Pular para a Navegação Principal
Outubro 2015 | Ter Olhos para Ver e Ouvidos para Ouvir

Ter Olhos para Ver e Ouvidos para Ouvir

Outubro 2015 Conferência Geral

Se olharmos para Cristo e abrirmos nossos olhos e nossos ouvidos, o Espírito Santo vai abençoar-nos para ver o Senhor Jesus Cristo trabalhando em nossa vida.

Em Seu ministério mortal, Jesus realizou milagres tão poderosos de cura e ensinou com tamanha autoridade e poder que as escrituras dizem que “a sua fama correu por toda a Síria, (…) e seguiam-no grandes multidões”.1

Alguns que O viram curar e O ouviram ensinar O rejeitaram. Outros O seguiram por um tempo, mas depois deixaram de andar com Ele.2 O Senhor Jesus Cristo estava diante deles, mas não viram quem Ele realmente era. Estavam cegos e decidiram se afastar. A respeito deles, Jesus disse:

“Vim aos meus e os meus não me receberam”.3

“Com os ouvidos ouviram pesadamente, e fecharam os olhos.”4

Contudo, houve muitos homens e muitas mulheres, incluindo Seus fiéis apóstolos, que centralizaram sua vida Nele. Embora se tenham debatido com distrações mundanas, com confusão em relação ao que Ele ensinava e até com temor, eles acreditaram Nele, amaram-No e O seguiram.

A respeito deles, Jesus disse: “Bem-aventurados os vossos olhos, porque veem, e os vossos ouvidos, porque ouvem”.5

Pouco antes de Seu sofrimento no Getsêmani e no Calvário, Jesus fez a Seus discípulos esta extraordinária promessa: “Aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas; porque eu vou para meu Pai”.6

Jesus cumpriu essa promessa: começando no Dia de Pentecostes, os discípulos foram abençoados com o batismo de fogo e do Espírito Santo.7 Por meio da fé deles em Cristo, do arrependimento e da obediência, o Espírito Santo tornou-Se companheiro deles, mudou-lhes o coração e os abençoou com um duradouro testemunho da verdade.

Essas dádivas e bênçãos fortaleceram os discípulos do Senhor. Embora a época em que viviam fosse perigosa e desorientadora, eles receberam o dom espiritual de olhos para ver e ouvidos para ouvir. Pelo poder do Espírito Santo, eles começaram a ver a verdade das coisas como realmente são, especialmente no tocante ao Senhor Jesus Cristo e a Sua obra entre eles.8 O Espírito Santo iluminou-lhes o entendimento, e eles ouviram a voz do Senhor com maior clareza. O evangelho de Jesus Cristo penetrou-lhes profundamente no coração.9 Foram firmes e obedientes.10 Pregaram o evangelho com destemor e vigor, e edificaram o reino de Deus.11 Tiveram alegria no Senhor Jesus Cristo.

Temos muito em comum com aqueles homens e aquelas mulheres fiéis do meridiano dos tempos. Nós também vivemos em uma época na qual o Senhor Jesus Cristo opera milagres entre nós — incluindo curar os enfermos, purificar-nos do pecado, mudar nosso coração e oferecer a salvação para os filhos de Deus de ambos os lados do véu. Em nossos dias, também temos profetas e apóstolos vivos, o poder do sacerdócio, dons espirituais e as divinas bênçãos das ordenanças de salvação.

Vivemos em uma época perigosa — uma época de grandes males e tentações, uma época de confusão e comoção. Nestes tempos perigosos, o profeta do Senhor na Terra, o Presidente Thomas S. Monson, conclamou-nos a resgatar os feridos em espírito,12 a defender a verdade com coragem13 e a edificar o reino de Deus.14 Seja qual for o nível de espiritualidade, fé ou obediência que tenhamos agora, não será suficiente para o trabalho que temos pela frente. Precisamos de mais luz e poder espirituais. Precisamos de olhos que vejam mais claramente o Salvador operando em nossa vida e ouvidos que ouçam Sua voz mais profundamente em nosso coração.

Essa maravilhosa bênção nos advém quando abrimos o coração e recebemos,15 verdadeiramente recebemos, o Senhor Jesus Cristo, Sua doutrina e Sua Igreja em nossa vida. Não temos que ser perfeitos, mas precisamos ser bons e tornar-nos melhores. Precisamos nos esforçar para viver as simples e claras verdades do evangelho. Se tomarmos sobre nós o nome de Cristo, se agirmos com fé Nele para arrepender-nos de nossos pecados, guardarmos os Seus mandamentos e sempre nos lembrarmos Dele, receberemos a companhia do Espírito Santo por meio da misericórdia e graça de Jesus Cristo.

A simples obediência traz o Espírito para dentro de nosso coração. Em nosso lar, oramos com fé, examinamos as escrituras e santificamos o Dia do Senhor. Em nossas capelas, tomamos o sacramento e fazemos promessas sagradas a nosso Pai Celestial em nome de Cristo. Nos templos santos, participamos de ordenanças sagradas em favor de nossos irmãos e nossas irmãs que estão do outro lado do véu. Em nossa família e em nossas designações recebidas do Senhor, estendemos a mão ao nosso próximo, aliviamos seus fardos e os convidamos a vir a Cristo.

