Escrituras: livram-me do mal.

Escrituras: pra vencer no final.

Diariamente, Quero tal poder,

A força que recebo, sempre, ao ler.1

As escrituras são o registro dos ensinamentos de Deus para Seus filhos e Sua interação com eles. Um diário das escrituras é seu próprio caderno no qual você escreve como está aprendendo a compreender e a viver os ensinamentos do evangelho. A cada mês do ano, você pode aprender uma escritura e praticar o que ela ensina. O Pai Celestial vai ajudá-lo, se você decidir aprender as escrituras e colocá-las em prática. Você sentirá o poder das escrituras e seu testemunho vai crescer.

Como Usar Seu Diário de Escrituras

Faça ou compre um caderno que tenha pelo menos 12 páginas. As edições de A Liahona deste ano contêm uma escritura e algumas atividades para você realizar em seu diário de escrituras. Se precisar de ajuda para ler ou escrever a escritura, ou compreender atividade, você pode pedir auxílio aos pais, aos irmãos mais velhos, aos amigos ou à professora da Primária.

Diário de Escrituras de Janeiro de 2010

Leia a primeira Regra de Fé. Você pode encontrá-la na Pérola de Grande Valor.

Ore para saber que essa regra de fé é verdadeira. Peça para sentir o amor do Pai Celestial e de Seu Filho Jesus Cristo. Esse amor se chama caridade.

Decore essa Regra de Fé.

Escolha uma destas atividades ou crie, você mesmo, a sua:

  • Ajude outra pessoa a aprender essa escritura.

  • Ore para que outra pessoa sinta o amor de Deus.

  • Quando sentimos o amor do Pai Celestial e de Jesus Cristo, acreditamos Neles. Cremos que somos filhos de Deus. Mostramos que acreditamos que Ele é nosso Pai Celestial agradecendo a Ele pelas bênçãos que recebemos. Quando vir a plaquinha de sua maçaneta (ver página 67), pense nas bênçãos que recebeu nesse dia.

De que modo aquilo que você fez o ajudou a compreender essa escritura?Escreva em seu diário o que você fez (ou faça um desenho descrevendo o que sente) por saber que o Pai Celestial e Jesus amam você.

Faça uma Plaquinha para a Maçaneta

Recorte a plaquinha para a maçaneta, que se encontra abaixo. Dobre a plaquinha para a maçaneta na linha pontilhada. Pense nas bênçãos que o Pai Celestial lhe deu e escreva algumas delas na lista. Pendure a plaquinha da maçaneta onde possa vê-la com frequência.

O Pai Celestial me abençoou com:

À esquerda: ilustração: James Johnson; à direita: ilustração: Maryn Roos

Exibir Referências

Nota

  1. 1.

    “O Poder das Escrituras”, Esboço para o Tempo de Compartilhar e Apresentação da Primária na Reunião Sacramental de 2006, pp. 10–11.