Só Uma Moedinha

Imprimir Compartilhar

    “A vida e o mundo Ele me dá por tão pouquinho, eu sei. Com isso mostro fé e amor ao Criador e Rei” (“Meu Dízimo Eu Darei a Deus”, A Liahona, outubro de 2006, p. A13).

    1. 1.

      Daniel ficou olhando a moeda em sua cômoda. Começara a olhá-la alguns minutos antes. Não parecia uma grande quantia.

      Daniel, já está pronto para ir à Igreja?

      Estou, pai. Já vou.

    2. 2.

      Daniel pôs a moeda no bolso e correu para alcançar a família.

    3. 3.

      Quando Daniel e sua família chegaram à Igreja, ele pegou uma papeleta de dízimo e um envelope ao lado do bispado.

      Pai, pode me ajudar a preencher?

      Claro que sim.

    4. 4.

      Quanto de dízimo vai pagar hoje?

      Não muito. Só isto.

      Daniel, isto é dez por cento do dinheiro que você ganhou?

      É.

      Perfeito, então.

    5. 5.

      Daniel fechou o envelope e entregou o dízimo ao bispo. O bispo apertou-lhe a mão. Daniel ficou em dúvida se o bispo ainda lhe apertaria a mão se soubesse que havia só uma moedinha no envelope.

    6. 6.

      Estou orgulhoso de você, Daniel. Pagar o dízimo é uma boa escolha.

      Eu sei, pai, mas foi só uma moedinha.

    7. 7.

      Nunca se sabe o que uma moedinha pode pagar. Talvez vá pagar para imprimir uma página do Livro de Mórmon ou ajude a pagar um dos blocos usados para construir um templo.

    8. 8.

      Daniel nunca pensara no dízimo dessa forma antes. Começou a pensar em todas as maneiras pelas quais o dízimo poderia ajudar os outros.

      Acho que você está certo, pai. Fico feliz por poder pagar o dízimo — mesmo que seja só uma moedinha.