Manual 2:
Administração da Igreja

 

3.2 Princípios de Liderança do Evangelho

 3.2.1

Preparação Espiritual

O Salvador ordenou a Pedro: “Quando te converteres, confirma teus irmãos” (Lucas 22:32). Quando os líderes estão convertidos e crescem espiritualmente, eles tornam-se capazes de ajudar outros a se converterem e a crescerem espiritualmente.

Os líderes se preparam espiritualmente por meio da obediência aos mandamentos, do estudo das escrituras e dos ensinamentos dos profetas modernos, da oração, do jejum e de humilharem-se perante o Senhor. Com essa preparação, eles são capazes de receber inspiração para orientá-los na vida pessoal, em suas responsabilidades familiares e em seus chamados.

 3.2.2

Participar de Conselhos

Nos conselhos, os líderes se reúnem sob a direção das autoridades presidentes para discutir maneiras de ajudar as pessoas e as famílias. Guiados pelo Espírito Santo, trabalham em conjunto para encontrar maneiras eficazes de servir os membros de suas organizações. Alguns exemplos de conselhos na Igreja são o conselho da ala, o conselho da estaca, os bispados e as presidências de quóruns e das auxiliares. Para orientação sobre a participação em conselhos, ver o capítulo 4.

 3.2.3

Ministrar às Pessoas

Tal como o Salvador, os líderes procuram ministrar às pessoas e às famílias, tanto nas coisas espirituais como nas materiais. Eles se importam com cada pessoa, cuidam delas e não se concentram apenas em administrar uma organização. Estendem a mão para os membros novos e menos ativos e para todos os que estejam solitários ou necessitem de consolo.

O propósito do ministério é ajudar as pessoas a tornarem-se verdadeiras seguidoras de Jesus Cristo. Ministrar às pessoas inclui:

  • Lembrar o nome delas e conhecê-las (ver Morôni 6:4).

  • Amá-las sem julgá-las (ver João 13:34–35).

  • Zelar por elas e fortalecer-lhes a fé, individualmente, como fez o Salvador (ver 3 Néfi 11:15; 17:21).

  • Criar uma amizade sincera com elas e visitá-las em casa e em outros lugares (ver D&C 20:47).

 3.2.4

Ensinar o Evangelho de Jesus Cristo

Todos os líderes são professores. O ensino eficaz inspira as pessoas a fortalecer seu relacionamento com Deus e a viver de acordo com os princípios do evangelho.

O ensino mais vigoroso vem do exemplo pessoal do líder. Os líderes também podem ensinar nas reuniões de liderança, nas aulas e atividades, prestando testemunho e dirigindo debates com base na doutrina. Eles ensinam usando as escrituras e as palavras dos profetas modernos e sabem que “a pregação da palavra (…) [surte] um efeito mais poderoso (…) do que a espada ou qualquer outra coisa” (Alma 31:5).

Além de ensinarem o evangelho pessoalmente, os líderes do sacerdócio e das auxiliares são responsáveis pela qualidade do aprendizado e do ensino em suas organizações. Certificam-se de que o ensino em suas classes seja significativo, edificante e condizente com a doutrina.

Para mais orientações quanto ao ensino do evangelho e ao trabalho de supervisionar as medidas para a melhoria do aprendizado e do ensino, ver o item 5.5.

 3.2.5

Administrar o Sacerdócio e as Organizações Auxiliares

Os líderes alcançam mais resultados no trabalho de fortalecer as pessoas quando seguem as diretrizes estabelecidas pela Igreja. As diretrizes para a administração do sacerdócio e das organizações auxiliares encontram-se nos capítulos 7–12.