Mensagem das Professoras Visitantes

Agir em Momentos de Necessidade


Estude este material em espírito de oração e, conforme julgar conveniente, discuta-o com as irmãs que você visita. Use as perguntas para ajudar no fortalecimento das irmãs e para fazer com que a Sociedade de Socorro seja parte ativa de sua própria vida.

Agir em Momentos de Necessidade

Como professoras visitantes, um de nossos propósitos é ajudar a fortalecer as famílias e os lares. As irmãs que visitamos devem poder dizer: “Se eu tiver problemas, sei que minhas professoras visitantes vão ajudar sem esperar que isso lhes seja pedido”. A fim de servir, temos a responsabilidade de estar a par das necessidades das irmãs que visitamos. Se buscarmos inspiração, saberemos atender às necessidades espirituais e temporais de cada irmã que recebemos a designação de visitar. Em seguida, usando nosso tempo, nossas habilidades, nossos talentos, nossas orações de fé e oferecendo apoio espiritual e emocional, podemos ajudar a prestar serviço compassivo em situações de enfermidade, morte e outras circunstâncias especiais.1

Com a ajuda dos relatórios das professoras visitantes, a presidência da Sociedade de Socorro identifica as pessoas que estão com necessidades especiais por causa de doenças físicas ou emocionais, emergências, nascimentos, mortes, deficiência, solidão ou outras dificuldades. Em seguida, a presidente da Sociedade de Socorro informa ao bispo o que chegou a seu conhecimento. Sob a direção dele, ela coordena o auxílio a ser prestado.2

Como professoras visitantes, podemos ter “grandes razões para nos regozijarmos”, devido à “bênção que nos foi concedida: que fomos [transformadas] em instrumentos nas mãos de Deus, para realizar esta grande obra” (Alma 26:1, 3).

Das Escrituras

Mateus 22:37–40; Lucas 10:29–37; Alma 26:1–4; Doutrina e Convênios 82:18–19

De Nossa História

Nos primeiros anos da Igreja, havia poucos membros e eles estavam concentrados numa área pequena. Os membros podiam agir rapidamente quando alguém estava em apuros. Hoje a Igreja tem mais de 14 milhões de membros e está espalhada no mundo inteiro. O trabalho das professoras visitantes faz parte do plano do Senhor para ajudar todos os Seus filhos.

“O único sistema que poderia prover auxílio e consolo em uma Igreja tão grande e em um mundo tão variado seria por meio do serviço individual a pessoas necessitadas que estejam mais próximas”, disse o Presidente Henry B. Eyring, Primeiro Conselheiro na Primeira Presidência.

“Todo bispo e todo presidente de ramo tem uma presidente da Sociedade de Socorro na qual pode confiar”, prosseguiu ele. “Ela tem professoras visitantes que conhecem as provações e as necessidades de cada irmã. Por meio delas, a presidente pode conhecer o coração das pessoas e das famílias. Ela pode atender a necessidades e ajudar o bispo em seu chamado de nutrir pessoas e famílias.”3

Acesse www.reliefsociety.LDS.org para mais informações.

O Que Posso Fazer?

  1. 1.

    Uso meus dons e talentos para abençoar os outros?

  2. 2.

    Será que as irmãs sob minha responsabilidade sabem que estou disposta a ajudá-las quando tiverem uma necessidade?

Exibir Referências

    Notas

  1.   1.

    Ver Manual 2: Administração da Igreja, 2010, 9.5.1; 9.6.2.

  2.   2.

    Ver Manual 2, 9.6.2.

  3.   3.

    Henry B. Eyring, em Filhas em Meu Reino: A História e o Trabalho da Sociedade de Socorro, 2011, p. 121.