Estude este material em espírito de oração e, conforme julgar conveniente, discuta-o com as irmãs que você visita. Use as perguntas para ajudar no fortalecimento das irmãs e para fazer com que a Sociedade de Socorro seja parte ativa de sua própria vida. Acesse www.reliefsociety.LDS.org para mais informações.

Convertidas ao Senhor

Selo da Sociedade de Socorro

Fé, Família, Auxílio

As irmãs novas da Igreja — inclusive as moças que entram para a Sociedade de Socorro, as irmãs que retornam à atividade e as recém-convertidas — precisam do apoio e da amizade das professoras visitantes. “O envolvimento dos membros é crucial para reter os conversos e trazer os membros menos ativos de volta à atividade plena”, disse o Élder M. Russell Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos. “Adquiram a visão de que (…) a Sociedade de Socorro (…) [pode] tornar-se o instrumento de integração mais eficaz de que dispomos [na Igreja]. Estendam a mão desde o início para as pessoas que estiverem sendo ensinadas e reativadas e amem-nas para que sejam integradas na Igreja por meio de sua organização.”1

Como irmãs da Sociedade de Socorro, podemos ajudar os membros novos a aprender práticas básicas da Igreja, como:

  • Fazer um discurso.

  • Prestar testemunho.

  • Observar a lei do jejum.

  • Pagar o dízimo e outras ofertas.

  • Participar do trabalho de história da família.

  • Realizar batismos e confirmações por antepassados falecidos.

“[Os membros novos] precisam de amigos atenciosos para sentir-se aceitos e à vontade na Igreja”, disse o Élder Ballard.2 Todos nós, mas principalmente as professoras visitantes, temos a importante responsabilidade de fazer amizade com os membros novos de modo a ajudá-los a tornarem-se firmemente “convertidos ao Senhor” (Alma 23:6).

De Nossa História

“Com o número crescente de conversos”, disse o Presidente Gordon B. Hinckley (1910–2008), “precisamos de um esforço significativamente maior no sentido de ajudá-los a encontrar o rumo. Cada um deles precisa de três coisas: fazer um amigo, ter uma responsabilidade e ser nutrido ‘pela boa palavra de Deus’ (Morôni 6:4)”.3

As professoras visitantes têm condições de ajudar as irmãs de quem cuidam. Geralmente a amizade vem primeiro, como aconteceu com uma jovem irmã da Sociedade de Socorro que era professora visitante de uma irmã idosa. O desenvolvimento da amizade entre elas foi lento, até que trabalharam lado a lado em um projeto de limpeza. Ficaram amigas e, ao conversarem sobre a Mensagem das Professoras Visitantes, ambas foram nutridas “pela boa palavra de Deus”.

O Presidente Joseph Fielding Smith ensinou que a Sociedade de Socorro é uma “parte vital do reino de Deus na Terra (…) e [ajuda] seus membros fiéis a alcançar a vida eterna no reino de nosso Pai”.4

Exibir Referências

    Notas

  1.   1.

    M. Russell Ballard, “Os Membros São a Chave”, A Liahona, setembro de 2000, p. 12.

  2.   2.

    M. Russell Ballard, A Liahona, setembro de 2000, p. 12.

  3.   3.

    Gordon B. Hinckley, “Todo Converso É Precioso”, A Liahona, fevereiro de 1999, p. 8.

  4.   4.

    Joseph Fielding Smith, Filhas em Meu Reino: A História e o Trabalho da Sociedade de Socorro, 2011, p. 105.