Manual 2:
Administração da Igreja

 

10.8 Atividades e Eventos

As líderes das Moças, inclusive as presidências de classe, planejam atividades baseadas nas necessidades e nos interesses das moças. Elas fazem um esforço especial para ajudar todas as moças, inclusive as que se filiaram recentemente à Igreja e as que são menos ativas. As atividades podem ajudar as moças a cumprir suas metas do programa de Progresso Pessoal. As presidências de classe devem participar o máximo possível do planejamento e da realização das atividades.

Os planos para atividades das Moças devem ser aprovados por um membro do bispado e devem seguir as diretrizes explicadas no capítulo 13.

 10.8.1

Mutual

A maioria das atividades das Moças acontece durante uma atividade chamada Mutual. O termo Mutual sugere experiências compartilhadas nas quais há respeito e apoio mútuos e em que as jovens têm oportunidades de aprendizado em grupo. As atividades da Mutual devem oferecer às jovens uma variedade de oportunidades de servir ao próximo e de desenvolvimento espiritual, social, físico e intelectual.

A Mutual geralmente é realizada uma vez por semana. Se a distância ou outras restrições tornarem isso impraticável, a Mutual pode ser realizada com menos frequência, mas deve ser realizada pelo menos uma vez por mês. A Mutual deve durar de uma hora a uma hora e meia e deve ser realizada em um dia ou uma noite da semana, que não seja o domingo nem a segunda-feira.

A presidência das Moças, sob a direção do bispado, supervisiona a Mutual das moças.

As presidências dos Rapazes e das Moças podem ocasionalmente usar as atividades da Mutual para preparação de atividades de estaca ou multiestacas (ver 13.3).

Tema Anual da Mutual

A cada ano, a Primeira Presidência anuncia um tema para a Mutual. Os líderes salientam esse tema na abertura da Mutual e em outras atividades dos jovens.

Abertura

A Mutual geralmente começa com uma breve abertura presidida por um membro do bispado. Os assistentes do bispo no quórum dos sacerdotes e membros da presidência das Lauréis se revezam na direção da reunião. Os líderes adultos preparam os líderes jovens para essa responsabilidade.

A abertura inclui um hino e uma oração e também pode incluir números musicais e oportunidades para que os jovens compartilhem seus talentos e prestem testemunho.

Atividades do Quórum e da Classe ou Atividades Conjuntas

Geralmente, depois da abertura, cada quórum do Sacerdócio Aarônico e cada classe das Moças realiza atividades separadas. Em ala ou ramo com poucas moças, todas as moças podem reunir-se para as atividades. As atividades também podem ser planejadas com qualquer combinação de quóruns e classes.

Normalmente, uma vez por mês são realizadas atividades conjuntas para todos os rapazes e as moças. Os membros do comitê da juventude do bispado marcam, planejam e analisam essas atividades em suas reuniões. As atividades são realizadas sob a direção do bispado.

Alguns exemplos de atividades adequadas são projetos de serviço, atividades de música, dança e teatro, eventos culturais, atividades esportivas ou de atletismo, orientação vocacional e atividades ao ar livre.

 10.8.2

Debates dos Jovens com o Bispado

Os debates dos jovens com o bispado são planejados e realizados pelo bispado. Esses debates, que são realizados ocasionalmente, dão ao bispado a oportunidade de abordar assuntos de interesse dos jovens e que os fortaleçam espiritualmente. Os tópicos de Para o Vigor da Juventude e Sempre Fiéis são particularmente adequados. Ocasionalmente o bispado pode convidar outras pessoas para participar. Os convidados geralmente são membros da ala ou da estaca.

Os debates dos jovens com o bispado podem ser realizados com todos os jovens reunidos ou somente com os de uma determinada faixa etária. Podem ser realizados durante a Mutual, no domingo no horário das reuniões dos quóruns e das classes das Moças, ou em outra ocasião que não sobrecarregue as famílias. O bispado determina a frequência desses debates, que são marcados nas reuniões do comitê da juventude do bispado.

 10.8.3

Novos Inícios

“Novos Inícios” é o evento anual para as moças e seus pais, líderes do sacerdócio e líderes das Moças. As meninas que completarão 12 anos no ano seguinte também são convidadas a participar com seus pais. Esse evento pode ser realizado no início do ano letivo ou do ano do calendário. Pode ser realizado durante a Mutual.

Esse evento ajuda as moças e seus pais a informar-se a respeito do programa das Moças. Inclui uma explicação do Progresso Pessoal, a apresentação do tema, emblema e lema das Moças e a declaração de propósito e o símbolo de cada faixa etária (ver 10.1). Os Novos Inícios devem ajudar as moças e seus pais a fazer planos para os eventos que acontecerão no ano que se inicia.

