Quando Te Converteres

Of the Presidency of the Seventy


D. Todd Christofferson
Rogue a Deus, em nome de Cristo, que Ele escreva o evangelho em sua mente para que você tenha compreensão e tenha no coração o grande desejo de fazer a vontade Dele.

Dirijo minhas palavras particularmente aos jovens, mas espero ser útil a todos.

Há vários anos, quando servi como presidente de estaca, um homem procurou-me para confessar uma transgressão. Sua confissão surpreendeu-me. Ele tinha sido um membro ativo da Igreja por muitos anos. Perguntei-me como uma pessoa com sua experiência podia ter cometido o pecado que ele cometera. Depois de ponderar por algum tempo, dei-me conta de que aquele irmão nunca tinha realmente se convertido. A despeito de ser ativo na Igreja, o evangelho não tinha penetrado em seu coração. Era apenas uma influência externa em sua vida. Quando ele estava em ambientes saudáveis, cumpria os mandamentos, mas num ambiente diferente, outras influências podiam controlar suas ações.

Como uma pessoa faz para se converter? Como ela pode tornar o evangelho de Jesus Cristo não apenas uma influência em sua vida, mas a influência controladora e, de fato, a própria essência de seu ser? O antigo profeta Jeremias disse que a lei de Deus, o evangelho, devia estar escrita em nosso coração. Ele cita o Senhor falando a nosso respeito, o Seu povo nos últimos dias: “(…) Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo” 1 .

Você quer isso para você? Posso dizer-lhe como isso pode acontecer, mas precisa ser algo que deseje. O evangelho não pode ser escrito em seu coração a menos que você tenha o coração aberto. Sem um desejo sincero, você pode participar das reuniões sacramentais, aulas e atividades da Igreja e até fazer as coisas que lhe direi, mas não fará muita diferença. Mas se tiver o coração aberto e desejoso, ele será como o coração de uma criança. 2 Vou dizer-lhe agora o que pode fazer para se converter.

Como primeiro passo, você precisa deixar de lado todo sentimento de orgulho, algo tão comum no mundo atual. Refiro-me à atitude de rejeitar a autoridade de Deus para governar nossa vida. Essa atitude foi descrita pelo Senhor a Joseph Smith ao declarar: “Não buscam o Senhor para estabelecer sua justiça, mas todo homem anda em seu próprio caminho e segundo a imagem de seu próprio deus, cuja imagem é à semelhança do mundo (…)”. 3 Atualmente, vemos essa atitude em frases como “Faço o que bem entender”, ou “O certo e o errado dependem do que eu acho que é certo para mim”. Essa atitude é uma rebelião contra Deus, comparável a de Lúcifer que se rebelou contra Ele no mundo pré-mortal. Lúcifer rejeitou o direito que Deus tem de declarar a verdade e estabelecer a lei. 4 Satanás queria e ainda quer o poder de declarar arbitrariamente o que é certo e o que é errado. Nosso amado Criador não nos força a aceitar Sua autoridade, mas a disposição de submeter-nos a essa autoridade é o primeiro passo na conversão.

Além disso, para que o evangelho seja escrito em seu coração, você precisa saber o que ele é e passar a compreendê-lo mais plenamente. Isso significa que precisa estudá-lo. 5 Quando digo “estudar”, quero dizer algo mais do que apenas ler. É bom às vezes ler um livro de escrituras num período determinado de tempo para se ter uma visão geral de sua mensagem, mas para a conversão, você precisa se preocupar mais com o tempo que passa lendo as escrituras do que com o quanto lê nesse período. Isso acontece quando você lê alguns versículos, pondera sobre eles, lê com cuidado os versículos novamente, e à medida que pensa em seu significado, ora pedindo compreensão, faz perguntas em sua mente, espera receber inspiração e escreve esses sentimentos e idéias que lhe são concedidos para poder lembrar-se deles e aprender mais. Estudando dessa forma, talvez você não leia muitos capítulos ou versículos em meia hora, mas abrirá espaço em seu coração para a palavra de Deus, e Ele falará com você. Lembre-se da descrição de Alma sobre o que sentimos: “(…) começa a dilatar-me a alma; sim, começa a iluminar-me o entendimento; sim começa a ser-me deliciosa”. 6 Você saberá que o evangelho está sendo escrito em seu coração, que sua conversão está acontecendo, quando a palavra do Senhor proferida por Seus profetas, tanto do passado quanto do presente, começar a se tornar cada vez mais deliciosa para sua alma.

