“Confiem no Senhor”, Diz o Presidente Uchtdorf na Estaca Califórnia

  Sarah Jane Weaver, editora assistente do Church News

  • 23 Setembro 2013

O Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência, fala à congregação durante a conferência da Estaca Inglewood Califórnia, em 15 de setembro. Ser membro da Igreja fornece oportunidades de “seguir em frente e construir uma grande coisa”, disse ele.  Fotografia de Brent Anderson.

Destaques do Artigo

  • O Presidente Uchtdorf ficou maravilhado com a força dos recém-conversos e a maravilhosa diversidade étnica da estaca Inglewood.
  • Usando uma analogia com a aviação, ele ensinou que a religião não é para ser uma fonte de limitações, mas um lar como um refúgio.
  • Embora a vida nos traga grandes adversidades, os membros da Igreja podem conseguir forças e fortalecer a outras pessoas por meio do amor e fé.

“A força de sua fé será um poder maravilhoso para as pessoas à sua volta.” — Presidente Dieter F. Uchtdorf, da Primeira Presidência

LOS ANGELES, CALIFÓRNIA

A Igreja está crescendo em todo o mundo por causa da bondade e fé dos santos dos últimos dias, disse o Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência.

“É incrível como a Igreja está crescendo”, disse ele, durante a conferência da Estaca Inglewood Califórnia, em 15 de setembro. “Vocês fazem parte desta grande obra. O evangelho é uma coisa maravilhosa”.

O Presidente Uchtdorf, no Sul da Califórnia, em uma designação de assuntos públicos, estava acompanhado na conferência de estaca por sua mulher, a Irmã Harriet Uchtdorf. Ela também se dirigiu à congregação.

O Presidente Uchtdorf falou sobre a diversidade étnica dos membros da estaca.

“Esta estaca representa uma ‛Nações Unidas' da Igreja em muitos aspectos”, disse ele ao Church News. “Foi maravilhoso ver tantos diferentes grupos étnicos e nacionalidades nesta estaca maravilhosa. A Irmã Uchtdorf e eu gostamos de estar lá com eles. Ouvimos muitos novos conversos que falaram na reunião. Foi impressionante ver como são fortes”.

Durante seu discurso para a congregação, o Presidente Uchtdorf disse que, depois de receber a designação de visitar o Sul da Califórnia, ele examinou a programação das conferências de estaca locais e sentiu que deveria visitar sua estaca.

Talvez, disse ele, tenha sido atraído para a estaca por causa de sua proximidade do aeroporto.

“Alguém disse certa vez: ‛Para a maioria das pessoas, o céu é o limite’. Para aqueles que gostam da aviação, o céu é o lar”, disse o Presidente Uchtdorf. “O mesmo acontece com o evangelho e com a religião”.

“Muitas pessoas veem a religião, os mandamentos e a fé como limitações”, disse ele. “Para aqueles que conhecem o evangelho, que sabem verdadeiramente por que nosso Pai Celestial estabeleceu Sua Igreja na Terra, eles vão aprender que isso é o lar”.

Ele chamou a atividade na A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias de uma oportunidade de ir em frente e construir algo grande e realizar o que o Senhor tem reservado para os santos dos últimos dias, “não só nesta vida, mas também na vida futura”.

“Isso é apenas o começo”, explicou o Presidente Uchtdorf.

Isso não significa que a vida seja fácil, disse ele, fazendo referência a uma família que recentemente teve que lidar com a trágica perda de entes queridos.

A Irmã Harriet Uchtdorf diz aos santos dos últimos dias do Sul da Califórnia que é maravilhoso viver em uma estaca diversificada etnicamente e incentiva os membros a darem boas-vindas a todos na Igreja, de braços abertos.

“Nem sempre temos as respostas de por que as coisas acontecem”, disse ele. “Haverá um tempo em que saberemos”.

Até lá, os santos dos últimos dias podem ajudar as pessoas ao seu redor a atravessarem momentos difíceis. “A resposta é confiar no Senhor. Confiem no Senhor”, disse ele.

Com a ajuda do Senhor, os membros da Igreja podem superar momentos difíceis, prometeu ele.

O Presidente e a Irmã Uchtdorf cumprimentam os membros da Estaca Inglewood Califórnia, no domingo, 15 de setembro.

O Presidente Uchtdorf contou ter conversado com uma mulher bonita e otimista, em seus 30 anos que luta contra o câncer. Embora tenha ido para dar-lhe consolo, percebeu, quando chegou em casa, que ele havia recebido esperança e consolo dela. “Seu testemunho do evangelho de Jesus Cristo, seu conhecimento de que o plano de salvação é verdadeiro, fez-me sair fortalecido do quarto do hospital”, disse ele. “Sim, o evangelho de Jesus Cristo nos ajuda”.

Ele pediu à congregação que procurasse à sua volta por membros de suas alas e ramos e pessoas de outras religiões que estivessem passando por situações difíceis na vida. “Fortaleçam-nos com seu amor e sua fé”.

Ele disse que a Igreja no mundo cresce e cresce por causa de membros fiéis.

“A força de sua fé será um poder maravilhoso para as pessoas a seu redor”, disse ele. “Por isso, nunca negligenciem sua fé. (...) Levantem-se e prestem testemunho da verdade. Nunca se envergonhem do evangelho de Jesus Cristo. Este evangelho de Jesus Cristo é algo maravilhoso de se ter.”

“Deixo com vocês meu testemunho, meu testemunho dessa verdade.”

A Irmã Uchtdorf disse que ela, como muitos membros dessa congregação diversificada, compreende como é mudar para um novo país e aprender um novo idioma.

É “maravilhoso para vocês viverem em uma estaca tão diversificada”, disse ela. “Vocês podem aprender uns com os outros”.

Ela disse que é uma oportunidade maravilhosa para os santos dos últimos dias aceitarem nacionalidades diferentes e dar boas-vindas a todos os membros da Igreja, de braços abertos.

A Irmã Uchtdorf, em seguida, falou de sua própria conversão.

“Entrar para a Igreja foi uma grande oportunidade”, disse ela, observando que a família dela “aprendeu sobre de onde viemos, qual é o propósito de nossa vida e onde estamos indo e que as famílias são eternas. Nós nunca havíamos ouvido isso de outra igreja”.

Disse que ainda há bilhões de pessoas na Terra que não conhecem o propósito da vida. “Simplesmente digam às pessoas por que estão aqui na Terra e para onde estão indo”, disse ela, pedindo aos membros que sejam bons missionários.

“Sou um membro feliz da Igreja de Jesus Cristo”, disse ela. “Sejam maravilhosos representantes de nosso Senhor Jesus Cristo. Espero que todos se esforcem para ser melhores”.