Manual 2:
Administração da Igreja

 

9.4 Reuniões da Sociedade de Socorro da Ala

 9.4.1

Reuniões Dominicais da Sociedade de Socorro

Nas reuniões dominicais da Sociedade de Socorro, as mulheres da Igreja aprendem doutrinas e princípios do evangelho que as ajudarão a ter mais fé e retidão pessoal, a fortalecer a família e o lar e a ajudar os necessitados.

Um membro da presidência da Sociedade de Socorro dirige as reuniões dominicais. A reunião começa com as boas-vindas dadas por um membro da presidência, um hino, uma oração e breves anúncios sobre oportunidades de servir, eventos próximos, pessoas enfermas e outras informações adequadas. O máximo possível de tempo é reservado para a aula sobre o evangelho. A reunião termina com um hino e uma oração.

A cada mês, a presidência da Sociedade de Socorro planeja as reuniões dominicais de acordo com o padrão a seguir.

Primeiro Domingo

Um membro da presidência da Sociedade de Socorro da ala dá a instrução no primeiro domingo. Quem der a instrução utiliza as escrituras, os ensinamentos dos profetas modernos e materiais aprovados da Igreja. As líderes da Sociedade de Socorro usam essa reunião para ensinar as doutrinas do evangelho e ajudar as irmãs a engajarem-se ativamente no trabalho da Sociedade de Socorro.

Os membros da presidência da Sociedade de Socorro buscam a orientação do Espírito para decidir os assuntos a serem ensinados. A presidente da Sociedade de Socorro pode também aconselhar-se com o bispo sobre os assuntos que ele gostaria que as irmãs discutissem. Os assuntos podem incluir o papel e as responsabilidades das mulheres no evangelho, o fortalecimento dos casais e das famílias, o trabalho das professoras visitantes, a prestação de serviços, o trabalho missionário, a retenção de conversos, a ativação, o bem-estar espiritual e material, o trabalho do templo e de história da família, e a história e os propósitos da Sociedade de Socorro. Pode ser reservado um tempo para que as irmãs prestem testemunhos.

Segundo e Terceiro Domingos

No segundo e no terceiro domingo, a aula é dada por um membro da presidência da Sociedade de Socorro ou por uma professora da Sociedade de Socorro. Quem der a aula deve usar o manual vigente da Sociedade de Socorro. As aulas geralmente são dadas na ordem em que aparecem no manual e no mesmo domingo em que são dadas nas reuniões do quórum de élderes e do grupo de sumos sacerdotes.

A presidência da Sociedade de Socorro cuida para que todas as mulheres da ala com 18 anos ou mais recebam um exemplar do manual da Sociedade de Socorro para estudo pessoal, quer essas irmãs possam assistir às reuniões dominicais da Sociedade de Socorro ou não. As líderes incentivam as irmãs que costumam estar presentes a levarem consigo seu próprio exemplar do manual para a reunião e, se possível, suas próprias escrituras.

Quarto Domingo

No quarto domingo, a aula é dada por um membro da presidência ou por uma professora da Sociedade de Socorro. Quem der a aula usa mensagens da conferência geral mais recente. O presidente da estaca ou o bispo escolhe as mensagens.

Quinto Domingo

O bispo determina o assunto a ser ensinado no quinto domingo, quem dará a aula (geralmente um membro da ala ou da estaca) e se as irmãs da Sociedade de Socorro e os portadores do Sacerdócio de Melquisedeque se reunirão em conjunto ou separadamente.

 9.4.2

Reuniões Adicionais da Sociedade de Socorro

Para suplementar as aulas das reuniões dominicais, as irmãs da Sociedade de Socorro podem participar de reuniões adicionais, que podem incluir prestação de serviços, cursos, projetos, conferências e oficinas. Nessas reuniões, as irmãs aprendem e desempenham as responsabilidades práticas e de caridade da Sociedade de Socorro. Aprendem e praticam habilidades que as ajudarão a ter mais fé e retidão pessoal, fortalecer a família, a transformar o lar em um centro de força espiritual e a ajudar os necessitados. Aprendem e aplicam princípios do viver previdente e da autossuficiência espiritual e material. Também desenvolvem um sentimento de irmandade e união ao ensinarem umas às outras e ao servirem juntas.

Todas as irmãs da Sociedade de Socorro, inclusive as que servem nas Moças e na Primária e as que não participam ativamente na Igreja, são convidadas a estar presentes. As irmãs também podem convidar suas amigas de outras religiões.

As irmãs não devem sentir que sua presença nessas reuniões é obrigatória.

A presidente da Sociedade de Socorro supervisiona todas as reuniões da Sociedade de Socorro. Como parte dessa responsabilidade, ela conversa regularmente com o bispo sobre como as reuniões podem ajudar a atender às necessidades de pessoas e famílias da ala.

Embora a presidente da Sociedade de Socorro supervisione as reuniões, ela não precisa estar presente em todas. Contudo, pelo menos um membro da presidência da Sociedade de Socorro deve estar presente em todas as reuniões.

