Manual 2:
Administração da Igreja

 

10.3 Liderança das Moças da Ala

Este capítulo trata de como administrar a organização das Moças de modo a fortalecer as moças individualmente e suas respectivas famílias. As líderes das Moças estudam com frequência o capítulo 3, que explica princípios gerais de liderança. Esses princípios incluem a preparação espiritual, a participação em conselhos, o serviço ao próximo e o ensino do evangelho de Jesus Cristo.

 10.3.1

Bispado

O bispo e seus conselheiros são a liderança do sacerdócio para a organização das Moças. Eles zelam individualmente pelas moças e as fortalecem, e, para isso, trabalham em estreita cooperação com os pais e as líderes das Moças.

Bispo

O bispo chama e designa por imposição de mãos uma irmã para ser a presidente das Moças. Também supervisiona o chamado e a designação de outras líderes das Moças. Ele pode encarregar seus conselheiros de chamar e designar por imposição de mãos essas líderes.

O bispo entrevista cada moça que completa o programa do Progresso Pessoal (ver 10.7.3).

Bispo e Seus Conselheiros

O bispo e seus conselheiros participam regularmente das reuniões, do serviço ao próximo e das atividades das Moças. O bispo trabalha com as Lauréis. Ele encarrega o conselheiro que trabalha com os diáconos de trabalhar com as Abelhinhas, e o conselheiro que trabalha com os mestres de trabalhar com as Meninas-Moças.

O bispo designa um de seus conselheiros para supervisionar a organização das Moças da ala. Esse conselheiro se reúne regularmente com a presidência das Moças e apresenta um relatório dos assuntos referentes às Moças nas reuniões de bispado.

O bispo entrevista cada moça pelo menos uma vez por ano. Se possível, ele entrevista cada moça de 16 e 17 anos duas vezes por ano. Se isso não for possível, ele designa um conselheiro para fazer algumas dessas entrevistas. Seis meses depois que cada moça entre 12 anos e 15 anos passar por sua entrevista anual com o bispo, ela é entrevistada pelo conselheiro do bispado que supervisiona sua classe.

Nessas entrevistas, o bispo e seus conselheiros seguem as diretrizes explicadas no Manual 1, item 7.1.7. Eles também podem consultar a Folha de Acompanhamento do Progresso Pessoal das Moças para Líderes que recebem da secretária das Moças da ala.

O bispo e seus conselheiros reconhecem cada moça na reunião sacramental quando ela passar da Primária para as Moças, quando passar para uma nova faixa etária e quando receber o Reconhecimento das Moças. Quando uma moça passa para uma nova faixa etária, um membro do bispado lhe entrega um certificado.

Os membros do bispado deliberam juntos em espírito de oração para decidir quem será chamada para ser a presidente de cada classe. Eles não escolhem essas líderes com base simplesmente na idade da moça ou por ela já fazer parte de determinada classe há mais tempo. A presidência das Moças pode recomendar moças para ser presidentes de classe (ver 19.1.1 e 19.1.2).

Quando um membro do bispado chamar uma moça para ser presidente de classe, ele pede a ela que recomende quem chamar para conselheiras e secretária. Ele a aconselha a cumprir essa responsabilidade em espírito de oração, buscando a orientação do Senhor quanto a quem recomendar. Contudo, o membro do bispado também ajuda a presidente da classe a compreender que compete ao bispado a responsabilidade final de receber inspiração sobre quem chamar.

Um membro do bispado pede a permissão dos pais antes de pedir à moça que sirva em qualquer um desses chamados.

Depois de fazer o chamado, um membro do bispado apresenta a moça à classe para voto de apoio. Depois, o bispo ou um conselheiro encarregado designa a moça por imposição de mãos. Um membro do bispado anuncia esses chamados na reunião sacramental, mas não pede voto de apoio.

A líder das Moças pode comunicar ao bispado quaisquer mudanças que se façam necessárias nas presidências de classes.

 10.3.2

Presidência das Moças da Ala

A presidência das Moças da ala é formada por uma presidente e duas conselheiras. Elas trabalham sob a direção do bispado. Também recebem orientação e apoio contínuos da presidência das Moças da estaca.

Cada membro da presidência das Moças da ala é responsável por uma das classes das Moças, da seguinte maneira:

Presidente: Lauréis

Primeira Conselheira: Meninas-Moças

Segunda Conselheira: Abelhinhas

Presidente das Moças da Ala

A presidente das Moças da ala tem as seguintes responsabilidades:

Serve como membro do conselho da ala e, como membro desse conselho, participa do trabalho de edificar a fé e fortalecer as pessoas e as famílias (ver capítulo 4). Também faz parte do comitê da juventude do bispado (ver 18.2.9).

Recomenda ao bispado irmãs para serem chamadas para trabalhar na organização das Moças. Para isso, segue as diretrizes dos itens 19.1.1 e 19.1.2.

Ensina às outras líderes das Moças seus deveres, usando este manual como fonte de consulta.

Supervisiona os registros, os relatórios e as finanças da organização das Moças da ala. A secretária das Moças ajuda nessa responsabilidade.

Presidente das Moças da Ala e Suas Conselheiras

A presidente das Moças e suas conselheiras têm as seguintes responsabilidades:

Conhecem cada moça e quais são seus talentos, interesses e desafios. Procuram maneiras de fortalecer individualmente as moças, de ajudá-las a aumentar seu testemunho e de incentivá-las a participar da organização das Moças. Dão especial atenção às moças que são membros novos e às moças menos ativas.