Mencionei a oração como parte de seu estudo para a compreensão das escrituras, mas suas orações não devem limitar-se a isso. No Livro de Mórmon, Amuleque nos diz que devemos orar sobre todas as coisas de nossa vida. Ele disse: “(…) deveis abrir vossa alma [para Deus] em vossos aposentos e em vossos lugares secretos e em vossos desertos”. 7 Seu Pai Celestial deseja que você ore sobre suas esperanças e temores, seus amigos e familiares, sua escola e trabalho, e as necessidades das pessoas a seu redor. Acima de tudo, você deve orar para estar pleno do amor de Cristo. Esse amor é concedido àqueles que são verdadeiros seguidores de Jesus Cristo e que o pedem com toda a energia de seu coração. 8 Esse amor é o fruto da árvore da vida. 9 Prová-lo é uma parte importante de sua conversão, porque depois de sentir o amor que o Salvador tem por você, mesmo que seja uma porção bem pequena desse amor, você se sentirá seguro, e crescerá dentro de você um grande amor pelo Senhor e pelo Pai Celestial. Em seu coração, você desejará fazer o que esses Seres Santos lhe pedem. Retire-se freqüentemente para seus aposentos, seu lugar secreto, seu deserto. Agradeça a Deus por suas bênçãos, peça Sua ajuda, peça que Ele lhe conceda o puro amor de Cristo. Às vezes será útil jejuar.

Depois de falar a respeito da oração, Amuleque mencionou outra coisa que é um elemento importante de sua conversão: o serviço ao próximo. Sem isso, disse ele: “(…) vossa oração é vã e de nada vos vale (…)”. 10 Em outras palavras, para ser convertido, você precisa não apenas abrir seu coração para o conhecimento do evangelho e o amor de Deus, mas também praticar a lei do evangelho. Você não pode compreender e apreciá-lo plenamente a menos que o aplique pessoalmente em sua vida. Jesus disse que veio para servir, e não para ser servido. 11 O mesmo se aplica a você. Você precisa olhar à sua volta e preocupar-se com os outros. Pode ser compassivo, pode estender a mão amiga, pode compartilhar, pode ajudar os outros de centenas de maneiras. Ao fazê-lo, o evangelho de Jesus Cristo se tornará parte de você.

Quero mencionar outra coisa. Antigamente, quando as pessoas queriam adorar o Senhor e buscar Suas bênçãos, freqüentemente levavam uma dádiva. Por exemplo, quando iam ao templo, levavam um sacrifício para colocarem no altar. Depois da Sua Expiação e Ressurreição, o Salvador disse que não mais aceitaria as ofertas queimadas de animais. A dádiva ou sacrifício que Ele aceita agora é de “um coração quebrantado e um espírito contrito”. 12 Ao buscar a bênção da conversão, você pode oferecer ao Senhor a dádiva de seu coração quebrantado ou arrependido e seu espírito contrito ou obediente. Na verdade, trata-se da sua própria dádiva: o que você é e em que irá tornar-se.

Há algo em você ou em sua vida que seja impuro ou indigno? Quando se livrar disso, essa será uma dádiva para o Salvador. Há algum bom hábito ou qualidade que esteja faltando em sua vida? Quando adotar isso e fizer com que se torne parte de seu caráter, estará dando uma dádiva ao Senhor. 13 Às vezes é difícil, mas será que sua dádiva de arrependimento e obediência teria valor se não lhe custasse nada? 14 Não tenha medo do esforço necessário. Lembre-se de que não precisa fazer isso sozinho. Jesus Cristo o ajudará a tornar-se uma dádiva digna. Sua graça o tornará puro, e até santo. No final, você se tornará como Ele é: “[perfeito] em Cristo”. 15

Com a conversão, você vestirá uma armadura de proteção, “toda a armadura de Deus” 16 , e as palavras de Cristo, que vêm pelo Santo Espírito, “irão dizer-lhe todas as coisas” que você deve fazer. 17

Em 1992, duas missionárias que trabalhavam em Zagrebe, na Croácia, estavam voltando para seu apartamento, certa noite. Sua última palestra tinha sido em um lugar um pouco afastado, e estava escurecendo. Vários homens no bonde fizeram comentários rudes e começaram a agir de modo ameaçador. Sentindo-se em perigo, as missionárias desceram do bonde na parada seguinte, bem no momento em que as portas estavam se fechando, para não serem seguidas. Tendo resolvido aquele problema, deram-se conta de que estavam num lugar desconhecido. Ao procurarem alguém que as ajudasse, viram uma mulher. As missionárias explicaram que estavam perdidas e perguntaram à mulher se ela poderia orientá-las. Ela sabia onde as missionárias poderiam pegar outro bonde para levá-las para casa e disse-lhes que a seguissem. No caminho, tiveram de passar por um bar cujos fregueses estavam sentados na calçada no escuro. Aqueles homens também pareciam ameaçadores. No entanto, as duas moças tiveram a nítida impressão de que eles não conseguiam vê-las. Passaram por eles, aparentemente invisíveis para aqueles que talvez tivessem o desejo de fazer-lhes mal. Quando as missionárias e sua guia chegaram à parada, o bonde certo vinha chegando. Elas viraram-se para agradecer à mulher, mas ela tinha desaparecido. 18

