A Irmã Dalton Convida os Adultos Solteiros a Realizarem Coisas Grandiosas

  Heather Whittle Wrigley, Notícias e Acontecimentos da Igreja

  • 12 Outubro 2011

Na terça-feira, a Presidente Geral das Moças Elaine S. Dalton falou aos adultos solteiros na BYU–Idaho sobre sua capacidade e oportunidade de realizar coisas grandiosas.

Destaques do Artigo

  • Sonhem alto — Acreditem em si mesmos agora e em que têm o potencial de tornarem-se.
  • Saiam da zona de conforto — Para tornarmo-nos como Deus, precisamos mudar e utilizar a Expiação.
  • Prossigam com fé — Precisamos ter um testemunho de Jesus Cristo.

“Seus dons, talentos e sua preparação agora irão ajudá-los a cumprir sua missão divina, que cada um de nós tem. (…) Portanto hoje, digo a cada um de vocês (…) ousem fazer coisas grandiosas!” — Elaine S. Dalton, presidente geral das Moças.

Em 11 de outubro de 2011, Elaine S. Dalton, Presidente Geral das Moças, falou a milhares de estudantes universitários na BYU-Idaho e convidou-os a realizarem coisas grandiosas.

A irmã Dalton, que é uma maratonista ávida, fez um paralelo entre a disciplina necessária para preparar-se para uma maratona e a preparação necessária na vida — “fazer um plano; treinamento severo; colinas; um caminho traçado; belas paisagens; torcida; cair e voltar para o percurso; contusões; postos médicos; e, é claro, uma linha de chegada.”

“Vocês foram reservados para estar aqui na terra neste momento. Vocês foram preparados e receberam tutoramento especial para seu destino neste momento. Vocês não são comuns”, ela disse às pessoas que ouviam o discurso. “Seus dons, talentos e sua preparação agora irão ajudá-los a cumprir sua missão divina, que cada um de nós tem. (…) Portanto hoje, digo a cada um de vocês (…) ousem fazer coisas grandiosas!”

A irmã Dalton disse que fazer coisas grandiosas requer (1) sonhar alto, (2) sair da zona de conforto e (3) prosseguir com plena autoconfiança, confiando na força do Senhor.

Sonhar Alto

A irmã Dalton incentivou os jovens adultos a acreditar em si mesmos e a acreditar em que podem tornar-se.

Ela contou a história do australiano Cliff Young, um homem de 61 anos de idade que estabelecera um novo recorde em uma corrida de 875 quilômetros em 1983 ficando sem dormir e trotando em um ritmo constante durante os cinco dias de corrida.

“Conseguimos perseverar. Precisamos nos preparar e nossa vida toda é uma preparação”, afirmou a irmã Dalton. “Há muitas lições e cada uma delas é adaptada a fim de servir para vocês. O que eu sei e aprendi é que tudo o que vale a pena ser feito não é fácil e que conseguimos fazer qualquer coisa que não é fácil se acreditarmos.”

Sair da Zona de Conforto

“De tudo o que já li nas escrituras, não acredito que o Senhor gosta de ver-nos na zona de conforto”, riu a irmã Dalton. “Por muitas vezes Ele tira Seus servos escolhidos das zonas de conforto e os desafia com as circunstâncias, provações e oportunidades de tornarem-se mais e de fazerem mais.”

Ela desafiou os jovens adultos solteiros a pararem de sair sem propósito. Às mulheres ela disse, “Parem de competir umas com as outras pela atenção dos homens disponíveis na sala. Façam-se de difícil. (…) Esperem até que eles lhe deem um telefonema pessoalmente e peçam para sair com vocês.”

“Rapazes”, ela disse, “Coloquem a carteira para trabalhar a fim de garantirem seu futuro. Iniciem sua busca por uma companheira eterna com seriedade.”

A irmã Dalton também lembrou aos espectadores da necessidade do retorno à virtude: “O retorno é o arrependimento e o arrependimento é progresso. É uma dádiva concedida a nós pelo Salvador no Getsêmani. (…) Ele tornou possível a cada um de nós arrepender-se, retornar, mudar e tornar-se como Ele. Para fazer isso também precisamos estar dispostos a sair das zonas de conforto — mudar.”

Prosseguir com Fé

Por último, a fim de fazer coisas grandiosas, precisamos prosseguir com plena confiança no Senhor, afirmou a irmã Dalton.

Falando sobre os pioneiros, ela disse, “Fico pensando nas coisas pelas quais os pioneiros tiveram que passar e (…) penso, ‘Ó, o que estamos fazendo é fácil comparado a eles’. Mas quer saber de uma coisa? Não é. O que estamos fazendo agora é crucial, não é fácil e não ficará mais fácil. Na verdade, acredito que as coisas vão ficar mais difíceis para nós e penso que teremos que ser muito fortes e firmes.”

Ela declarou que a coisa mais importante é ter um testemunho de Jesus Cristo.

“Quando você faz uma transição, nunca está só. Nosso Pai Celestial sabe exatamente onde você está e Ele estará com você”, ela salientou. “Se tiverem um testemunho de Jesus Cristo e de Seu evangelho restaurado, serão capazes de fazer qualquer uma das transições da vida.”

A fim de termos a vida que Deus tem preparada para nós, precisamos abrir mão da vida que planejamos, disse a irmã Dalton. “‘Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande recompensa’ (Hebreus 10:35). Prossigam com fé e cientes de que estão fazendo sua parte, o Senhor sempre fará a Dele.”