Os Novos Inícios dão às líderes a oportunidade de expressar amor pelas moças, incentivar os pais a ajudarem as filhas nas experiências do Progresso Pessoal, apresentar as meninas que completarão 12 anos no ano que se inicia, e dar boas-vindas às moças que se filiaram à Igreja ou se mudaram para a ala. É um momento de reconhecer as moças e suas realizações no Progresso Pessoal. A presidência das Moças convida um membro do bispado para fazer o último discurso.

As presidências de classe planejam o programa sob a direção da presidência das Moças. A presidência das Moças pode pedir a especialistas que ajudem (por exemplo: reger um coro ou grupo instrumental, treinar as oradoras ou dirigir uma breve encenação teatral). Um membro da presidência da classe das Lauréis pode dirigir a reunião.

 10.8.4

Excelência das Moças

“Excelência das Moças” é o evento no qual as moças recebem reconhecimento pelas coisas boas que vêm fazendo. É uma comemoração do Progresso Pessoal. Cada moça fala de uma experiência ou um projeto com um valor que concluiu durante o ano e no qual demonstrou excelência. Sua apresentação pode incluir talentos e aptidões que desenvolveu por meio das metas de seu Progresso Pessoal. As líderes das Moças convidam os pais a assistir ao evento.

No início do ano, as líderes incentivam cada moça a pensar seriamente nos valores nos quais poderiam concentrar-se para esse evento. A jovem pode ter a ajuda de um membro da família, de outra moça ou de outras pessoas em seu projeto, que pode levar vários meses para ser concluído.

Esse evento geralmente é realizado durante a Mutual em âmbito de ala, mas pode ser realizado em âmbito de estaca. As líderes adultas incluem as moças no planejamento. A data e os planos para o evento devem ser anunciados no começo do ano.

 10.8.5

Atividade dos Padrões

As atividades dos padrões são um programa especial que ressalta valores morais e metas eternas e incentiva as moças a seguirem os padrões do livreto Para o Vigor da Juventude, que farão com que elas se acheguem ao Salvador.

Essas atividades podem ser realizadas uma vez por ano, ou com maior frequência se necessário, geralmente durante a Mutual. Podem ser realizadas em âmbito de classe, ala, multialas ou estaca. Dependendo de como um assunto vai ser apresentado, as atividades podem incluir qualquer combinação de grupos etários das Moças. Também podem incluir a mãe, o pai, ou ambos os pais das moças, e os rapazes.

 10.8.6

Acampamento das Moças

A Igreja incentiva a realização de um acampamento anual ou atividade semelhante para as moças. No planejamento dessa atividade, as líderes das Moças utilizam o Manual de Acampamento das Moças e Acampamento das Moças: Guia para os Líderes do Sacerdócio e das Moças.

O acampamento pode ser realizado em âmbito de ala ou estaca. Sob a direção dos líderes do sacerdócio, as presidências das Moças da estaca e das alas determinam a extensão do programa de acampamento para as moças.

Os líderes do sacerdócio podem chamar as especialistas das Moças da estaca e das alas para serem líderes de acampamento. As líderes de acampamento organizam e dirigem o programa de acampamento sob a direção da presidência das Moças. Elas podem trabalhar com os líderes da ala e com o comitê de atividades da estaca para conseguir equipamentos, transporte e outros tipos de auxílio.

Para informações sobre como custear o acampamento, ver 10.8.9. Para informações sobre segurança no acampamento, ver 13.6.20 e o Manual de Acampamento das Moças.

 10.8.7

Atividades de Estaca e Multiestacas

Ver item 13.3.

 10.8.8

Conferência de Jovens

Ver item 13.4.

 10.8.9

Fundos para Atividades e Eventos

Os fundos para as atividades e os eventos das Moças devem sair do orçamento da ala (ver 13.2.8).

Fundos para o Acampamento Anual ou uma Atividade Semelhante

Se o orçamento da ala não tiver fundos suficientes para pagar pelo acampamento anual das Moças ou por uma atividade semelhante, os líderes podem pedir aos participantes que financiem parcial ou integralmente a atividade. Se os participantes não tiverem dinheiro suficiente, o bispo pode autorizar uma atividade anual para angariar fundos para o grupo, que seja condizente com as diretrizes explicadas no item 13.6.8.

De modo algum os gastos ou as despesas de transporte para o acampamento anual ou atividade semelhante devem ser excessivos. Também não se deve permitir que um membro deixe de participar dessa atividade por não ter dinheiro suficiente.

Fundos para Equipamentos e Suprimentos

Se possível, os equipamentos e suprimentos que a ala necessitar para o acampamento anual dos jovens são comprados com recursos do fundo de orçamento da ala. Se não houver recursos suficientes nesse fundo, o bispo pode autorizar uma atividade anual para angariar fundos para o grupo, que seja condizente com as diretrizes explicadas no item 13.6.8.

Os equipamentos e suprimentos adquiridos com fundos da Igreja são para uso exclusivo da Igreja (quer os fundos tenham saído do orçamento da ala, quer tenham sido conseguidos em uma atividade para angariar fundos). Não são para uso pessoal dos membros ou de seus familiares.