Exercer Caridade e Ajudar as Pessoas em Dificuldade


Exercer Caridade e Ajudar as Pessoas em Dificuldade

Em espírito de oração, leia a mensagem a seguir e escolha as escrituras e os ensinamentos que melhor atendam às necessidades das irmãs a quem visita. Fale de suas experiências e de seu testemunho e incentive as irmãs a fazerem o mesmo.

Bênçãos de Pertencer à Sociedade de Socorro: Em harmonia com o lema da Sociedade de Socorro, “A caridade nunca falha”, cada irmã é incentivada a desenvolver e exercer o puro amor de Cristo em todos os aspectos de sua vida. é ainda encorajada a preocupar-se com as pessoas de sua família, ala e comunidade e a ajudá-las.

O Que é a Caridade?

Morôni 7:47: “A caridade é o puro amor de Cristo e permanece para sempre”.

élder Marvin J. Ashton (1915–1994) do Quórum dos Doze Apóstolos: “Com freqüência, equiparamos a caridade ao ato de visitar os doentes, levar alimentos aos necessitados ou dividir o que temos de sobra com os menos afortunados. Na realidade, a verdadeira caridade é muitíssimo mais do que isso.

A verdadeira caridade não é algo que se doa, mas que se adquire e que se torna parte de você mesmo. E quando a virtude da caridade se enraizar em seu coração, você nunca mais será o mesmo (…).

Talvez a maior manifestação de caridade consista em sermos bondosos uns com os outros, não julgarmos ou rotularmos as pessoas, considerarmos os acusados inocentes até prova em contrário ou permanecermos em silêncio, em vez de condenarmos. Caridade é aceitarmos as diferenças, fraquezas e falhas alheias; termos paciência com alguém que nos decepcionou; ou resistirmos ao impulso de ficarmos magoados (…). Caridade é nos recusarmos a tirar proveito das fraquezas de alguém e estarmos dispostos a perdoar a uma pessoa que nos tenha ofendido. Caridade é esperarmos o melhor uns dos outros” (“The Tongue Can Be a Sharp Sword”, Ensign, maio de 1992, pp. 18–19).

Morôni 7:48: “Rogai ao Pai, com toda a energia de vosso coração, que sejais cheios desse amor”.

Como Podemos Praticar a Caridade e Nutrir as Pessoas em Dificuldade?

Anne C. Pingree, segunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro: “Assim como Alma, testifico que ‘é por meio de coisas pequenas e simples que as grandes são realizadas’ [Alma 37:6]. Em nossa casa, essas coisas pequenas e simples — nossos atos diários de caridade — proclamam a nossa convicção: ‘Eis-me aqui, envia-me’. Presto meu testemunho de que o maior gesto de caridade desta vida e de toda a eternidade foi a Expiação de Jesus Cristo. Ele deu a vida voluntariamente para expiar os meus pecados e os de vocês. Expresso minha devoção a Sua causa e o desejo que tenho de servi-Lo sempre que Ele me chamar, seja onde for” (“Caridade: Uma Família e Uma Casa de Cada Vez”, A Liahona, novembro de 2002, p. 110).

Presidente Howard W. Hunter (1907–1995): “Exortamo-los a trabalharem e exercerem uma influência profunda para o bem ao fortalecerem a família, a Igreja e a comunidade. (…)

Aqueles que seguem a Cristo tentam aplicar Seu exemplo. Seu sofrimento por nossos pecados, fraquezas, pesares e enfermidades deve motivar-nos a igualmente estender a mão, com caridade e compaixão, às pessoas a nossa volta. Nada mais justo que o lema da organização feminina mais antiga do mundo — a Sociedade de Socorro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias — seja ‘A Caridade Nunca Falha’” (“Stand Firm in the Faith”, Ensign, novembro de 1994, p. 97).