A Expiação Pode Garantir Sua Paz e Felicidade

Richard G. Scott

Of the Quorum of the Twelve Apostles


A verdadeira e duradoura felicidade, com a força que a acompanha, bem como a coragem e a capacidade de sobrepujar as maiores dificuldades, virão quando você centralizar sua vida em Jesus Cristo.
 

O nosso Pai Celestial deseja que cada um de nós desfrute paz e felicidade na vida mortal. O nosso Mestre, Jesus Cristo, e Seus profetas ensinaram como ter essa paz e felicidade, mesmo num mundo cada vez mais desafiador, com conflitos crescentes e a intensa concentração de tentações sedutoras.

Vou ilustrar a maneira errada de buscar paz e felicidade e, depois, o modo correto, usando a analogia do montanhismo. Há pessoas que tentam escalar um rochedo difícil com um método chamado de “solo”. Sobem sozinhas, sem equipamentos, sem companheiros e sem nenhuma proteção segura. Valem-se de sua própria destreza e capacidade. Fazem-no pela emoção de correr altos riscos. E fazem-no apesar da probabilidade de um dia caírem e se ferirem seriamente ou perderem a vida. São como muitos que enfrentam os desafios e tentações da vida sem a segurança da obediência aos mandamentos de Deus e da orientação do Espírito Santo. No mundo conturbado de hoje, é quase certo que violarão leis cruciais, sofrendo, por isso, conseqüências dolorosas e destrutivas. Não façam a escalada “solo” na vida. É quase inevitável que caiam em transgressão.

Há um modo mais seguro de escalar. Quando uma dupla de montanhistas se depara com uma subida difícil, o guia, que vai à frente, escala o rochedo fincando pontos de apoio espaçados por alguns centímetros. Sua corda é ligada a esses pontos de ancoragem por um gancho chamado mosquetão. A segurança é garantida por um companheiro denominado “suporte”, estacionado numa posição sólida. O primeiro é protegido à medida que o segundo dá segurança, controlando cuidadosamente a forma como a corda é estendida. Dessa maneira, o guia tem sua proteção garantida ao subir. Caso o escalador pise em falso, o ponto de ancoragem seguramente limitará a queda. O suporte não só garante a segurança do guia, mas incentiva-o com comentários e sinais em suas comunicações. O objetivo deles é uma experiência segura e divertida ao vencerem um grande desafio. Eles empregam técnicas e equipamentos testados e comprovados. Os equipamentos essenciais incluem uma proteção segura chamada arnês, uma corda confiável e vários pontos de apoio a serem fincados na superfície da rocha, carbonato de magnésio para secar o suor das mãos e botas adequadas ou sapatos especiais que o guia usa para agarrar-se à superfície do rochedo íngreme.

A dupla estuda as regras e técnicas da escalada. Eles recebem instruções de montanhistas experientes e praticam para estar à vontade com os movimentos corretos e o uso dos equipamentos. Planejam uma rota e determinam como trabalharão juntos. Quando o guia sobe um bom trecho e acha um local conveniente e seguro, auxilia o outro segurando a corda à medida que sobe ao longo da corda estendida. Quando o guia é alcançado, o processo então é repetido. Um garante a segurança, enquanto o outro escala e insere pontos de ancoragem ao longo do percurso como proteção para casos de uma queda inesperada. Embora a escalada técnica pareça algo arriscado e perigoso, essas precauções garantem uma experiência estimulante e segura, se forem observados princípios corretos.

Na vida real, os pontos de apoio são as leis de Deus que fornecem proteção em meio a todos os desafios que você enfrentará. A corda e os mosquetões que a mantêm nos pontos de ancoragem representam a obediência a esses mandamentos. Ao aprender os mandamentos, continuar a praticá-los e contar com um plano para evitar o perigo, você terá meios seguros de obter proteção contra as tentações de Satanás. Desenvolverá força de caráter que servirá de escudo contra a transgressão. Caso você dê um passo em falso, não haverá problemas duradouros devido ao apoio ou ajuda ao seu alcance por meio do arrependimento.

Permita que o Salvador seja seu “guia” na vida. Ele disse: “Eu sou (…) a Rocha do Céu; (…) Quem entrar pela porta e subir por meu intermédio, jamais cairá”. 1 O Redentor certamente o ajudará a vencer os obstáculos mais difíceis da vida. Suas leis são âncoras protetoras absolutamente seguras que afastam o temor e garantem o sucesso num mundo que, sem elas, é perigoso. Uma vida assim certamente lhe trará paz e felicidade.

A verdadeira e duradoura felicidade, com a força que a acompanha, bem como a coragem e a capacidade de sobrepujar as maiores dificuldades, virão quando você centralizar sua vida em Jesus Cristo. A obediência aos ensinamentos Dele proporciona uma ascensão segura na jornada da vida. Essa obediência exige esforço. Ainda que nada garanta resultados instantâneos, há a certeza de que, no tempo do Senhor, as soluções virão, a paz prevalecerá e você será feliz.

Os desafios que você enfrenta e as experiências de crescimento que encontra foram concebidos como cenas efêmeras no palco de uma vida de contínua paz e felicidade. A tristeza, a angústia e a decepção são acontecimentos da vida; não devem ser a essência da vida. Não quero minimizar a dificuldade desses eventos. Quando a lição que você precisa aprender é muito importante, as provações podem ser longas, mas não devem tornar-se o seu único foco. Sua vida pode e deve ser maravilhosamente compensadora. é a sua compreensão e a aplicação das leis de Deus que darão um propósito glorioso à sua vida à medida que você cresce e vence as dificuldades. Essa perspectiva mantém as dificuldades confinadas em seu devido lugar: são trampolins para o crescimento e as grandes realizações no futuro.

