de Gaia. O meu lugar santo é a minha casa, porque estou com a minha família e podemos ler juntos as escrituras.

Jerson A., O meu lugar santo é a minha casa, porque é onde estou com a minha família e os meus amigos.

Abel V., Gaia. O meu lugar santo é o lar, é onde eu me sinto bem.

Bruna B., Póvoa de Varzim. O meu lugar santo é quando estou em casa, porque me sinto feliz.

Gabriela Q., Vila Nova de Gaia. O meu lugar santo é meu lar, porque posso estudar as escrituras.

Cíntia C., Braga. O meu lugar santo é a minha casa, a Igreja e o templo. São lugares onde habita o Espírito com pessoas limpas, onde me posso arrepender, ler e estudar as escrituras.

Ricardo M., Matosinhos. O meu lugar santo é a minha capela, porque sentimos o Senhor em cada coisa que fazemos.

Raquel N., Viana do Castelo. O meu lugar santo é a minha casa, porque me sinto a vontade e com o Espírito Santo.

Tomás A., Porto. De todos os lugares que eu posso considerar santos, o meu preferido é o templo, pois é um lugar de refúgio do mundo, um lugar de paz, revelação e sabedoria.

Ingrid L., São João da Madeira. O meu lugar santo é a Igreja, porque me sinto mais segura.

Pedro G., Gaia. O meu lugar santo é onde consigo sentir paz.

Joel E., Braga. O meu lugar santo é o meu quarto, porque é o sítio onde me sinto mais seguro e à vontade para orar e ler as escrituras.

Bruna S., Porto. O meu lugar santo é o meu lar onde tenho o conforto da minha família e sinto o Espírito.

Marlene S., Gaia. O meu lugar santo é a minha casa, porque é onde me sinto bem junto a minha família.

Judy A., Matosinhos. O meu lugar santo é na minha sala, porque é onde eu canto e toco alguns hinos.

João P., Porto. O meu lugar santo é o meu quarto, porque é o único lugar calmo e tranquilo em que eu consigo estar sozinho e sentir o Espírito.

Igor G., Matosinhos. O meu lugar santo é a capela, porque convivemos com pessoas que tem os mesmos valores que nós.

David, Viana do Castelo. O meu lugar santo é na minha casa, porque é onde me sinto bem.

Joana V., Gaia. O meu lugar santo é o templo, porque me sinto bem lá.

Elca A., Porto. O meu lugar santo é sentir-me bem.

Alexandre C., Setúbal. O meu lugar santo é junto dos meus amigos, porque eles fazem-me sentir feliz.

Alejandro L., São João da Madeira. O meu lugar santo é a minha casa, pois é um sitio onde tenho paz para orar e estudar as escrituras.

David A., Lisboa. O meu lugar santo é o meu lar, porque é onde eu me sinto melhor e sei que lá vou cumprir todos os mandamentos e sentir o Espírito Santo.

Débora, Viana do Castelo. O meu lugar santo é a capela, porque nós não somos muitos membros mas isso faz com que sejamos mais fortes e unidos. Consigo sentir muito o Espírito.

Emanuelle S., Porto. O meu lugar santo é a Igreja, o templo, o meu lar e a minha família. Sinto-me muito bem quando estou em um desses lugares e sei que o Pai Celestial está sempre comigo.  A minha família é muito importante para mim e os ajudo sempre que é preciso.

Pedro V., São João da Madeira. O meu lugar santo é o meu ramo, porque é um lugar maravilhoso no qual eu gosto de estar todas as semanas com os meus bons amigos e aprender sobre o evangelho de Jesus Cristo.

Henrique A., Lisboa. Onde quer que eu esteja esse é o meu lugar santo, porque devemos ser testemunhas de Jesus Cristo em todos os momentos e em todos os lugares.

Ana R., Guimarães. O meu lugar santo é o EFY-CEJ, pois somos todos iguais aos nossos olhos.

Daniel F., Maia. O meu lugar santo é o meu lar, porque me oferece proteção em relação aos problemas e tentações do mundo.

Isabel Cardoso, Porto. Conselheira CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é o programa de Adultos Solteiros porque nos divertimos, partilhamos experiências e fortalecemo-nos.

Liliana Sousa, Porto. Conselheira CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é o programa de Jovens Adultos Solteiros onde encontro amigos verdadeiros.

Jéssica Marinho, Braga. Conselheira CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é onde me sinto mais perto de Jesus Cristo e do Pai Celestial.

Pedro Braga, Gaia. Conselheiro CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é a minha família, porque sei que pode ser eterna.

Diana Almeida, Matosinhos. Conselheira CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é o Instituto porque aprendo com os meus amigos à minha volta e cresço espiritualmente.

Miguel Rissi, Porto. Conselheiro CEJ Express 2013 Porto. Eu sou o meu lugar santo.

Miguel Mota, Gaia. Conselheiro CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é a Reunião Sacramental porque posso sentir o Espírito Santo.

Nadine Monteiro, Ermesinde. Conselheira CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é qualquer sítio onde eu e o meu marido estivermos. Porque ambos lutamos diariamente por fazermos do nosso coração um lugar santo.

Elizandra Sequeira. Conselheira CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é o templo. Foi o lugar onde pude passar uma semana apenas dedicada à oração, estudo das escrituras e a fazer ordenanças pelos mortos. Pude sentir o amor do Pai Celestial e de Jesus Cristo e me senti muito próxima deles.

Daniela Adriano. Conselheira CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo são todos os locais onde posso sentir o Espírito Santo.

Hugo Macedo. Conselheiro CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é a minha casa, o meu lar onde quer que esteja. Ao seguir os princípios do evangelho de Jesus Cristo sou uma influência positiva para aqueles que estão ao meu redor.

Cristiana Macedo. Conselheira CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é os meus “dates” com o Hugo!! Vamos jantar fora ou passear e conversar sobre os nossos planos e metas. Para mim esses lugares são lugares santos!

Pedro Freitas. Conselheiro CEJ Express 2013 Porto. Considero o meu casamento, ou junto da minha esposa um lugar santo, porque temos o mesmo objetivo e visão, regressar a viver na presença do nosso Pai Celestial.

Daniel Adriano. Conselheiro CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é a casa, o lar. É o melhor sítio para aplicar os ensinamentos de Cristo. Onde quer que esteja, o que estiver a acontecer, sei que posso contar com uma família que me ama e um lar onde posso sentir os Espírito do Senhor.

Paulo Adriano. Produtor CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é o meu lar, onde está a minha mulher e os meus filhos.

José Cavaco. Administrador CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é o meu lar. Porque nele há paz e harmonia e o Espírito Santo habita nele.

Céu Cavaco. Administradora CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é no meu lar. Onde posso ser eu própria e sinto o conforto e o Espírito do Senhor mais forte.

Dinis Adriano. Diretor de Sessão CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é quando estou com os jovens, porque a alegria e energia deles fazem-me ser uma melhor pessoa. O meu lar é também um lugar santo para mim, pois amo e sou amado.

Silvia Díez Adriano. Diretora de Sessão CEJ Express 2013 Porto. O meu lugar santo é quando estou a servir às pessoas a quem mais amo, a minha família e aos meus irmãos na Igreja.