Teu Rosto Revela

Elaine S. Dalton

Second Counselor in the Young Women General Presidency


Elaine S. Dalton
Vocês refletem a Sua luz. Seu exemplo terá uma vigorosa influência para o bem nesta Terra.

Nunca houve melhor época para viver na Terra do que esta. Estes são “dias inolvidáveis”. 1 Esta é a época de vocês, e é uma época maravilhosa. Vocês são maravilhosas! Ao olhar para vocês e ver seus rostos radiantes, fico maravilhada por vocês serem tão boas, fortes e puras num mundo tão desafiador. Lembro-me de um poema que meu avô costumava recitar quando eu tinha a idade de vocês. Era assim:

Não é preciso me dizeres como vives a cada dia;
Não é preciso me dizeres se trabalhas ou brincas;
Pois há um barômetro fiel e comprovado que me diz essas coisas —
Não é preciso me dizer, porque teu rosto revela.
Se vives próxima de Deus e de Sua infinita graça —
Não é preciso me dizer, porque teu rosto revela. 2

Nunca me esqueci desse simples poema e sempre procurei viver de modo que meu rosto revele isso. Vejo que vocês também estão fazendo dessa maneira. Há uma luz que irradia do rosto de vocês porque vocês fizeram e cumpriram convênios com nosso Pai Celestial e Seu Filho Jesus Cristo e fizeram escolhas que as qualificam para a companhia do Espírito Santo. Expresso minha admiração por todas vocês.

O Presidente Gordon B. Hinckley disse a respeito de vocês: [Vocês são] “a melhor e [mais forte] geração de jovens da história desta Igreja”. 3 Creio que vocês foram preparadas e reservadas para estar na Terra, nesta época, quando os desafios e oportunidades são maiores. Creio que o Senhor conta com vocês para serem líderes em retidão e servirem de testemunha “em todos os momentos e em todas as coisas e em todos os lugares”. 4 Realmente podemos dizer que vocês são a “radiante esperança do futuro”. 5

Creio que vocês estão incluídas entre aqueles a que o Apóstolo Pedro se referia ao dizer: “Vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”. 6

Essa luz é a luz do Salvador. É a luz do evangelho restaurado de Jesus Cristo. Pelo modo como vocês vivem o evangelho, vocês refletem a Sua luz. Seu exemplo terá uma vigorosa influência para o bem nesta Terra. “Erguei-vos e brilhai, para que vossa luz seja um estandarte para as nações” 7 é um chamado para cada uma de vocês. É um chamado para subirem para um nível mais elevado. É um chamado para que liderem o mundo na decência, pureza, recato e santidade. É um chamado para que compartilhem essa luz com outras pessoas. É hora de “erguerem-se e brilharem”.

Será que uma jovem digna pode mudar o mundo? A resposta é um retumbante “Sim!” Vocês têm o Espírito Santo como seu guia, e Ele lhes “mostrará todas as coisas que [devem] fazer”. 8 São as coisas diárias e constantes que vocês fazem que vão fortalecê-las para serem uma líder e um exemplo: a oração diária, o estudo diário das escrituras, a obediência diária, o serviço diário ao próximo. Ao fazerem essas coisas, vocês se aproximarão mais do Salvador e se tornarão cada vez mais semelhantes a Ele. Tal como Moisés e Abinádi e outros líderes fiéis 9 , seu rosto brilhará com a chama de sua fé. “Haveis recebido sua imagem em vosso semblante?” 10 “Erguei-vos e brilhai.”

Em 1856, aos 13 anos de idade, Mary filiou-se à Igreja com sua família, na Inglaterra, viajou para os Estados Unidos e uniu-se à companhia Martin de carrinhos de mão. Em sua biografia ela relatou as dificuldades da jornada: a perda de seu irmão bebê e de seu irmão mais velho, o congelamento de seus pés e, por fim, a morte de uma irmãzinha recém-nascida e de sua mãe. Quando ela chegou ao Vale do Lago Salgado, o médico amputou-lhe os dedos dos pés, mas foi-lhe prometido pelo profeta Brigham Young que ela não precisaria amputar mais nenhuma parte de seu pé. Ela contou: “Um dia eu me sentei, chorando. Meus pés doíam muito, quando uma senhora idosa bateu na porta. Ela disse que tinha sentido que alguém precisaria dela por alguns dias. (…) Mostrei-lhe meus pés. (…) Ela disse: ‘Com a ajuda do Senhor nós ainda salvaremos os seus pés’. Ela fez um cataplasma e aplicou nos meus pés, e todos os dias depois que o médico ia embora, ela vinha e trocava o cataplasma. Ao fim de três meses, meus pés estavam curados”. 11

Mas Mary teve que ficar sentada por tanto tempo que os tendões de suas pernas ficaram rígidos e ela não conseguia esticá-las. Quando o pai viu a situação em que ela se encontrava, ele chorou. Ele massageou as pernas dela com óleo e tentou endireitá-las, mas de nada adiantou. Certo dia, ele disse: “Mary, pensei num plano para ajudá-la. Pregarei uma prateleira na parede e quando eu estiver fora de casa trabalhando, você vai tentar alcançá-la”. Ela disse que tentou durante o dia inteiro, por vários dias, até que finalmente conseguiu alcançar a prateleira. Então, o pai colocou a prateleira um pouco mais alto. Isso prosseguiu por mais três meses, e graças à diligência diária dela, suas pernas se endireitaram e ela aprendeu a andar de novo. 12

Creio que vocês estão aprendendo, tal como Mary Goble, a atingirem as prateleiras que seus líderes vão erguendo só um pouquinho de cada vez, e se forem subindo à medida que esses ideais forem sendo elevados, poderão caminhar para o futuro com confiança.