Irmãos e irmãs, sei que, se fizermos essas coisas, o Espírito Santo virá! Vamos crescer espiritualmente e adquirir experiência com o Espírito Santo, e Ele será nosso companheiro. Se olharmos para Cristo com olhos e ouvidos abertos, seremos abençoados pelo Espírito Santo e, assim, veremos o Senhor Jesus Cristo operando em nossa vida, fortalecendo nossa fé Nele com segurança e convicção. Cada vez mais veremos todos os nossos irmãos e todas as nossas irmãs da forma como Deus os vê, com amor e compaixão. Ouviremos a voz do Salvador nas escrituras, nos sussurros do Espírito e nas palavras dos profetas vivos.16 Veremos o poder de Deus derramado sobre Seu profeta e sobre todos os líderes de Sua Igreja verdadeira e viva, e saberemos com certeza que esta é a santa obra de Deus.17 Veremos e entenderemos a nós mesmos e o mundo ao nosso redor como o Salvador vê e entende. Passaremos a ter o que o Apóstolo Paulo chamou de “a mente de Cristo”.18 Teremos olhos para ver e ouvidos para ouvir e edificaremos o reino de Deus.

A vida pode tornar-se árdua, confusa, dolorosa e desanimadora. Presto-lhes meu testemunho de que, por meio da companhia do Espírito Santo, a luz do evangelho de Jesus Cristo vai dissipar a confusão, a dor e as trevas. Seja com extraordinário vigor ou fluindo gentilmente, esse glorioso poder espiritual vai irradiar amor e consolo que curam a alma arrependida e ferida, dissipar a escuridão com a luz da verdade e lançar fora o desânimo por meio da esperança em Cristo. Receberemos essas bênçãos e saberemos pelo testemunho do Espírito que o Senhor Jesus Cristo está operando em nossa vida. Nossos fardos verdadeiramente serão “[enlevados] na alegria de [nosso Redentor]”.19

Uma experiência pessoal que meu pai e minha mãe tiveram há muitos anos ilustra a importância e o poder de olhos para ver e ouvidos para ouvir. Em 1982, meus pais foram chamados para servir na Missão Filipinas Davao. Quando minha mãe abriu a carta e viu para onde eles haviam sido chamados, ela exclamou para meu pai: “Não! Você tem que ligar para eles e dizer-lhes que não podemos ir para as Filipinas. Eles sabem que você tem asma”. Meu pai sofria de asma havia muitos anos, e minha mãe se preocupava com ele.

Poucas noites depois, minha mãe acordou meu pai às 2 horas e 30 minutos da madrugada. Ela disse: “Merlin, você ouviu essa voz?”

“Não, não ouvi voz alguma.”

“Ora, ouvi a mesma voz três vezes esta noite, dizendo: ‘Por que você está preocupada? Não sabe que Eu sei que ele tem asma? Vou cuidar dele, e vou cuidar de você. Preparem-se para servir nas Filipinas’.”

Merlin e Helen Clark

Minha mãe e meu pai serviram nas Filipinas e tiveram uma experiência maravilhosa. O Espírito Santo foi companheiro deles, e eles foram abençoados e protegidos. Meu pai nunca teve problemas com sua asma. Serviu como primeiro conselheiro na presidência da missão, e ele e minha mãe treinaram centenas de missionários e milhares de santos dos últimos dias fiéis, em preparação para a chegada de alas e estacas na ilha de Mindanao. Eles foram abençoados com olhos para ver e ouvidos para ouvir.

Irmãos e irmãs, presto testemunho de Jesus Cristo. Sei que Ele vive. Ele é nosso Salvador e Redentor. Sei que, se O recebermos em nossa vida e vivermos as verdades simples e claras de Seu evangelho, vamos desfrutar a companhia do Espírito Santo. Teremos a preciosa dádiva de olhos para ver e ouvidos para ouvir. Presto testemunho disso em nome de Jesus Cristo. Amém.

Exibir ReferênciasOcultar Referências

    Notas

    1. Mateus 4:24–25.

    2. Ver João 6:66.

    3. 3 Néfi 9:16.

    4. Ver Atos 28:27; ver também Mateus 13:15.

    5. Mateus 13:16.

    6. João 14:12.

    7. Ver Atos 2:1–4.

    8. Ver, por exemplo, Atos 10:9–15.

    9. Ver Enos 1:3.

    10. Ver Atos 2:42.

    11. Ver Atos 4:8–12.

    12. Thomas S. Monson, “Olhar para Trás e Seguir em Frente”, A Liahona, maio de 2008, p. 87.

    13. Thomas S. Monson, “Amor: A Essência do Evangelho”, A Liahona, maio de 2014, p. 91.

    14. Ver Thomas S. Monson, “Fé no Trabalho de Salvação,” Reunião Mundial de Treinamento de Liderança, junho de 2013, LDS.org/broadcasts.

    15. A palavra receber tem vários significados que são importantes neste contexto: “Assimilar por meio da mente ou dos sentidos, permitir que entre, aceitar como verdadeiro, acreditar e acolher” (ver Merriam-Webster’s Collegiate Dictionary, 11ª ed., 2003, “receive”).

    16. Ver Doutrina e Convênios 18:34–36; 68:3–4.

    17. O Presidente Harold B. Lee ensinou que esse testemunho é essencial para converter-nos ao Senhor (ver Harold B. Lee, “Be Loyal to the Royal within You” [Seja Fiel ao Que Há de Nobre em Você], Devocional da Universidade Brigham Young, 11 de setembro de 1973, p. 4; speeches.byu.edu).

    18. 1 Coríntios 2:16.

    19. Alma 27:17; ver também Alma 31:38.