Frequência e Local das Reuniões

A presidência da Sociedade de Socorro pondera em espírito de oração a frequência com que se devem realizar reuniões adicionais da Sociedade de Socorro e onde elas devem ser realizadas. Quando tomarem uma decisão, a presidente da Sociedade de Socorro pede a aprovação do bispo.

Essas reuniões geralmente são realizadas em outro horário, que não seja no domingo nem na noite de segunda-feira. Elas geralmente são realizadas uma vez por mês, mas a presidência da Sociedade de Socorro pode recomendar que sejam realizadas com frequência maior ou menor. Todo o possível deve ser feito para que sejam realizadas pelo menos uma vez por trimestre.

Para determinar a frequência, o local e a duração das reuniões adicionais, o bispo e a presidência da Sociedade de Socorro devem levar em consideração os compromissos das irmãs, sua situação familiar, a distância e as despesas com transporte, o custo financeiro para a ala, a segurança e outras circunstâncias locais.

Planejamento das Reuniões

As líderes da Sociedade de Socorro deliberam juntas, em espírito de oração, sobre os tópicos que vão fortalecer as irmãs e suas famílias e sobre a melhor maneira de ensinar cada tópico.

A presidente da Sociedade de Socorro assegura-se de que os planos de todas as reuniões da Sociedade de Socorro sejam aprovados pelo bispo. Assegura-se também de que todos os planos estejam de acordo com as diretrizes do capítulo 13.

Embora a presidente da Sociedade de Socorro supervisione essas reuniões, ela pode pedir a sua primeira ou segunda conselheira que assuma a responsabilidade de planejá-las e realizá-las. Ela também pode recomendar outra irmã como coordenadora de reuniões da Sociedade de Socorro para assumir essa responsabilidade (ver 9.2.5).

As reuniões podem tratar de um só tópico ou ser divididas em mais de uma turma ou atividade. Geralmente, as professoras devem ser membros da ala ou estaca. A cada ano, pode haver uma reunião comemorativa da fundação da Sociedade de Socorro que gire em torno de sua história e seus propósitos.

Durante o planejamento dessas reuniões, as líderes da Sociedade de Socorro devem dar especial atenção a tópicos que o bispo lhes pediu que abordem para ajudar a atender às necessidades locais. As líderes também devem dar prioridade aos seguintes tópicos:

Casamento e família: preparação para o casamento e a família, fortalecimento do casamento, maternidade, educação infantil, preparação dos jovens para futuras responsabilidades, incentivo e preparação das noites familiares e estreitamento dos laços com outros parentes.

Economia doméstica: aprender e aperfeiçoar habilidades de cuidado do lar e da família, como limpeza e organização, embelezamento do lar, culinária e costura.

Autossuficiência e viver previdente: finanças (orçamento, pagamento de dívidas e qualificação profissional); educação e alfabetização (estudo das escrituras e aprendizado do evangelho, ensinar outras pessoas a ler, ensinar crianças e jovens, escolha de livros para crianças, uso de computadores e outras tecnologias, conscientização cultural); saúde (saúde física, boa forma, prevenção e recuperação de dependências e vícios, saúde social e emocional, prevenção de doenças); hortas; produção e armazenamento de alimentos e preparação para emergências.

Serviço de solidariedade: cuidar dos enfermos, idosos, pessoas confinadas à moradia, deficientes, pobres e necessitados, apoio às mães com seus bebês recém-nascidos, ajuda humanitária e comunitária.

Templo e história da família: reunir e preservar dados de história da família, escrever a história da família, preparar-se para o templo e realizar o trabalho do templo.

Compartilhar o evangelho: trabalho missionário dos membros, integração de membros novos e menos ativos, aproximação com os vizinhos, ativação e retenção, acolhimento de novas irmãs na Sociedade de Socorro e preparação para a missão de tempo integral.

Classe para as Crianças

Pode ser aberta uma classe para crianças para permitir que as mães de crianças pequenas assistam às reuniões realizadas fora do domingo. Com a aprovação do bispado, a presidência da Sociedade de Socorro pede a irmãs da Sociedade de Socorro ou a outros membros da ala que supervisionem e deem aulas nessa classe. Se as aulas ficarem ao encargo das irmãs da Sociedade de Socorro, a presidência da Sociedade de Socorro deve fazer um rodízio de professoras, de modo que todas as irmãs tenham a oportunidade de assistir às reuniões. Se as aulas forem dadas por homens, a presidência da Sociedade de Socorro segue as diretrizes explicadas no item 11.8.1.

Os professores da classe para as crianças planejam atividades adequadas à faixa etária delas que lhes ensinem sobre o Pai Celestial e Jesus Cristo. Eles podem usar os manuais da Primária e outros materiais da Primária para ensinar as crianças.

Se forem oferecidos alimentos na classe para as crianças, as líderes devem primeiramente consultar os pais de cada criança para saber se há alguma restrição alimentar devido a fatores como diabetes ou alergias.