Aquelas missionárias receberam alguém para guiá-las e outras bênçãos para protegê-las fisicamente. Ao se converter, você terá proteção semelhante para livrá-lo das tentações e do mal. 19 Às vezes o mal não poderá encontrá-lo. Às vezes será protegido, e o mal se tornará invisível para você. Mesmo que tenha de enfrentá-lo cara a cara, poderá fazê-lo com fé, sem medo.

Falamos sobre desejo, submissão a Deus, estudo, oração, serviço, arrependimento e obediência. A partir dessas coisas, juntamente com sua dignidade e atividade na Igreja, virão o testemunho e a conversão. O evangelho não será apenas uma influência em sua vida, será a essência de quem você é. Rogue a Deus, em nome de Cristo, que Ele escreva o evangelho em sua mente para que você tenha compreensão e tenha no coração o grande desejo de fazer a vontade Dele. 20 Busque essa bênção com diligência e paciência, e a receberá, porque Deus “é misericordioso, e compassivo, (…) e grande em benignidade”. 21 Presto testemunho disso, em nome de Jesus Cristo. Amém.

Exibir Referências

  1.  

    1. Jeremias 31:33. Ezequiel disse que na conversão é como se o Senhor tirasse nosso “coração de pedra” e desse-nos um coração cheio de amor a Ele e ao Seu evangelho. (Ver Ezequiel 11:19–20.) Certamente foi isso o que aconteceu com os súditos do rei Benjamin na ocasião em que disseram que acontecera uma mudança em seu coração e que não tinham mais nem vontade de praticar o mal, tinham, sim, a vontade “de fazer o bem continuamente”. (Mosias 5:2)

  2.  

    2. Ver Mateus 8:3–4.

  3.  

    3. D&C 1:16; ver também Helamã 12:6.

  4.  

    4. Ver D&C 76:25–29.

  5.  

    5. Somos imensamente afortunados por ter à nossa disposição uma porção tão grande da palavra de Deus. Nas eras anteriores da história do mundo, bem poucas pessoas tinham um exemplar das escrituras. Elas tinham de tentar memorizar o máximo que pudessem sempre que alguém lia as escrituras em algum sermão. Que bênção sem par é a de poder ter nosso próprio exemplar das escrituras para ler sempre que quisermos. Temos a oportunidade de ver como o evangelho opera na vida de quem se converte, da época de Adão até a nossa.

  6.  

    6. Alma 32:28.

  7.  

    7. Alma 34:26.

  8.  

    8. Ver Morôni 7:47–48.

  9.  

    9. Ver 1 Néfi 11:21–23.

  10.  

    10. Alma 34:28.

  11.  

    11. Ver Marcos 10:45. Cristo disse a Pedro que quando se convertesse deveria confirmar seus irmãos. (Ver Lucas 22:32.)

  12.  

    12. 3 Néfi 9:20.

  13.  

    13. Outra coisa que pode orientá-lo além das escrituras é o livreto Para o Vigor da Juventude. (2001).

  14.  

    14. Certa vez, o rei Davi preparou-se para fazer um sacrifício ao Senhor e um súdito fiel disse que cederia ao rei o lugar, os animais e a lenha para o sacrifício, mas o rei recusou e disse: “por preço justo to comprarei, porque não oferecerei ao Senhor meu Deus holocaustos que não me custem nada”. (II Samuel 24:24)

  15.  

    15. Ver Morôni 10:32–33.

  16.  

    16. Ver Efésios 6:13–17.

  17.  

    17. 2 Néfi 32:3.

  18.  

    18. Conforme o relato da irmã Nicole Christofferson Miller.

  19.  

    19. Ver Mateus 6:13.

  20.  

    20. Ver Hebreus 8:10; 10:16.

  21.  

    21. Joel 2:13. “Achegai-vos a mim e achegar-me-ei a vós; procurai-me diligentemente e achar-me-eis; pedi e recebereis; batei e ser-vos-á aberto”. (D&C 88:63)