O rosto das moças da África Ocidental brilha com a luz radiante do Espírito Santo. Elas vivem os padrões de Para o Vigor da Juventude, são guiadas pelo Espírito e estão-se preparando para serem líderes. Elas amam o Senhor e são gratas por Sua luz na vida delas. Algumas daquelas jovens caminharam três horas para compartilhar seu testemunho comigo. Graças a elas, eu jamais serei a mesma.

Quando eu estava na América do Sul, as moças e suas líderes cantaram: “Eu Quero Ser como Cristo”. 13 Elas não apenas cantaram, mas realmente queriam dizer isso. Na Ásia e na Índia, as moças são um exemplo de fé, recato no vestir e pureza. Seus olhos brilham e estão cheios de alegria. As moças da Inglaterra, Irlanda e País de Gales defendem a verdade e a retidão em suas escolas. Em um mundo cada vez mais tenebroso, elas estão fazendo algo digno. Algumas de vocês são o único membro da Igreja em sua família ou em sua escola. Vocês estão fazendo uma grande diferença. Estão liderando de modo vigoroso.

Há pouco tempo, fui passear com um grupo de jovens até o cume do Pico Ensign. Olhamos dali para a Cidade de Salt Lake e para o templo e falamos sobre o sacrifício que tantas pessoas fizeram pelo evangelho. Depois, cada um dos jovens desfraldou uma bandeira. Em suas bandeiras, eles haviam desenhado símbolos de sua mensagem para o mundo: o que eles queriam defender nestes últimos dias. Fiquei emocionada ao ouvir o testemunho e o comprometimento de cada um deles. Depois, cantamos “No Monte a Bandeira” 14 e os jovens gritaram juntos: “Hurra para Israel!” 15 Repito essa exclamação hoje. Hurra para vocês! Espero que nunca hesitem em fazerem “resplandecer a vossa luz (…) para que [as pessoas] vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus”. 16 Espero que vocês também desfraldem bem alto as suas bandeiras. Sei que se vocês liderarem em retidão, esta escritura de Isaías será cumprida: “Eis que (…) o Senhor virá surgindo, e a sua glória se verá sobre ti”. 17 Ela será visível e “os gentios caminharão à tua luz, e os reis ao resplendor que te nasceu”. 18

Vejo o dia em que o mundo olhará para vocês e dirá: “Quem são vocês?” Quem são essas moças que irradiam essa luz? Por que vocês são tão felizes? Por que sabem o caminho a seguir num mundo tão confuso? E vocês se erguerão e dirão com convicção: “Somos filhas de nosso Pai Celestial que nos ama, e nós O amamos. Serviremos de testemunhas de Deus em todos os momentos e em todas as coisas e em todos os lugares”. 19

Meu chamado para vocês é o mesmo de Morôni: “Desperta e levanta-te (…) ó filha de Sião”. 20 Ele viu vocês. Viu estes dias. Estes são os seus dias! Cabe a vocês decidirem que vão “erguer-se e brilhar”. Creio que à medida que vocês despertarem e se levantarem, sua luz será um estandarte para as nações, mas também creio que seus padrões serão uma luz para as nações. Vocês foram escolhidas e separadas. Vocês se distinguiram na existência pré-mortal. Sua herança traz consigo um convênio e muitas promessas. Vocês herdaram os atributos espirituais dos fiéis, sim, de Abraão, Isaque e Jacó. Sua própria natureza reflete sua herança divina e seu destino. O fato de terem nascido meninas não foi por acaso. Suas características divinas serão magnificadas à medida que liderarem outras pessoas e se erguerem à altura de seu potencial divino. Aproximem-se do Salvador. Ele vive! Ele é a luz, a vida e a esperança do mundo. Ele vai liderá-las e dar-lhes coragem para compartilharem sua luz. Como meu avô me ensinou: “Se vives próxima de Deus e de Sua infinita graça, não é preciso me dizer, porque teu rosto revela”. Em nome de Jesus Cristo. Amém.

Exibir Referências

  1.  

    1. Oliver Cowdery, em Joseph Smith — História 1:71, nota de rodapé.

  2.  

    2. Autor desconhecido.

  3.  

    3. Gordon B. Hinckley, Teachings of Gordon B. Hinckley, [1997], p. 714.

  4.  

    4. Mosias 18:9

  5.  

    5. Gordon B. Hinckley, “Permanecer Firmes e Inamovíveis”, Reunião Mundial de Treinamento de Liderança, 10 de janeiro de 2004, p. 20.

  6.  

    6. I Pedro 2:9.

  7.  

    7. D&C 115: 5.

  8.  

    8. 2 Néfi 32: 5.

  9.  

    9. Ver Êxodo 34:30; Mosias 13:5; Mateus 17:2.

  10.  

    10. Alma 5:14.

  11.  

    11. Eugene England, “Utah, a Centennial Celebration”, revista This People, primavera de 1996, p. 21.

  12.  

    12. Ver England, revista This People, pp. 21–22.

  13.  

    13. Ver Músicas para Crianças, p. 40.

  14.  

    14. Ver Hinos, p. 4.

  15.  

    15. Ver Orson F. Whitney, Life of Heber C. Kimball, p. 266.

  16.  

    16. Mateus 5:16.

  17.  

    17. Isaías 60: 2.

  18.  

    18. Isaías 60: 3.

  19.  

    19. Tema das Moças; ver também Mosias 18:9.

  20.  

    20. Morôni 10:31.