Dão apoio a cada moça na família dela.

Ajudam as moças a trabalhar no Progresso Pessoal. E elas mesmas também são incentivadas a fazer o Progresso Pessoal.

Podem consultar os pais e líderes do sacerdócio quanto às necessidades das moças.

Asseguram-se de que o programa das Moças da ala esteja organizado e funcionando devidamente. Como parte desse trabalho, supervisionam e instruem as consultoras e especialistas das Moças.

Frequemente dão aulas aos domingos, embora possam dividir essa responsabilidade com as consultoras das Moças. Supervisionam o trabalho de melhorar o aprendizado e ensino do evangelho na organização das Moças. Nesse trabalho, seguem os princípios descritos nos itens 5.5.3 e 5.5.4.

Participam das reuniões das presidências das classes e oferecem orientação, quando necessário.

Trabalham com as presidências de classe para planejar e realizar atividades, inclusive as da Mutual. Ajudam as presidências de classe a promover a união entre as moças.

Ensinam técnicas e qualidades de liderança às presidências de classe e outras líderes da organização das Moças (ver 10.9).

Realizam reuniões de presidência das Moças. Também se reúnem regularmente com o conselheiro do bispado que supervisiona a organização das Moças.

 10.3.3

Secretária das Moças da Ala

A secretária das Moças da ala tem as seguintes responsabilidades:

Consulta a presidência das Moças para preparar a agenda das reuniões de presidência. Assiste a essas reuniões, toma notas e acompanha as designações.

Instrui as secretárias de classe e supervisiona seu trabalho na manutenção de registros de frequência. Pelo menos uma vez por trimestre, compila os dados de frequência, examina esses dados com a presidente das Moças e os encaminha para o secretário da ala.

Assegura-se de que o bispado e a presidência das Moças estejam cientes das jovens que não frequentam regularmente as reuniões e das jovens que em breve passarão para outra classe das Moças.

Usa a Folha de Acompanhamento do Progresso Pessoal das Moças para registrar o progresso individual de cada moça à medida que a moça participa do programa de Progresso Pessoal e de outras atividades e cumpre seus chamados de liderança. Quando uma moça estiver com uma entrevista marcada com um membro do bispado, a secretária pode entregar a ele uma cópia da folha de acompanhamento da moça.

Ajuda a presidência das Moças a preparar um orçamento anual e a contabilizar os gastos.

 10.3.4

Consultoras das Moças da Ala

O bispado pode chamar consultoras das Moças para ajudar a presidência das Moças com suas responsabilidades. Cada consultora trabalha com moças de uma faixa etária específica e sob a direção do membro da presidência das Moças designado para cuidar daquela faixa etária. As consultoras têm as seguintes responsabilidades:

Ajudam a presidência das Moças e as presidências de classe a planejar e realizar atividades, inclusive a Mutual.

Podem dar aulas no domingo. Também podem ajudar a ensinar técnicas de liderança para as presidências de classe.

Podem ajudar a registrar o progresso individual de determinadas moças no programa de Progresso Pessoal.

Assistem às reuniões da presidência das Moças, quando convidadas.

 10.3.5

Presidências das Classes das Moças

Normalmente é chamada uma presidência para cada classe das Moças. Em ala ou ramo com poucas moças, pode-se chamar uma única presidência de classe para as três faixas etárias combinadas até que seja possível organizar cada grupo de moças em sua respectiva classe.

As presidências de classe têm as seguintes responsabilidades:

Zelam pelas moças da classe e integram-nas, especialmente as que são membros novos, as menos ativas e as que têm deficiências ou outras necessidades especiais. Os membros da presidência da classe oram por essas moças, passam algum tempo com elas e se tornam genuinamente suas amigas.

Ajudam as moças da classe a fazer boas amizades, aprender técnicas de liderança e viver o evangelho.

Ajudam cada moça a saber que ela é bem aceita quando passa a fazer parte da classe.

Apoiam as moças da classe no trabalho de completar o programa de Progresso Pessoal.

Realizam regularmente reuniões de presidência.

Dirigem as reuniões dominicais de suas respectivas classes.

Ajudam a planejar atividades, inclusive a Mutual.

As presidentes de classe fazem parte do comitê da juventude do bispado (ver 18.2.9).

 10.3.6

Secretárias das Classes das Moças

As secretárias de classe têm as seguintes responsabilidades:

Compilar e analisar os dados de frequência e encaminhá-los à secretária das Moças.

Consultar a presidência da classe para preparar a agenda das reuniões de presidência. Elas assistem a essas reuniões, tomam notas e acompanham as designações.

Podem ajudar a presidência da classe e as líderes das Moças a planejar atividades.

 10.3.7

Especialistas de Atividades das Moças da Ala

O bispado pode chamar especialistas para trabalhar temporariamente no planejamento e realização de atividades específicas. Por exemplo: podem ser chamadas especialistas para ajudar em atividades como o acampamento das Moças, a conferência de jovens e as atividades esportivas. Essas especialistas trabalham sob a direção da presidência das Moças da ala.

 10.3.8

Regente e Pianista das Moças

O bispado pode chamar uma regente e uma pianista das Moças. Para esses cargos podem ser chamadas mulheres adultas ou moças.

A regente escolhe e rege os hinos na abertura das Moças no domingo. Também pode ajudar as moças a aprender músicas especiais e a desenvolver aptidões musicais.

A pianista toca o prelúdio, o poslúdio e os hinos nas reuniões das Moças.