O Senhor preocupa-Se com o seu crescimento e desenvolvimento pessoal. Seu progresso acelera-se quando você permite prontamente que Ele o guie em todas as experiências de crescimento que você viver, sejam agradáveis ou não. Confie no Senhor. Peça a orientação do Espírito para conhecer a vontade Dele e esteja disposto a aceitá-la. Então, você será digno da maior felicidade e das realizações mais elevadas desta experiência mortal.

A paz e a felicidade são os frutos preciosos de uma vida justa. Só são possíveis em virtude da Expiação de Jesus Cristo. Vou explicar.

Cada um de nós comete erros na vida. Eles resultam da quebra de uma lei eterna. A justiça é a parte do plano do Pai Celestial que mantém a ordem. é, para o alpinista, como a gravidade que sempre está presente. é uma amiga caso as leis eternas sejam observadas; tem efeitos negativos se forem ignoradas. A justiça garante que você receberá as bênçãos que merecer por obedecer às leis de Deus. A justiça exige também que todas as leis violadas sejam satisfeitas. Quando você obedece às leis de Deus, você é abençoado, mas não acumula pontos que podem ser usados para satisfazer outras leis que quebrar. Se não resolvidas, as leis descumpridas podem tornar a sua vida infeliz e impedir que você volte à presença de Deus. Somente a vida, os ensinamentos e principalmente a Expiação de Jesus Cristo podem libertá-lo desse impasse insolúvel.

As exigências da justiça para as leis violadas podem ser satisfeitas pela misericórdia alcançada, por meio do seu arrependimento contínuo e da obediência às leis de Deus. Esse arrependimento e essa obediência são absolutamente essenciais para que a Expiação opere seu milagre integral na sua vida. O Redentor pode pagar a sua dívida para com a justiça e conceder o perdão por meio do caminho misericordioso do arrependimento. Graças à Expiação, você pode viver num mundo onde reina a justiça assegurando que você irá reter o que recebeu pela obediência. Por meio da misericórdia Dele, você pode diminuir as conseqüências das leis infringidas.

A Expiação foi um ato abnegado com conseqüências eternas e infinitas, realizado árdua e solitariamente pelo Filho de Deus. 2 Por meio dela, o Salvador rompeu os laços da morte. Ela justifica o fato de no final sermos julgados pelo Redentor. A Expiação pode evitar uma eternidade sob o domínio de Satanás. Abrem-se as portas da exaltação para todos os que se arrependerem e forem obedientes.

Ao ponderarmos sobre a grandiosidade da Expiação, evocamos os mais profundos sentimentos de reverência, uma imensa gratidão e extrema humildade. Essas impressões podem trazer-nos uma excelente motivação para guardarmos os mandamentos Dele e nos arrependermos de modo consistente dos erros a fim de gozarmos maior paz e felicidade.

Creio que, por mais que se esforce, você nunca poderá, com a mente humana, compreender plenamente o significado eterno da Expiação nem entender totalmente como foi realizada. Só podemos imaginar, num grau mínimo, o preço que o Salvador pagou em termos de dor, angústia e sofrimento ou como foi difícil para o Pai Celestial ver Seu Filho enfrentar o incomparável desafio da Expiação. Ainda assim, você deve estudar atentamente a Expiação para compreendê-la o melhor possível. Você poderá aprender o que é necessário para guardar os Seus mandamentos e desfrutar paz e felicidade na vida mortal. Você pode tornar-se digno, com seus familiares obedientes, de viver com Ele e o Pai Celestial eternamente.

Leí ensinou a seu filho Jacó: “(…) Nenhuma carne pode habitar na presença de Deus a menos que seja por meio dos méritos e misericórdia e graça do Santo Messias”. 3

Jesus Cristo possuía méritos que nenhum outro ser poderia ter. Ele era um Deus, Jeová, antes do Seu nascimento em Belém. O Seu Pai amado não só Lhe deu o Seu corpo espiritual, mas Jesus foi também o Seu Unigênito na carne. O nosso Mestre levou uma vida perfeita, sem pecados, e assim estava isento dos requisitos da justiça. Ele é perfeito em cada atributo, inclusive no amor, na compaixão, paciência, obediência, perdão e humildade. A Sua misericórdia paga a nossa dívida com a justiça quando nos arrependemos e obedecemos a Ele. Afinal, mesmo com o nosso máximo empenho para obedecer aos Seus ensinamentos, ainda assim somos incapazes. Mas por causa da Sua graça seremos “salvos, depois de tudo o que pudermos fazer”. 4

Testifico que, com sofrimento e agonia inimagináveis e pagando um preço incalculável, o Salvador adquiriu o direito de ser o nosso Redentor, nosso Intermediário, o nosso Juiz Final. Sei que Ele vive e que ama você. Com consistência, torne-O o seu “guia” na vida. As âncoras seguras das leis Dele garantirão segurança e sucesso quando você escalar os desafios que surgirem. Você não cairá em transgressões sérias. Terá uma vida de paz e felicidade, coroada da exaltação no reino celestial. Em nome de Jesus Cristo. Amém.

Exibir Referências

  1.  

    1. Moisés 7:53 (grifo do autor).

  2.  

    2. Ver D&C 133:50, 52–53.

  3.  

    3. 2 Néfi 2:8, ênfase do autor.

  4.  

    4. 2 Néfi 25:23.